Reunião termina sem acordo e vigilantes da agências bancárias de Petrolina vão paralisar atividades após Carnaval

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Terminou agora pouco no Recife a reunião entre os vigilantes e as empresas de vigilância. As partes não chegaram a um acordo e dessa forma, o Sindicato dos Vigilantes de Pernambuco vai paralisar as atividades em todo estado, depois do carnaval.

“A reunião terminou sem avanço e agora vamos sentar com a diretoria para discutir a paralisação que não será imediata, deve acontecer somente após o carnaval” explicou o presidente do Sindicato dos Vigilantes de Petrolina, Laércio Vasconcelos.

Ainda segundo Laércio, dessa vez a paralisação não será restrita aos vigilantes das agências bancárias e instituições financeiras, se estendendo aos 400 profissionais da cidade. Na quarta-feira (7) as agências bancárias de Petrolina, Salgueiro e Serra Talhada não abriram devido à paralisação.

De acordo com o presidente do sindicato em Petrolina, as propostas apresentadas foram consideras “indecentes” pela categoria. “Pedimos reajuste de 8% no piso, eles apresentaram a proposta de 1,8% e também queriam retirar direitos garantidos por lei, usando a Reforma Trabalhista pra cortar nossos direitos” ressaltou Laércio.

Hoje o piso da categoria no estado é de R$ 1.109,00. O Sindicato pediu ainda o reajuste do vale alimentação de R$ 18,00 para R$ 23 reais, mantimento da jornada de trabalho de 12 por 36 horas e intrajornada de 1 hora de descanso para o almoço.

Com a paralisação dos vigilantes, as agências bancárias da cidade devem interromper o atendimento ao público.

Deixe uma resposta