Prefeito de Casa Nova denuncia débito de R$ 3 mi deixado por antigo gestor no INSS e PASEP

(Foto: ASCOM)

Após o ex-prefeito de Casa Nova (BA), Wilson Cota, dificultar o processo de transição de governo, o prefeito da cidade, Wilker Torres, está, só agora, tomando ciência da real situação que se encontra o órgão. De acordo com o chefe do executivo municipal, a situação é bem pior do que se esperava.

“A administração anterior não fez a transição e não tínhamos meios legais, antes da posse, para obter informações. Por estas primeiras informações reais, a situação é bem pior do que pensávamos” , disse.

Um relatório preliminar, preparado a pedido do prefeito, aponta para um débito de mais de R$ 2 mi, só de INSS, em seis dos meses de 2016 e uma dívida ativa de quase R$ 900 mil, do PASEP. Os débitos já ocasionaram o bloqueio de R$ 625 mil do repasse no dia 10 de janeiro de 2017.

“Isso são apenas débitos com impostos do ano de 2016, parte deles descontados dos servidores e não repassados ao INSS. Faltam informações sobre as dívidas anteriores e há dezenas de processos referentes a anos anteriores, ainda não negociados”, salientou Wilker.

Além disso, o prefeito se mostrou preocupado com o pagamento dos servidores. “Temos duas preocupações imediatas: quitar com os planos de saúde e com as financeiras, os valores descontados dos servidores e não repassados. Sem essa quitação os servidores serão negativados e os planos de saúde deixam de atender. Em segundo lugar, não menos urgente, programar o pagamento da folha de dezembro de 2016. Isso dará tranquilidade Aos servidores e à suas famílias. Aqueles servidores que ganham menos receberão antes”.

Salários descontados

São 1.777 servidores municipais, efetivos e concursados, que tiveram descontados de seus salários em dezembro R$ 963.433,26 para pagamento de empréstimos, planos de saúde, contribuições sindicais, INSS, pensões alimentícias e outras rubricas. Marcos Cipriano, advogado da administração, anota em seu relatório, que “o antigo gestor” cometeu “crime de apropriação indébita”, que deve ser apurado pela Polícia Federal.

Antecipação pagamento

Outra determinação do prefeito Wilker Torres é antecipar o pagamento da folha de janeiro de 2017: “Pagaremos a folha de janeiro a partir do dia 23. Isso dará condições ao servidor de honrar seus compromissos”, garantindo que terá um calendário de pagamento anual que será rigorosamente cumprido.

“Não seremos rigorosos apenas na apuração dos desvios da gestão anterior. Seremos rigorosos no corte de locações de veículos, na fiscalização do transporte escolar e no controle de cargos comissionados”, finalizou.

Com informações da ASCOM

Deixe uma resposta