Prefeitura emite nota sobre paralisação dos médicos

Sobre a paralisação de advertência dos médicos da rede municipal de saúde aprovada em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) dos médicos do município com o Sindicato dos Médicos de Pernambuco, no último dia 16 de maio, depois da categoria rejeitar o prazo de 03 de julho para recebimento da contraproposta da Prefeitura, a gestão municipal emitiu uma nota prestando alguns esclarecimentos.

Confira a íntegra da nota:

Em relação à paralisação dos médicos, a Prefeitura de Petrolina informa que está com uma reunião agendada para o dia 03 de julho com o SIMEPE para tratar sobre o reajuste salarial da categoria.  O órgão informa que a discussão sobre o reajuste só pode acontecer após uma avaliação da arrecadação do primeiro semestre.

Durante a paralisação dos médicos da rede municipal, agendada para esta terça-feira (13), as Unidades Básicas de Saúde (UBS) irão funcionar com a garantia dos serviços essenciais, exigido em Lei. 

Deixe uma resposta