P1 e a diversidade do Carnaval de Juazeiro

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Esta semana o blog recebeu o grupo juazeirense de rappers “P1 Rappers”, que marcam presença, pela terceira vez, na programação do Carnaval de Juazeiro. O grupo conta com diversos projetos musicais e educacionais.

O grupo formado por Euri Mania, DJ Werson e Nup, já produziu quatro mixtapes e recentemente recebeu diversos prêmios no festival de música Edésio Santos da Canção e este ano, segue para a terceira apresentação no Carnaval de Juazeiro, que nesta edição tem como tema “Tropicália na Terra da Alegria”, que segundo DJ Werson, o tema dialoga com a proposta do grupo.

“O carnaval desse ano faz uma homenagem ao movimento Tropicalista, uma das características principais do movimento é essa mistura de diversas influências e estilos musicais diferentes para fazer algo novo. Tinha a inserção de guitarra elétrica nas músicas, que inclusive gerava polêmica nos festivais, recebendo vaias. Misturavam forró com rock e diversas experimentações aconteceram naquela época. O som que a P1 faz, atualmente, principalmente neste novo cd Nordestinias é isso”, declarou o DJ.

A apresentação no palco alternativo do carnaval, será com canções do álbum novo “Nordestinias” e também contará com outros sucessos do grupo. Na apresentação o grupo agrega novos integrantes e sonoridade com a participação Márcio Domarco na guitarra, Yego Ravel na percussão e um elemento surpresa que será divulgado antes da apresentação.

NaKebrada e Oficinas em escolas

O grupo promove diversas atividades, além de shows e vídeos, ainda este mês acontece mais no dia 18 acontece mais uma edição do NaKebrada, no bairro Kidé em Juazeiro. O evento leva cultura para as regiões periféricas da cidade, com apresentações musicais.

“O Nakebrada tem a ideia de levar o evento para os bairros periféricos, para descentralizar essas atividades culturais. É o P1 que organiza, mas nem sempre tocamos, mas sempre tem rap”, afirma Euri Mania um dos integrantes do trio.

Além do NaKebrada o grupo promove oficinas em escolas da região, dentro da proposta com hip-hop, com atividades de grafite, DJ e MC.  “O Hip-hop é a ponte para dialogar sobre diversos temas nas escolas, como semiárido, por exemplo. O que não conseguimos agregar cantando, apresentamos nas oficinas”, Euri Mania.

(Foto: Divulgação)

Clipe Nordestinias

Em fase de finalização de produção, até o mês de março o grupo deve lançar um vídeo clipe da música Nordestinias, do álbum que foi premiado no festival Edésio Santos da Canção.

Outras informações sobre o grupo através dos telefones 87 9 9918 4810/ 71 9190 3034/ 74 9123 3533 e 74 9114 1164.

Deixe uma resposta