SEDUC emite nota sobre Operação Expresso Sertão, deflagrada em Juazeiro

(Foto: ASCOM)

A Prefeitura de Juazeiro (BA) se posicionou em relação a “Operação Expresso Sertão”, deflagrada pela Polícia Federal e Controladoria-Geral da União (CGU), nessa quinta-feira (17) mirando irregularidades na Secretaria de Educação e Juventude (SEDUC).

LEIA TAMBÉM

PF e CGU deflagram nova operação em Juazeiro, dessa vez na SEDUC

Em nota, a SEDUC afirmou que está à disposição da PF e CGU para contribuir com os trabalhos. Os dois órgãos federais apuram a existência de uma organização criminosa voltada à prática de crimes de fraude a licitações e superfaturamento de contratos para prestação do serviço de transporte escolar municipal.

Confira a íntegra da nota:

“A Secretaria de Educação e Juventude – SEDUC informa que os agentes da Polícia Federal e a Controladoria Geral da União realizaram nesta quinta-feira (17), mandados de busca e apreensão de documentos referentes a licitações e contratos para prestação de serviços do Transporte Escolar do município.

A SEDUC reforça que sempre prezou pela garantia do acesso integral das informações no âmbito da administração pública, está sempre à disposição para contribuir com as investigações e ratifica a sua postura íntegra. A SEDUC está acompanhando o trabalho dos agentes públicos para os devidos esclarecimentos”.

Deixe uma resposta