Sugestão: Senac Petrolina realiza oficina de Atendimento Pré-hospitalar

(Foto: Internet)

Na hora de uma emergência, saber o que fazer e como proceder diante de acidentes pode ser determinante para salvar a vida de alguém. Por isso, é importante ter conhecimento das ações para atendimento em casos de traumas, violência urbana e mal súbito.

Para falar sobre o assunto e ensinar alguns procedimentos básicos, a unidade do Senac em Petrolina vai promover nesta quinta-feira (31) a oficina Atendimento Pré-hospitalar.

Ministrada pela enfermeira e instrutora do curso Técnico em Enfermagem do Senac, Celina Magalhães, a oficina acontecerá na própria unidade, das 19h às 22h, e a inscrição custa R$ 10. As vagas são limitadas e os interessados podem fazer a inscrição no local com antecedência, das 8h às 20h, ou no dia do evento, se houver vagas.

Segundo Celina, a proposta é oferecer aos participantes conhecimentos essenciais para um atendimento emergencial. “A oficina não substitui um curso, mas já pode ajudar numa necessidade”, explica. “O encontro é uma maneira de ter um primeiro contato com a prestação de socorro. Assim, a pessoa conhece um pouco do tema.”

Para quem quer se aprofundar na área de Saúde, a instrutora orienta uma capacitação mais ampla, como o curso Técnico em Enfermagem, que tem carga horária de 1800h. Para participar deste curso, é necessário ter idade mínima de 18 anos e escolaridade a partir do 2° ano do Ensino Médio.

Técnico

O curso Técnico em Enfermagem é uma das programações com inscrições abertas na unidade de Petrolina. Com mais de um ano de duração, a capacitação oferece ao aluno conhecimento para assistência na promoção, prevenção, recuperação e reabilitação de pacientes no processo saúde-doença, nos diferentes graus de complexidade.

O aluno recebe todo o material didático e ainda conta com estágio garantido no final das aulas. Após o curso, o profissional receberá certificado válido em todo o território nacional e poderá atuar em hospitais, clínicas, ambulatórios, serviços e programas de saúde pública, unidades de pronto atendimento, consultórios, centros de educação infantil, instituições de longa permanência (ILP), além de realizar atendimentos home care e pré-hospitalares.

Deixe uma resposta