Sindsemp doa macacões e máscaras faciais para servidores e servidoras do SAMU

(Ascom/Sindsemp)

Nessa quinta-feira (9), membros da diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsemp) levaram aos condutores do Samu e aos socorristas, máscaras faciais de proteção e macacões impermeáveis para os servidores e servidoras que podem ter contatos com pacientes contaminados pelo coronavírus em Petrolina. 64 unidades de cada produto, para atender também médicos, enfermeiros.

Desde as primeiras medidas preventivas adotas pelo município contra a Covid-19, o Sindsemp tem realizado várias ações para acompanhar de perto o trabalho de servidores e servidoras, principalmente das categorias que estão na linha de frente de atendimento à população, como as equipes de Unidades de Saúde da Família, Hospitais e Samu. A preocupação tem sido a segurança e o bem estar do servidor.

As máscaras doadas aos servidores e servidoras do SAMU, foi motivo de alegria. “Estamos com equipamentos em mãos. O segundo passo é o socorro do paciente. Eu sinto que estou fazendo a minha parte diante, da forma que nós podemos diante da pandemia, é muito gratificante poder participar,” relatou Juliece Souza Rocha.

A máscara é artesanal, confeccionada em PVC rígido e acetato de 0.5 milímetros, que protege todo o rosto e é de fácil higienização, sendo mais leve que as máscaras de fabricação usual. Foram aprovadas pelos servidores e servidoras do SAMU, e Nilda Carvalho, socorrista há 15 anos, agradeceu a iniciativa. “Até certo tempo atrás a gente não tinha nada, a gente ‘tava’ trabalhando com a cara e a coragem. Eu, em nome de todos que fazem o Samu, agradecemos de coração.” Conclui Nilda, em nome dos colegas.

Para Walber Lins, presidente do Sindsemp, o sindicato está fazendo sua parte enquanto entidade de classe, e busca sensibilizar a população de Petrolina. “Enquanto profissional de saúde, enquanto cidadão, que a gente possa, qualquer empresa, qualquer cidadão, primeiro contribuir ficando em casa, segundo contribuir com esses profissionais, que estão à frente. Enquanto amigo, companheiro, profissional de saúde e cidadão, a gente deve contribuir para resguardar todos esses profissionais da saúde, da segurança, da assistência social, que estão em suas atividades para garantir o bem comum ao povo petrolinense.” Declarou Walber.

Deixe uma resposta