Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Petrolina: jovem usa redes sociais para denunciar ameaças de ex-companheiro e recebe apoio de autoridades e da prefeitura

Temendo por sua vida, Janaína Coelho publica vídeos denunciando ameaças de ex-companheiro (Foto: Reprodução/Instagram)

“Por favor, me ajudem e não me deixem virar estatística de feminicídio”. Essas são as últimas palavras do texto descritivo de uma série de vídeos publicada pela jovem Janaína Coelho, em sua conta no Instagram na tarde de ontem (13).

Segundo o relato de Janaína, que se identifica como Pernambucana, Eunilson Lins Macedo Júnior, com quem ela se relacionou durante dois anos, não aceita o fim do relacionamento e desde então faz ameaças contra ela.“Não aceitando o fim do nosso relacionamento, ele me ameaça , me ofende e afasta qualquer pessoa que se aproximar de mim”, conta a jovem.

Mais de 7 mil pessoas já curtiram a série de vídeos que mostra o desespero da jovem que com medo de morrer, apela pela vida e pela justiça. Na mensagem, Janaína faz uma apelo especial a deputada estadual delegada Gleide Angelo (PSB), que de pronto respondeu a solicitação da jovem, demonstrando empatia e orientando sobre os principais órgãos de proteção à mulher, existentes em Petrolina (PE) e no Estado de Pernambuco.

O apelo da moça, que desesperada relata em vídeo o sofrimento de um relacionamento abusivo, repercutiu. Na quarta-feira (13), a Secretaria Executiva da Mulher, Juventude e Acessibilidade entrou em ação após tomar conhecimento do caso, através das redes sociais.

A equipe do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM) fez o acompanhamento da vítima até a delegacia, onde foi colhido o depoimento. Após a ouvida, foi feito o encaminhamento para atendimento psicológico, social e orientação jurídica no CEAM.

O Blog Waldiney Passos não conseguiu contato com Eunilson Lins Macedo Júnior, e reitera que o espaço está aberto para que o acusado possa fazer esclarecimentos sobre a denúncia, se assim desejar.

Deixe uma resposta