Sindsemp não descarta buscar Justiça após falta de diálogo antes da votação do novo regime previdenciário

Presidente do Sindsemp criticou postura da Câmara (Foto: Blog Waldiney Passos)

Principal projeto a ser debatido na Câmara de Vereadores de Petrolina nessa terça-feira (17), a alteração no regime previdenciário dos servidores municipais provocou revolta nos funcionários públicos. Presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp), Walber Lins disse que poderá acionar a Justiça contra a matéria.

Para Walber, faltou diálogo com o Poder Executivo e com a Presidência da Câmara. Confira:

Outro lado

Nossa Produção procurou a Prefeitura de Petrolina, para saber se de fato houve ou não diálogo com os servidores e porquê a matéria não foi adiada para 2020. Até o momento não recebemos resposta, mas seguimos aguardando um posicionamento.

Deixe uma resposta