Ronaldo Cancão levou denúncia de Beguinha ao MPF

Ronaldo Cancão 1

O caso Beguinha do CEAPE está repercutindo na cidade de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. Na segunda-feira (07), o comunitário teria entrado no programa Bom Dia Vale e dito que recebia há oito meses, R$ 500,00 da Prefeitura Municipal, para que não criticasse na mídia sobre a desapropriação de onde será o Centro Administrativo do Município.

O caso repercutiu na Câmara Municipal de Petrolina na Sessão desta quinta-feira (10). O vereador Ronaldo Cancão (PSL) afirmou que na última quarta entrou com a denúncia no Ministério Público Federal para que investigasse.

 “Eu não posso convoca-lo para prestar esclarecimento porque ele não é servidor público não cabia requerimento. Cabia a mim, ir ao Ministério Público oferecer a denúncia abrir um procedimento para ser investigado” explica.

Outro fato que está dando o que falar, é sobre o comunitário ter sido beneficiado com uma residência no Vivendas Petrolina, condomínio do projeto Minha Casa minha Vida, estregue no último mês. O vereador também comentou sobre o caso.

“A denúncia é grave. Eu sei que ele é deficiente, eu sei que ele pode entrar na cota de [pessoas com] deficiência, mas sei também que há milhares de pessoas na fila, por exemplo, atrás da banca têm duas que que tem filhos, estão há sete anos tentando e nunca ganharam uma casa no campo da deficiência” afirma.

Ao ser questionado sobre a nota emitida que o celular do comunitário teria sido roubado e outra pessoa teria se passado por ele, o vereador não acredita que que isso seja verdade.

“Dizer agora que roubaram e ligaram imitando a voz de Beguinha? Será que vocês não conhecem a voz de Beguinha que entra direto no ar. Vocês tem mais de centenas de gravações. Isso é conversa para boi dormir, prefeito. Essa é mais uma trapalhada do seu governo”   expôs o vereador aos jornalistas presentes.

Deixe uma resposta