Em nota, Tum afirma que seu mandato é pautado no “compromisso, responsabilidade e ética”

Tum emitiu nota oficial

O deputado estadual Tum (PSC-BA) emitiu uma nota oficial rebatendo as acusações de que não está trabalhando em prol da população. Nessa semana o político foi alvo de críticas e em resposta fez um balanço de suas ações na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

A assessoria de comunicação do casa novense esclarece que “o mandato do deputado Tum tem sido atuante e pautado sempre no compromisso, responsabilidade e ética visando abranger a todos os baianos, do sertão ao litoral”. Leia a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Bahia: deputados aprovam liberação de auxílio de R$ 500 para pacientes com Covid-19 em isolamento

O projeto de lei que autoriza o pagamento de auxílio de R$ 500 para pacientes que testaram positivo para a Covid-19 e optarem pelo isolamento em centros do governo da Bahia foi aprovado por maioria pelos deputados estaduais na tarde desta quinta-feira (14), apenas Capitão Alden (PSL) se posicionou contra. A matéria foi ampliada pelos parlamentares e teve a apreciação acelerada depois da dispensa de formalidades pelas bancadas de governo e de oposição.

O objetivo dessa espécie de “voucher” é fazer com que essas pessoas que testaram positivo cumpram o isolamento a rigor em um local pré-definido e não transmitam o coronavírus a outras pessoas. O benefício será estendido a pessoas que estejam em isolamento mesmo antes da aprovação do texto. A concessão também estará limitada a duas pessoas por família.

LEIA MAIS

Uso de máscara passa a ser obrigatório na Bahia

Governo dá prazo de oito dias para lei começar a valer (Foto: Marcos de Paula/ Prefeitura do Rio)

O governador da Bahia, Rui Costa (PT) sancionou nessa quinta-feira (30) a Lei n° 14.261/2020, que torna obrigatória o uso de máscaras de proteção no Estado. A medida terá valida em oito dias. Após esse prazo, todas as pessoas que saírem de casa, inclusive em veículos, devem estar utilizando esse item.

A medida foi aprovada em dois turnos na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) e contempla os municípios com decretos de Calamidade Pública, provocada pelo coronavírus. No caso do deslocamento em veículo, a medida não se aplica ao condutor que estiver sozinho.

Os comerciantes também são orientados a atender apenas clientes os quais estejam utilizando máscaras. A Bahia registrou ontem (29) 100 mortes provocadas pelo covid-19.

Cerca de 2 mil Municípios já decretaram calamidade ou emergência em saúde pública por causa da Covid-19, revela pesquisa

(Foto: Freepik/Banco de Imagens)

O documento enviado pela a prefeitura de Juazeiro à Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), pedindo autorização para que o prefeito Paulo Bomfim possa decretar estado de calamidade pública no município por causa da Covid-19, ainda não foi votado pelos deputados.

De acordo com o deputado estadual Zó (PC do B), como o decreto só foi protocolado no final da tarde desta terça-feira (07), deverá entrar em pauta somente na primeira reunião da semana que vem, que acontecerá no próximo dia 14 de abril.

Enquanto Juazeiro aguarda a decisão sobre o pedido, outros 180 municípios baianos já tiveram o pedido de estado de calamidade ou de emergência em saúde pública publicados no Diário Oficial do Estado da Bahia. Na maioria deles, não foi confirmado um caso se quer da Covid-19. Mesmo assim tiveram seus pedidos acatados pelos parlamentares. É o caso dos municípios de Casa Nova, Remanso, Uauá e Curaçá, na região norte da Bahia.

LEIA MAIS

Prefeito Paulo Bonfim pede a Assembleia Legislativa da Bahia aprovação de decreto de calamidade pública para Juazeiro

Paulo Bomfim quer aprovação de decreto de calamidade pública. (Foto: ASCOM)

Após uma sensível queda na arrecadação no município e com a necessidade de reorganizar os gastos públicos para um maior investimento em Saúde, o prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim, decidiu submeter à Assembleia Legislativa do Estado da Bahia decreto de calamidade pública em razão da pandemia do novo Coronavírus. A medida segue a linha já adotada pela União e pelo governador Rui Costa.

