Petrolina: usuários do transporte público vão pagar mais caro pela passagem

(Foto: Arquivo)

A Prefeitura Municipal de Petrolina realinhou nesta sexta-feira (12), as tarifas públicas de acesso aos ônibus coletivos, conforme previsto no Regulamento de Transporte.

A partir deste sábado (13), o valor da passagem normal com pagamento no embarque e crédito vale transporte passará de R$ 3,50 para R$ 3,70.

Para quem utiliza o Bilhete Integrado de Petrolina (BIP) nas modalidades ‘Cidadão’ e ‘Trabalhador’, o valor pago passará de R$ 3,20 para R$ 3,40. Os estudantes que utilizam o BIP pagarão R$ 1,85, valor referente a meia passagem e com desconto para quem compra antecipadamente.

Os créditos que já se encontram no Bilhete Integrado de Petrolina (BIP) têm seu poder de compra garantido por 30 dias.

Segundo a AMMPLA, o reajuste de 5,71% ainda é menor que a média nacional, de 7,84% e é menor que o registrado no ano passado, de 9,4%. Segundo o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo de Passageiros do Vale do São Francisco (Setranvasf), o aumento cobrirá os gastos com a elevação de custos dos insumos no transporte (pneus, combustíveis, peças e acessórios, salários) acumulados durante os últimos meses.

De acordo com o diretor-presidente da AMMPLA, Geraldo Miranda, o novo valor da tarifa é necessário para recompor o equilíbrio econômico-financeiro do sistema. “Ninguém gosta de aumento, porém essa é uma realidade de todas as cidades brasileiras. Com o aumento do combustível, por exemplo, não podemos congelar os preços das passagens”, disse.

Deixe uma resposta