Osório rebate Cristina sobre subsídios para vereadores a partir de 2017

Presidente Osório Siqueira

Sobre a primeira polêmica gerada na abertura dos trabalhos legislativos em Petrolina (PE) em 2016, protagonizada pela vereadora Cristina Costa (PT) que questionou o projeto que aumenta o subsídio dos parlamentares, votado no final do ano passado ‘na calada da noite’ e considerou a ação intransigente. O presidente da Câmara de Vereadores, Osório Siqueira (PSB), rebateu às críticas da colega.

“ Foi transparência total até porque aqui é como se fosse um Big Brother, tem momento que alguns atores que querem sair na tangente. Essa discussão acontece na Casa desde ano passado e os deputados aumentaram seus subsídios e quando aumenta lá (no Congresso) automaticamente aumenta o dos vereadores, mas para próxima legislatura”, argumentou o presidente da Câmara municipal.

Ainda segundo Siqueira, na sessão do dia 29 de dezembro o projeto 02 do aumento de subsídios foi lido entre os nove projetos com dispersa de parecer e foi colocado o projeto de aumento de subsídios. “A gente não tem a obrigação de pedir aos vereadores para escutar o que está sendo lido em plenário, precisávamos votar o projeto ano passado para evitar votar projeto em causa própria porque teremos vereadores reeleitos”, pontuou Osório Siqueira, afirmando que o aumento do subsídio só vai valer para próxima legislatura em 2017.

Deixe uma resposta