Prefeito de Petrolina oficializa abertura do ano letivo nas 100 unidades escolares da rede municipal de ensino

Abertura do ano letivo 2016

O prefeito Julio Losssio abriu oficialmente, na manhã desta quarta-feira (03), o ano letivo da Rede Municipal de Ensino de Petrolina. Aproximadamente 44 mil alunos voltarão às aulas a partir desta quinta-feira (4), nas 100 unidades escolares geridas pela Prefeitura Municipal de Petrolina, por meio da Secretaria de Educação. O evento de abertura reuniu cerca de 3.000 profissionais da educação na quadra do Senai, onde puderam acompanhar três palestras motivadoras e o anúncio das novidades para o ano de 2016.

lossio aberturaEm seu pronunciamento, Julio Lossio reverenciou o saudoso deputado Osvaldo Coelho (in memorian) ao lembrar a frase por ele eternizada: “Irrigação para fortalecer o sertão e Educação para fortalecer o sertanejo”. Segundo Lossio, nestes últimos anos o governo trabalhou para colocar em prática essa frase. Hoje, Petrolina tem um dos melhores índices de educação em Pernambuco.

Julio disse ainda que esse seria seu último pronunciamento como prefeito de Petrolina na abertura de um ano letivo. “Foram oito anos fazendo isso e fico feliz de poder chegar aqui num momento que nossa educação tem tantos dados positivos. Isso foi construído com o tempo e a dedicação de todos vocês. Mais precisamos crescer mais. Já estamos entre os melhores, mais podemos chegar mais longe. A média 5.1 é muito boa, mais ainda tem 6,7,9 e 10. Vamos trabalhar para chegar lá. Muito mais vocês do que eu. Quero muito, no próximo ano letivo, vir como convidado pelo prefeito eleito, quem sabe… Cumpri em parte com minha missão e em parte com o meu dever. Me orgulho de poder olhar para as nossas crianças que estão em nossas escolas e ver que fizemos um esforço enorme por elas, porque nosso maior compromisso é com a criança. Para tanto precisamos de um bom secretário, de um bom gestor, e de um excelente professor que faz a transformação acontecer, que tira o menino do nada e o ensina. Nossa grande missão é alfabetizar, por isso mais uma vez agradeço aos nossos profissionais”, concluiu.

Com informações da Ascom

Deixe uma resposta