Paulo Afonso (BA) implanta Programa Ronda Maria da Penha

Nove policiais militares e uma viatura padronizada farão o acompanhamento das mulheres vítimas de agressão/Foto: site PMPA

Nove policiais militares e uma viatura padronizada farão o acompanhamento das mulheres vítimas de agressão/Foto: site PMPA

A cidade de Paulo Afonso, região norte da Bahia, ganhou mais uma ferramenta de defesa e garantia dos direitos das mulheres. Trata-se do Programa Ronda Maria da Penha, inaugurado nesta semana.

Sob o comando da tenente PM, Michele Santos Almeida, nove policiais militares e uma viatura padronizada farão o acompanhamento das mulheres vítimas de agressão. Paulo Afonso é a segunda cidade do interior baiano a receber o programa, apoiado pela Prefeitura, que disponibilizou uma sala no Centro de Referência da Mulher Eudócia Antunes de Assis, no bairro BNH, para a instalação da base operacional.

Para a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Clara Moreira, garantir a tranquilidade das mulheres de Paulo Afonso é motivo de orgulho para o governo Municipal.

“A Ronda Maria da Penha, uma parceria da Prefeitura de Paulo Afonso com o Governo do Estado, vai servir para acompanhar as mulheres que estão sob medidas protetivas, e para nós é um orgulho ceder uma das salas do CRM para sediar esse serviço. Desta forma, estamos contribuindo para garantir a tranquilidade das mulheres”, pontua a secretária.

Para o prefeito da cidade, Anilton Bastos Pereira, a implantação do programa no município fortalece a parceria com a secretaria Estadual de Segurança Pública  para minimizar a violência, especialmente contra as mulheres, que segundo ele, a partir de agora passam a contar com mais um canal de proteção:

“É sempre bom receber um equipamento que vem para melhorar a vida da população. A violência contra a mulher, infelizmente é uma realidade, e nós, enquanto representantes do poder público, ao disponibilizarmos uma sala do Centro de Referência da Mulher para abrigar a Ronda Maria da Penha, estamos fortalecendo a parceria com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, para que juntos, possamos diminuir os índices de violência que ultimamente têm nos assustado”, comenta o prefeito.

Com informações da Assessoria

Deixe uma resposta