Pernambuco em alerta: Estado registra 6 casos suspeitos de doença rara que atinge o sistema nervosos central

(Foto: Flávio Japa/Arquivo Folha)

Durante a noite da última sexta-feira (16), um homem de 58 anos morreu no Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), em Recife, vítima da doença de Creutzfeldt-Jakob (DCJ). A doença priônica ataca o sistema nervoso central e pode se manifestar de diversas formas.

O Estado entra em alerta depois do registro de outros seis casos de doença priônica este ano. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), este ano 30 pacientes foram registrados com suspeita da doença Creutzfeldt-Jakob (DCJ), dos quais 13 foram confirmados.

De maneira equivocada a doença está sendo relacionada ao “mal da vaca louca”. Essa nomeação foi utilizada no Reino Unido, com o surgimento de casos humanos da variante da doença, associados ao consumo de carne de gado.

O padrão da doença é raro, mas não há motivos para pânico, segundo informou a neurologista Fabíola Medeiros. “As notificações estão dentro da estatística epidemiológica. Não há motivo para pânico nem para acreditar que a população sofre risco de se contaminar ou ter algum problema pela ocorrência desse caso”.

Com informações do JCOnline

Deixe uma resposta