“O decreto nos dá a condição de adotarmos medidas emergenciais caso o número de notificações positivas cresça em nossa cidade. Esta é a perspectiva apontada pelos cientistas e pelo próprio Ministério da Saúde”, declarou o prefeito.

Paulo Bomfim reforçou a importância de manter as restrições na circulação de pessoas: “Até aqui nossas decisões têm apontado que estamos no caminho certo, mas não podemos negligenciar. Todos precisam ajudar e ficar em casa é a melhor forma de nos mantermos protegidos”.

Recentemente os deputados estaduais aprovaram o reconhecimento da calamidade de diversas cidades no interior do estado.

Deputado estadual Tum sugere que Bahia conceda anistia de contas para municípios não operados pela Embasa

Tum (PSC), deputado estadual.

Deputados estaduais votaram, nesta sexta-feira (3), o projeto que anistia da conta de luz para pessoas que tem consumo mensal de até 100 quilowatt (kW) por mês e que possuam cadastro social na Coelba.

O deputado estadual Tum (PSC) pediu que o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), Nelson Leal (PP), solicitasse ao governador Rui Costa que incluísse 28 municípios que não são operados pela Embasa, e sim pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE) – além de Itabuna que é operado pela Emasa.

Dentre os municípios estão Casa Nova, Sento Sé, Remanso, Juazeiro e Pilão Arcado. Leal se comprometeu em levar a preocupação do parlamentar ao governador Rui Costa.

Governo da Bahia custeará conta de energia de famílias carentes por 90 dias

Para valer, Alba deve aprovar projeto (Foto: Reprodução/Internet)

O governador da Bahia, Rui Costa (PT) anunciou em suas redes sociais que o Estado custeará as contas de luz da população mais carente pelo prazo de 90 dias. A medida é consequência da pandemia do novo coronavírus, porém, é válida apenas aqueles com Cadastro Social e consumam até 80 kW/mês.

Estima-se que 677 mil baianos serão contemplados. O Governo enviará um projeto de lei à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) ainda hoje (2). Somente após análise dos deputados estaduais é que a medida passará a vigorar.

Sobre os casos confirmados na Bahia, Costa anunciou a cura de 34 pacientes os quais estavam com o covid-19. O número de mortes teve alta nessa quinta-feira, quando foi confirmado o terceiro óbito. Trata-se de um idoso de 88 anos que estava internado em Salvador.

Tum pede que Governo da Bahia invista em mais segurança no interior de Casa Nova

O deputado estadual Tum (PSC) pediu reforço na segurança no interior de Casa Nova (BA). No pedido, o casanovense solicita a aquisição de duas viaturas para “atendimento mais especializado e monitoramento mais ostensivo” nos distritos de Pau a Pique e Ouricuri.

Em sua justificativa, Tum alega que a Constituição Federal assegura a segurança pública como dever do Estado. “Os agentes públicos necessitam agir com os olhos voltados para a coletividade, gozada apenas por uma minoria privilegiada que possui condições econômicas para contratar seguranças ou empresas especializadas em segurança pessoal”, afirmou.

O pedido segue para análise do governador da Bahia, Rui Costa (PT) e ao comando da Polícia Militar do Estado. Recentemente Costa esteve no interior inaugurando duas unidades de saúde, uma em Paulo Afonso e outra em Jacobina.

Tum propõe CPI para discutir preço das passagens aéreas

Tum propôs debate durante sessão na Alba (Foto: Ascom)

O preço das passagens aéreas – impulsionado pela crise da Avianca – pode ser tema de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), proposta pelo deputado estadual Tum (PSC). Durante discurso na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) na segunda-feira (27) o casanovense disse ser necessário discutir essa pauta.

