Pernambuco tem primeira morte confirmada por H1N1

(Foto: Miva Filho/SES/Divulgação)

A primeira morte causada pela gripe H1N1 foi confirmada nessa sexta-feira (27), pela Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES). O paciente tinha 45 anos e foi notificado com a síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no dia 16 de abril, mas veio a óbito na terça-feira (24).

A causa da morte foi confirmada pelo Laboratório Central de Pernambuco (Lacen), após análise laboratorial. A SES informou que está monitorando a circulação do vírus de maneira permanente e que os casos de SRAG foram reduzidos em 38,5% .

Segundo a pasta, nesse ano 18 pessoas já foram vítimas de infecções causadas pelos vírus da H1N1, H3N2 e influenza B. Um dos casos foi de uma paciente de Petrolina, mas a paciente já está saudável. A SES também reforça que os municípios pernambucanos estão abastecidos da vacina contra a gripe, que protege contra três vírus.

Deixe uma resposta