Secretários escolares municipais denunciam negação de direitos da categoria; prefeitura de Petrolina analisa reivindicações

(Foto: Ilustração)

Secretários Escolares Municipais de Petrolina (PE), aprovados em concurso no ano de 2016,  elaboraram e divulgaram uma carta aberta, na qual a categoria expõe uma série de reivindicações de direitos, que segundo os profissionais, estão sendo negados pela gestão municipal.

No documento, os secretários afirmam sofrer desvalorização profissional, já que não estão sendo tratados com o mesmo respaldo que outros membros das equipes gestoras. De acordo com os profissionais, gratificações por
padrão e gratificação de difícil acesso, além de outros benefícios e melhorias não estão sendo repassados aos profissionais, como previsto.

“Já foram feitas várias reivindicações intermediada pelo Sindicato, paralisações, reuniões marcadas com a secretaria de educação, busca por apoio na Câmara de Vereadores, mas até o momento nada foi resolvido”, diz um trecho da carta.

“Não é fácil saber que todo o serviço escolar é feito por nós, fazemos parte da Gestão Escolar “só no nome” e no financeiro não existe esta valorização”, completa o grupo.

Em nota enviada ao Blog Waldiney Passos, a prefeitura municipal de Petrolina afirma estar analisando as reivindicações da categoria. Confira a íntegra da nota:

“A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes reafirma o compromisso da atual gestão na valorização de todos os profissionais da rede municipal de ensino. Ciente da importância dos Secretários Escolares para o pleno funcionamento das unidades da sede e interior do município, a SEDUCE está analisando as reivindicações apresentadas pela classe.”

Um Comentário

Deixe uma resposta