Petrolinenses devem preparar o bolso para 2017: “A tarifa de remuneração das empresas apontará para valores superiores a R$ 4,00” afirma Sentravasf

Na última quinta-feira (15), foi aprovado na Câmara de Vereadores de Petrolina (PE) o projeto de lei nº 064/2016 que proíbe o exercício de dupla função do motorista de transporte coletivo na cidade. Na ocasião o vereador Pérsio Antunes fez o alerta de que “se o projeto for aprovado e a lei mantiver a decisão, a passagem vai passar de R$ 3,20 para R$ 4,00 a partir do dia 1º de janeiro de 2017”. Ele se absteve de seu voto.

A Setranvasf, que teria três meses para se adequar aos novos termos, reafirmou em nota a importância da adaptação dos ônibus para a extinção do cobrador, por questões de segurança, assegurando que o projeto já é utilizado em outras cidades. Na nota à imprensa, a Setranvasf também confirmou a previsão do vereador Pérsio Antunes. “Caso a lei seja sancionada, a tarifa de remuneração das empresas apontará para valores superiores a 4,00”

Confira a nota na integra:

“Em virtude dos avanços tecnológicos e da ampla utilização do Cartão Bip, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Vale do São Francisco – Setranvasf reafirma a importância e a necessidade de readequações nos coletivos. A circulação de ônibus sem cobradores é uma realidade em várias cidades do Brasil e do mundo, tendo objetivos como reduzir a criminalidade, agilizar o serviço e conter a majoração no custo do transporte. O Setranvasf espera que a Prefeitura de Petrolina posicione-se de acordo com o setor Jurídico da Câmara de Vereadores, que julgou como inconstitucional o projeto de lei do vereador Geraldo Acerola. Caso a lei seja sancionada, a tarifa de remuneração das empresas apontará para valores superiores a 4,00. O Setranvasf lembra que atualmente mais de 70% dos usuários utilizam o Cartão Bip, podendo fazer a aquisição pela internet, pelas lojas Bip e nos mais de 50 pontos de recarga.”

Deixe uma resposta