Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Políticos lamentam morte de ex-presidente do MDB em Pernambuco

(Foto: Arquivo/JC Online)

Um dos fundadores do Movimento Democrático Brasileiro (MDB) em Pernambuco, Dorany Sampaio morreu nessa terça-feira (13). Dorany foi ex-presidente do partido entre 1989 a 2015 e faleceu aos 91 anos, no Recife.

Em sua carreira política, Dorany também presidiu a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), durante o governo do ex-presidente José Sarney, no fim dos anos 1980.

Segundo a família de Dorany Sampaio, ele passou uma semana internado no Hospital Português, na capital. No sábado (10), seguiu para a residência da família, onde recebia cuidados. A causa da morte não foi divulgada.

Lideranças políticas lamentam morte

Presidente do MDB em Pernambuco, Raul Henry foi um dos primeiros a prestar homenagens a Dorany. Por meio de numa nota o vice-governador destacou que “Dorany foi um homem que viveu a vida em toda a sua plenitude“.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara também prestou sua homenagem. “Dorany Sampaio teve uma história de vida ligada à luta democrática, de combate ao autoritarismo. No retorno à normalidade democrática, ocupou importantes funções públicas”, disse em nota.

O deputado federal Odacy Amorim também se pronunciou sobre o falecimento de Dorany Sampaio. Odacy ressaltou que “Dorany teve uma vida marcada por lutas em defesa da democracia, participando diretamente do processo de redemocratização do País. Foi um exemplo para toda a classe política, atuando com convicção e dedicação para tornar Pernambuco e o Brasil um lugar mais justo e desenvolvido”, escreveu em nota oficial.

Deixe uma resposta