Saneamento básico e saúde são temas da campanha da fraternidade 2016 lançada nesta quarta

Campanha da fraternidade 2016

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e o Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic) lançam hoje (10) a Campanha da Fraternidade Ecumênica 2016. O tema deste ano é Casa Comum, Nossa Responsabilidade e o lema “Quero ver o direito brotar como fonte e correr a justiça qual riacho que não seca”, com foco no saneamento básico, no desenvolvimento, na saúde integral e na qualidade de vida.

Dados divulgados pelo Conic mostram que, mesmo figurando entre as maiores economias do mundo, o Brasil tem mais de 100 milhões de pessoas sem saneamento básico. “O Estado brasileiro tem deficiência na prestação de serviços relacionados ao tratamento da água e do esgoto e à coleta de lixo”, informou a CNBB.

A abertura oficial da campanha ocorreu hoje (10), Quarta-feira de Cinzas, às 10h30, na sede da CNBB, em Brasília, e foi transmitida ao vivo por emissoras católicas de rádio e televisão. A cerimônia foi presidida pelo bispo da Igreja Anglicana do Brasil e presidente do Conic, dom Flávio Irala.

O Bispo emérito de Petrolina, dom Paulo Cardoso destaca que o objetivo da Campanha da Fraternidade é chamar atenção para a terra como um dom de Deus, a terra nossa mãe a nossa casa comum, “é um apelo do Papa Francisco na sua carta encíclica que foi dirigira não só aos fiéis cristãos como também a toda humanidade, inclusive as autoridades maiores de nosso planeta responsáveis por grandes chefes das nações. Então, o Papa faz um apelo mostrando como está a realidade da terra de tantas formas exploradas de maneira desordenada e que as consequências já podem ser percebidas”, pontuou o bispo.

Com informações da EBC

 

Deixe uma resposta