PDT não apoiará Paulo Bomfim em Juazeiro, afirma Roberto Carlos

Deputado estadual pode sair como pré-candidato a prefeito (Foto: Redes Sociais)

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) de Juazeiro não caminhará ao lado do prefeito Paulo Bomfim (PT) na eleição de 2020. Durante entrevista ao programa Super Manhã com Waldiney Passos, o deputado estadual Roberto Carlos informou que a sigla ainda definirá se lançará candidatura própria ou apoiará outro pré-candidato no mês de novembro.

LEIA TAMBÉM

PT de Juazeiro confirma Charles Leão como pré-candidato a vice em chapa de Paulo Bomfim

“No último dia 7 o prefeito mandou uma nota à imprensa dizendo que descartava o apoio do PDT na eleição. Nós conversávamos com nossos candidatos a vereador e a nossa Executiva e decidimos acatar a sugestão. Estamos discutindo com o partido se devemos ter uma candidatura própria ou se devemos apoiar outro candidato a prefeito. Foi uma decisão unânime pela deselegância do prefeito Paulo Bomfim“, disse à Rádio Jornal Petrolina.

Prefeito escanteou atual vice, que é do PDT

Bomfim foi eleito em 2016 tendo a vice-prefeita, Doutora Dulce escolhida pelo PDT. Contudo, ao optar por caminhar ao lado de Charles Leão (PP), o atual gestor sinalizou que não teria interesse em renovar a parceria com os antigos aliados.

“A forma antidemocrática como se deu a escolha do candidato a vice-prefeito de Paulo Bomfim foi um desrespeito, sobretudo a nossa vice-prefeita, que nem ao menos foi comunicada de tal decisão. Nunca foi comunicado a ele para se apresentar e discutir o projeto“, disse.

Projeto de poder na Prefeitura

Ainda de acordo com o deputado estadual, a decisão foi única e exclusiva de Bomfim. Ou seja, o prefeito não convocou uma reunião para comunicar as mudanças de forma prévia. Essa postura sempre foi vista ao longo da gestão. “Esse desgaste já vinha desde a eleição de 2016, quando o prefeito convidou o partido, mediante as informações de que os aliados teriam oportunidade de discutir os avanços e o projeto para Juazeiro. Oportunidade essa que nunca aconteceu. Nunca se discutiu qualquer tipo de projeto nem com o PDT, nem com qualquer outro partido. As decisões lá são sempre unilaterais”, pontuou.

Deixe uma resposta