Projeto de cisternas leva água para mais de 100 famílias em Pilão Arcado

A iniciativa promove o acesso da população mais pobre à água de qualidade. (Foto: ASCOM)

Os agricultores familiares de Pilão Arcado (BA) estão recebendo o Projeto Cisternas do Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (Constesf). O Projeto construirá 105 barreiros-trincheira no município, tecnologia capaz de armazenar até 500 mil litros de água e que permite que as famílias do semiárido produzam mesmo nos períodos de estiagem.

Mais de 2.200 tecnologias já foram construídas gratuitamente em todo o Território do Sertão do São Francisco, dividas entre barreiros, cisternas para consumo humano e cisternas de produção (enxurrada). A iniciativa promove o acesso da população mais pobre à água de qualidade para o consumo humano e para a produção de alimentos.

“O Projeto Cisterna é fundamental para a convivência com a seca, a oferta de tecnologias como os barreiros e as cisternas dão dignidade às famílias mais pobres que precisam conviver e produzir em suas comunidades rurais. Elas proporcionam autonomia e saúde”, explicou o Presidente do Constesf, Genário Rabelo.

Segundo o coordenador de campo do projeto, Mauro Macêdo, ao término das construções as famílias receberão orientações sobre o funcionamento do sistema simplificado de água. “As famílias beneficiadas participarão de um curso sobre produção de alimentos e como fazer o bom uso da água. Durante a capacitação, os beneficiados aprenderão a cuidar da tecnologia, do meio ambiente onde moram e a conviver com o Semiárido”.

Deixe uma resposta