PF prende vice-prefeito de Serrita em operação contra garimpo ilegal

10 mandados de prisão estão sendo cumpridos (Foto: Polícia Federal/Divulgação)

A Operação Frígia, deflagrada pela Polícia Federal (PF) nessa terça-feira (27), resultou na prisão do vice-prefeito de Serrita (PE) e três policiais militares. Ainda de acordo com a PF, um agente da instituição também foi afastado das suas funções por ter envolvimento com os crimes investigados.

A PF investiga uma organização criminosa que atua com garimpo ilegal. Esse grupo extraía minérios de terrenos públicos e particulares na cidade de Verdejante e comercializava ouro obtido nesses locais a receptadores de Recife e Juazeiro do Norte (CE).

Envolvimento da Prefeitura

A denúncia apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) indica que o dinheiro obtido na prática criminosa era utilizado com “aparência de legalidade”, com a compra de veículos e lavagem de dinheiro. As investigações também constataram que alguns dos pagamentos pelos serviços feitos pelo garimpo eram realizados através de verbas da prefeitura de Serrita.

Mandados em PE e CE

Foram expedidos 10 mandados de prisão e 13 de busca e apreensão nos municípios de Serrita, São José do Belmonte e Igarassu (PE), além de Juazeiro do Norte e Jardim (CE). 57 agentes da PF atuaram na operação. Os crimes investigados são de usurpação de bens da União, lavagem de dinheiro, crime ambiental e organização criminosa. As penas dos crimes ultrapassam os 20 anos de reclusão, além de multa.

Deixe uma resposta