Recadastramento do Bolsa Família é prorrogado até dia 11 de dezembro

BOLSA FAMILIAO prazo para  recadastramento obrigatório de atualização do Programa Bolsa Família, foi prorrogado até o dia 11 de dezembro/2015.A data para atualização estipulada pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), era até dia 04/12 (sexta-feira), o nosso município tem 35 mil famílias beneficiadas.
O MDS , entendeu que muitos beneficiários deixaram de atualizar seus dados e resolveu esticar a data. A atualização dos dados deverá ser feito em qualquer uma  das Unidades dos CRAS, como também Secretaria Municipal de Cidadania (SEDESC). A secretaria de Cidadania informa  que devem comparecer aos postos  de atendimento apenas os beneficiários que recebem avisos no extrato de recebimento do Bolsa Família, os que não atualizam seus dados no Cadastro Único (CADúnico) há mais de dois anos.
A prefeitura de Petrolina, na gestão Julio Lossio, tem dado atenção especial ao programa , fazendo capacitações com os digitadores e entrevistadores, bem  como investimentos no espaço físico das  instalações do programa. O numero de  Centros  de Referencia em Atendimento Social (CRAS) somam 10 no município e se tornaram a porta de entrada para  atender melhor os beneficiários.
Locais de atendimento
SEDESC Rua Santa Cecília, nº 85, vila Mocó
CRAS Rio Corrente/Praça do CEU
CRAS N-7/Rua C, Nº 146, Vila Velha
CRAS João de Deus/Rua 12, S/N João de Deus
CRAS Rajada/Rua Vaz Filgueira, S/N
CRAS José e Maria/Av. Principal S/N –
CRAS Fernando Idalino /Rua 05, nº 70
CRAS Dom Avelar/Av. do Sentimento, nº 121
CRAS Uruás/Av. Principal, s/n
CRAS Izacolândia/Rua da Caixa d’agua, s/n
CRAS Agrovila Massangano/Rua da Esperança, nº 180
Documentos  necessários
Responsável Legal: RG, CPF e Título de Eleitor; Carteira de Trabalho; Comprovante de residência (pode ser recibo de água, luz, telefone, ou correspondência recebida pelo correio); Demais pessoas da casa: Carteira de identidade e Título de eleitor para maiores de 18 anos; Carteira de identidade e/ou certidão de nascimento e atestado de frequência escolar para menores de 18 anos; Carteira de Trabalho (para todos os maiores que possuam). Em caso de falecimento de algum dos dependentes, levar certidão de óbito. Para os menores de até 6 anos: Cartão de vacinação atualizado. (Com informações da Ascom)

Deixe uma resposta