Prazo para inscrições da CNH popular terminam neste domingo

detran peO prazo para as inscrições para participação da CNH popular termina neste domingo (4). As inscrições para o programa, que é promovido pela Secretaria Das Cidades, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE), estavam abertas desde o dia 16 de novembro.

Ao todo mais de 100 mil pessoas do Estado de Pernambuco estão inscritas no programa. Aqueles que ainda desejam participar da CNH popular podem realizar as inscrições através do site do Detran.

Aproximadamente 4.500 cidadão do Estado serão beneficiados pelo programa. O Programa CNH Popular atende, além daqueles que vão tirar a primeira habilitação, os que desejam realizar a renovação, adição e mudança de categoria.

Esta rodada beneficia, exclusivamente, candidatos à CNH para conduzir veículos de duas rodas (categoria A) e automóvel (categoria B). O resultado da classificação estará disponível no site, a partir do dia 14 de dezembro.

Programa CNH popular

O Programa Popular de Formação, Qualificação e Habilitação Profissional de Condutores de Veículos Automotores beneficia a população pernambucana, emitindo a Carteira Nacional de Habilitação gratuitamente. Desde a criação do projeto, em 2008, mais de 120 mil pernambucanos já obtiveram o documento gratuitamente.

Como funciona

O candidato preenche um cadastro, ao realizar a inscrição, no qual informa dados que permitirão sua alocação num dos grupos contemplados pelo Programa. Além dos dados pessoais, devem ser informados o número de dependentes do candidato, a situação empregatícia, valor da renda, dentre outros.

Finalizadas as inscrições, será disponibilizada e divulgada, no site do DETRAN/PE, a relação dos  selecionados de acordo com a ordem de classificação por segmento.

Por fim, começa a fase de convocação, onde os candidatos devem comparecer ao DETRAN/PE munidos da documentação exigida para cada segmento beneficiado, tendo em vista comprovar as informações prestadas no ato da inscrição.

Um Comentário

Deixe uma resposta