Secretaria de Saúde de Juazeiro encerra programação do Outubro Rosa com aula de zumba

(Foto: ASCOM)

(Foto: ASCOM)

Para encerrar oficialmente a programação de ações da campanha Outubro Rosa, a secretaria de saúde de Juazeiro realizou, em parceria com o Planeta Delícia, um aulão de zumba e aerodance na quadra da Lagoa de Calú. As participantes também fizeram doações de lenços.

O projeto tem como objetivo reunir a população para dar visibilidade à campanha de orientação e prevenção à doença, além da perda de calorias. Desde o inicio do mês de outubro a secretaria de saúde contou com ações diferenciadas, como a realização de palestras com a ginecologista Fabíola Ribeiro, exames preventivos nas unidades de saúde,  caminhadas promovidas pela equipe dos postos e várias atividades feitas nas salas de espera com palestras e café da manhã.

Para a Educadora Física, Cinthia Catherine, as ações foram essências na forma de prevenção da doença. “A zumba transmite alegria de viver e qualidade de vida, elementos fundamentais para sensibilizar sobre a importância da prevenção à doença. Durante esse mês de outubro fizemos uma grande campanha contra o câncer de mama. O aulão superou a expectativa”, expressou Cinthia.

Outubro Rosa

O Outubro Rosa é uma campanha internacional que surgiu nos Estados Unidos. O rosa simboliza alerta às mulheres para que a partir dos 40 anos, façam o autoexame e a mamografia, diminuindo os riscos que aparecem nesta faixa etária.

Câncer de Mama

O câncer é o crescimento desordenado das células de um órgão do corpo. No caso da mama estas células formarão o câncer de mama. É a primeira causa de morte entre as mulheres, principalmente nas regiões sul e sudeste do Brasil. Homens também podem ter câncer de mama, embora a incidência seja menor.

Ausência de gravidez ou gravidez tardia: mulheres que engravidaram pela primeira vez após os 30 anos de idade ou que não tiveram alguma gestação correm maior risco.

Obesidade: a gordura libera hormônio feminino, aumentando os riscos. Exposição a radiação, alcoolismo e sedentarismo. Uso de anticoncepcionais ou reposição hormonal.

Com informações da ASCOM

Deixe uma resposta