Projeto Carrapicho Virtual realiza ações nas comunidades do Salitre

carrapicho virtual

Jovens participaram do debate e de atividades práticas, com a elaboração de matérias em audiovisual e texto

As comunidades de Alfavaca e Baraúna e circunvizinhas, no Salitre, interior de Juazeiro, receberam ações do projeto “Carrapicho Virtual”. O projeto busca despertar o protagonismo juvenil dos jovens em comunidades do Vale Salitre, além de levar entretenimento através do “cinema popular”. A próxima atividade do projeto vai acontecer no dia 14, na comunidade de Curral Novo.

As oficinas visam oportunizar aos jovens, uma leitura diferenciada do mundo a sua volta utilizando os meios  de comunicação. A primeira comunidade a receber a oficina foi a Alfavaca, onde 17 jovens participaram do debate e de atividades práticas, com a elaboração de matérias em audiovisual e texto, com temas ligados a realidade da comunidade na qual estão inseridos.

A jovem Manuela Silva, moradora da comunidade de Angico, acredita que a oficina foi “uma oportunidade da gente, como jovem, levar voz através da comunicação, é mostrar que a gente tem o trabalho de fazer aquilo que ainda não foi feito, e com essa oportunidade poder contribuir com nossas comunidades”.

Manuela dedicou o domingo para participar da oficina de educomunicação, que foi realizada na comunidade de Baraúna e era uma dos 20 adolescentes participantes.

Cinema Popular

carrapicho virtual 2

Ao todo, 150 pessoas participaram das sessões de cinema

Enquanto os jovens participavam das oficinas, os outros moradores das comunidades aguardavam o cair da noite para ocupar as cadeiras e bancos colocados nos terreiros, para assistirem ao filme nacional “Tapete Vermelho”. A temática do filme aborda a importância de acreditar e lutar pelos seus sonhos, instiga a discussão sobre pertencimento e identidade e pauta o poder da mídia na sociedade.

O longa-metragem retrata costumes e tradições presentes nas comunidades do interior, como a prática das rezadeiras, roda de violas, entre outras, elementos que aproximava a realidade dos espectadores.

Das imagens que surgiam na parede da escola na comunidade de Alfavaca, risadas foram “arrancadas” de aproximadamente 70 pessoas. Na comunidade de Baraúna a magia do cinema levou mais de 80 pessoas para o terreiro da associação, onde assistiram ao filme e uma apresentação do grupo P1 Rappers.

As atividades  são realizações da BrazilFoundantion, Instituto Cultural Pólen e conta com o apoio da União das Associações do Vale Salitre – UAVS.

Toda a ação do projeto “Carrapicho Virtual” conta com o apoio das moradoras e moradores das comunidades envolvidas nessa fase do projeto.

Texto: Agência Chocalho

Deixe uma resposta