Preso diz ser ameaçado de morte na penitenciária Dr. Edvaldo Gomes

(Foto: Arquivo)

Segundo o preso, dois homens, conhecidos como “Marcelo Cesta Básica” e “Gordo”, teriam ameaçado Leonardo e sua companheira, que está grávida. (Foto: Arquivo)

Um homem, Leonardo Militão da Silva, que se encontra preso na Penitenciária Dr. Edvaldo Gomes, informou, em entrevista ao radialista Evanilson Barbosa (Cancãozinho), que está sendo ameaçado de morte no presídio.

Segundo o preso, dois homens, conhecidos como “Marcelo Cesta Básica” e “Gordo”, teriam ameaçado Leonardo e sua companheira, que está grávida. O primeiro, Marcelo, é o famoso preso carcereiro, que são aqueles detentos que ganham status e poder suficientes para comandar o pavilhão. O “Gordo” é considerado como braço direito de Marcelo. Leonardo informou também que ambos têm acesso a armas na penitenciária. Um teria um revólver com cabo de madeira, enquanto  o outro teria uma pistola de calibre .40.

O preso disse ainda que pagou uma dívida no valor de R$ 915. Leonardo afirmou que no presídio um copo de cachaça custa em média R$ 20, uma “trouxa” de maconha R$ 5 e um grama de cocaína R$ 50.

Deixe uma resposta