Por falta de anestesista, Hospital Universitário remarca cirurgia de jovem com fraturas na face e família reclama

(Foto: Internet)

No dia 28 de fevereiro, o Blog Waldiney Passos mostrou trouxe à tona a angústia de dona Aparecida Silva, mãe de Cícero Vitor da Silva, paciente do Hospital universitário, que aguarda a realização de um cirurgia há 20 dias, para a reparação de três fraturas na face, ocasionadas por uma ação de espancamento, na qual o jovem foi vítima.

LEIA TAMBÉM

Mãe de paciente do Hospital Universitário cobra urgência na realização de cirurgia do filho 

Aparecida relatou, na época, que o filho ficou internado durante três dias no HU, teve alta no dia 18 de fevereiro, quando foi informado que sua cirurgia havia sido marcada para o dia 2 de março. Devido às dores que Cícero estava sentindo, a mãe cobrou agilidade na realização da cirurgia, porém o Hospital informou que não tinha como adiantar o procedimento, e que a cirurgia ocorreria na data marcada.

No dia 2 de março, mãe filho foram até o HU, preparados para a cirurgia. No entanto, ao chegar no Hospital, o paciente e sua mãe foram informados que, por falta de anestesista, a cirurgia havia sido remarcada para o dia 11 de março. “Eles disseram que não tinha anestesista, mandaram a gente voltar para casa e não resolveram nada”, contou Aparecida.

O Blog Waldiney Passos entrou em contato com o Hospital Universitário, para saber o posicionamento da Unidade sobre o caso de Cícero Vitor, além de confirmar a realização da cirurgia remarcada para o próximo dia 11. Até o momento não obtivemos repostas do HU.

Deixe uma resposta