Tum lembrou que o preço da passagem entre Petrolina e Salvador até o começo do ano custava R$ 250 e ultimamente é encontrada a R$ 2.500. “No entanto, sabe-se lá com base em quê, as empresas reajustaram a passagem desse trecho para 2500 reais, nada menos que um mil por cento de aumento, uma prova de esse problema afeta o turismo e os negócios não só da capital, mas de toda Bahia”, destacou o deputado.

O deputado esteve presente em uma audiência pública sobre o turismo, que contou com a participação do senador Jaques Wagner e deputados federais eleitos no estado. Tum aproveitou o momento para reunir assinaturas para a instalação da CPI no Congresso Nacional.

Cerimônia dá posse a três representantes do interior na Alba

Zó vai para 2º mandato, Tum é estreante e Roberto Carlos o mais experiente do trio

Fevereiro começa com um rito que se repetirá em diversas Assembleias Legislativas estaduais e na federal: a posse dos deputados eleitos em outubro de 2018. A partir das 9h30 essa sexta-feira (1º) três representantes do Sertão assumem uma cadeira na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba).

Reeleitos, Roberto Carlos (PDT) e Zó (PC do B) se juntam ao estreante Tum (PSC) que foi eleito para seu primeiro mandato político na sua primeira eleição. Com grande representatividade em Casa Nova, Tum se une aos colegas para fortalecer as bandeiras do interior e do Sertão na capital.

Mais experientes, Zó inicia seu segundo mandato enquanto Roberto Carlos se encaminha para o quinto mandato na Alba. Além da posse na Bahia, em Pernambuco três representantes de Petrolina iniciam seus trabalhos na Alepe: Antônio Coelho (DEM), Dulcicleide Amorim (PT) e Lucas Ramos (PSB). A cerimônia acontece às 15h.

Tum visita Alba e recebe boas vindas do atual presidente da Assembleia Legislativa

(Foto: Ascom)

Eleito deputado estadual no dia 7 de outubro, Tum (PSC) se encontrou com o atual presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) e senador eleito, Antônio Coronel. No encontro o casanovense discutiu sua posse e a instalação do seu gabinete no começo de 2019.

Coronel e Tum conversaram sobre o Regimento Interno da Alba, a composição do bloco governista e também abordaram a eleição da nova Mesa Diretora. Na semana passada Tum havia se reunido com Rui Costa (PT), reeleito governador da Bahia e confirmou sua adesão à situação;

“Essa agenda institucional nos ajuda a continuar aprendendo sobre o papel do deputado estadual, pois só assim será possível trabalhar à altura do que merecem nossos irmãos baianos”, disse o casanovense.

Coronel elogiou Tum e afirmou que o deputado agregará força ao Sertão da Bahia. “Tum chega à Alba com a força da juventude do sertão baiano, para renovar nossos quadros. Não há dúvidas de que é um jovem trabalhador, aguerrido, que vai representar muito bem os baianos aqui na assembleia”, destacou.

Bahia: Juazeiro emplaca Zó e Roberto Carlos na Alba, Casa Nova elege Tum 

Enquanto Petrolina conseguiu eleger três deputados estaduais e dois federais, Juazeiro terá dois representantes na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba). Roberto Carlos (PDT) e Zó (PC do B) conseguiram confirmar mais um mandato e se juntarão a Tum (PSC) de Casa Nova.

Roberto Carlos que também é o presidente da Desportiva Juazeirense foi eleito com 69.440 votos, sendo o 14º na lista dos representantes da Alba. Zó somou 43.347 votos e garantiu a vaga de número 56. Tum, que veio com a missão de representar Casa Nova no Estado terminou a apuração somando 40.632 votos, uma posição atrás de Zó.

O casanovense utilizou suas redes sociais para agradecer. “Muito obrigado por acreditarem no meu trabalho e, principalmente, no meu projeto para atuar na Assembleia Legislativa do Estado da Bahia”, disse Tum.

Juazeiro ainda teve outro pleiteante, mas a deputado federal. O músico Targino Gondim (PV) teve 12.035 votos e ficou de fora da Câmara dos Deputados.

