Prefeito de Sertânia voltar a impor medidas restritivas por conta da covid-19

Números de casos aumentam e há poucas vagas na UTI (Foto: Ilustração)

Na contramão da maioria dos gestores, o prefeito de Sertânia (PE), Ângelo Ferreira (PSB) voltou a decretar medidas restritivas no enfrentamento a covid-19. Em um decreto publicado na terça-feira (24), Ferreira proibiu, entre outras práticas, a venda de bebida alcóolica para consumo nos estabelecimentos, festas e atividades esportivas.

O decreto tem validade a partir do dia 27 e perdurará por pelo menos 20 dias. No que diz respeito as aulas presenciais, elas seguem suspensas até o final do ano. Segundo o gestor, a medida foi necessária diante do crescimento dos casos da doença – 23 apenas na segunda-feira (23) – e poucas vagas disponíveis na UTI.

Nosso maior objetivo com esse decreto é prevenir e também controlar os avanços da Covid em nosso município. As medidas que anunciamos hoje visam conter riscos que prejudiquem a saúde da população sertaniense e também o agravamento do sistema de saúde pública do município. É importante também que as pessoas sigam as orientações das autoridades de saúde. A medida é para resguardar a população, evitando o contato com as pessoas, e protegendo, sobretudo, os grupos de risco”, disse.

Deixe uma resposta