“Quando o Papa propõe que resplandeça a verdade contra a mentira, serve para os dois lados”, diz Dom Beto sobre carta do Papa Francisco enviada para Lula

Dom Beto fala sobre Carta do Papa Francisco enviada para Lula. (Foto: Blog Waldiney Passos)

No início de maio, o Papa Francisco enviou uma carta para o ex-presidente Lula, em resposta a uma correspondência enviada em março deste ano por Lula, preso em Curitiba desde abril do ano passado, após condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Na carta, o líder mundial da Igreja Católica, se sensibiliza com as perdas de entes queridos de Lula, e pede que o mesmo não desanime. “Tenho presente das duras provas que o senhor viveu ultimamente, especialmente da perda de alguns entes queridos, sua esposa Marisa Letícia, seu irmão Genival Inácio e, mais recentemente, seu neto Arthur de somente sete anos- quero lhe manifestar a minha proximidade espiritual e lhe encorajar pedindo para não desanimar e continuar confiando em Deus”, diz um trecho da carta.

Além dos sentimentos, o pontífice ressalta o período celebrativo da Igreja, e afirma: “Nesses dias, estamos celebrando a ressurreição do senhor. O triunfo de Jesus Cristo sobre a morte é a esperança da humanidade. A sua Páscoa, sua passagem da morte à vida, é também a nossa Páscoa. Graças a ele, podemos passar da escuridão para luz, das escravidões desse mundo para liberdade da terra prometida. Do pecado que nos separa de Deus e dos irmãos para a amizade que nos une a ele. Da incredulidade e do desespero para alegria serena e profunda de quem acredita, no final, o bem vencerá o mal, a verdade vencerá a mentira e salvação vencerá a condenação.”

Em entrevista ao Blog Waldiney Passos, durante a celebração do Dia Mundial das Comunicações, realizada no último domingo (2), o Bispo Dom Carlos Alberto Breis, da Diocese de Juazeiro (BA), fez sua leitura sobre o gesto do Papa Francisco. Para ele, a verdade proposta pelo Santo Padre, serve para os dois lados.

“É uma resposta cortês que o Papa faz com tantos outros. A diferença é que o Lula publicou a carta, e muitos já começam a acusar o Papa de certo partidarismo, como se o Papa estivesse tomando uma posição política partidária aqui no Brasil. Na verdade não. Quando o Papa propõe que resplandeça a verdade contra a mentira, serve para os dois lados. Tanto para os querem Lula livre, como os que querem Lula preso. Agora, que resplandeça de fato a verdade, e que em toda e qualquer situação nesse país de tanta falta de diálogo e crescente intolerância e pós-verdade, que a verdade é aquilo que me interessa e não o que ela é, como dado objetivo, assim de fato nós nos empenhamos em promover a verdade. Acho que o Papa quer justamente isso”, disse Dom Beto.

Leia a carta do Papa na íntegra:

Deixe uma resposta