Divulgação da FENAGRI será feita durante sessão na Alba

(Foto: Blog Waldiney Passos)

A um mês da Feira Nacional da Agricultura Irrigada (FENAGRI), o evento será divulgado na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), nesta quarta-feira (20). A FENAGRI 2018 acontecerá em Juazeiro, dentro da programação do aniversário da cidade.

Conhecida internacionalmente, a Feira será tema na Comissão de Agricultura e Pecuária da Alba, às 10h. Além dos deputados estaduais Zó (PCdoB) e Roberto Carlos (PDT), estarão presentes o secretário de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária, Tiano Félix e o presidente da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Juazeiro (ACIAJ), Paulo Fernandes.

“Todos irão conhecer o formato da feira – evento socioeconômico e tecnológico de extrema importância para o desenvolvimento da nossa região. A ideia é colocar em foco a promoção dos produtos do setor primário e articulação dos agentes públicos e privados para a conquista de novos mercados, integrando sempre a cadeia produtiva da área irrigada em interface com o sequeiro”, disse Tiano Félix, que além de secretário é coordenador do evento.

A FENAGRI chega a sua 27ª. O evento acontecerá no Juá Garden Shopping entre os dias 11 e 14 de julho. A expectativa da organização é reunir mais de 40 mil pessoas na feira, aquecendo a economia local.

Prefeito de Juazeiro participa de Sessão Especial na ALBA para debater práticas de Esportes a Cavalo

A Sessão especial foi proposta pelo deputado Eduardo Sales, com a anuência de diversos deputados, inclusive, do deputado Zó. (Foto: divulgação)

A Sessão especial foi proposta pelo deputado Eduardo Sales, com a anuência de diversos deputados, inclusive, do deputado Zó. (Foto: divulgação)

O prefeito de Juazeiro (BA), Isaac Carvalho, participa na manhã desta segunda-feira (07), em Salvador, de uma Sessão Especial na Assembleia Legislativa da Bahia para discutir alternativas que permitam a prática de esportes a cavalo em todo o país e os impactos gerados pela decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que derrubou a Lei que regulamentava a vaquejada no Ceará.

Isaac Carvalho é praticante de vaquejada e defensor das tradições nordestinas. “Acho que isso precisa ser revisto. Não podemos acabar com as tradições nordestinas. Na vaquejada, por exemplo, já existe todo um cuidado com os animais, para diminuir eventuais danos. Precisamos debater melhor isso. A sociedade precisa saber o que está acontecendo e como são realizados os eventos tradicionais”, declarou. O prefeito eleito, Paulo Bomfim, acompanha Isaac Carvalho no evento.

LEIA MAIS

Na Bahia, deputados estaduais recebem mais de 9 milhões de verbas indenizatórias

assembleia legisl bahia

Os deputados estaduais da Bahia receberam, de janeiro a maio deste ano, R$ 9.058.839,40 milhões em verbas indenizatórias.Foto:internet

Os números divulgados pela assessoria da Assembleia Legislativa da Bahia (AL/BA) de verbas indenizatórias dos deputados de janeiro a maio deste ano, chamou atenção dos baianos.
Deputados estaduais receberam R$ 9.058.839,40 milhões somente em verbas indenizatórias. Segundo a assessoria, os parlamentares têm mensalmente o equivalente a R$ 32 mil reais para gastar com aluguel de imóveis para escritórios, despesas concernentes a eles, aquisição de material de expediente, aquisição ou locação de software, serviços postais e de segurança, assinaturas de publicações,TV a cabo ou similar, acesso à internet, locação de móveis, equipamentos e telefone, consultorias, assessorias, pesquisas e trabalhos técnicos, divulgação da atividade parlamentar, locomoção e hospedagem.
Ainda de acordo com a assessoria da AL-BA, os deputados podem não usar a verba em um mês e usar R$64 mil, por exemplo, no mês seguinte. A comprovação dos gastos acontece por meio de nota fiscal, e, segundo a Casa, passa por auditoria para comprovação.