Plano Municipal de Saneamento é debatido por entidades de Petrolina na manhã de hoje

Evento é organizado pela gestão municipal (Foto: Blog Waldiney Passos)

Organizada pelas Prefeitura de Petrolina, a audiência pública sobre o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) está acontecendo nesse momento no Auditório da Fundação Nilo Coelho, no Centro da cidade. A intenção do encontro é apresentar à população o que já foi estudado pela empresa PPSEC Engenharia Ltda e também ouvir as sugestões dos moradores.

A mesa foi composta por membros da gestão municipal, mas o gerente-regional da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) em Petrolina, João Raphael de Queiroz também se fez presente na audiência, assim como lideranças de bairros.

Responsável por abrir o evento o prefeito Miguel Coelho destacou que o Plano Municipal não foca em apenas um bairro, mas em toda cidade. “O Plano de Saneamento vem fazendo analogia [do Plano Diretor Municipal] para que a gente possa olhar o abastecimento de água, de comunidades que em pleno 2019 ainda passa por problema de abastecimento de água”, ressaltou o gestor.

Compesa x Prefeitura

Apesar da ausência da Compesa na mesa que coordena a audiência, o prefeito fez questão de ressaltar que não há adversidade entre as partes. “Não tem nada a ver com a briga que nós estamos travando para fazer uma nova licitação. Tenho certeza que a Compesa tem muito que contribuir para o plano nessa audiência de hoje”, destacou Miguel.

Enquanto o prefeito discursava na abertura um membro da plateia tentou intervir na fala, afirmando que o espaço era uma consulta pública. O encontro seguiu com apresentação de dados colhidos responsável por elaborar o plano, como: população, estimativa populacional nos próximos anos e localidades a ser contempladas com o plano.

Deixe uma resposta