Caminhoneiros liberam algumas rodovias de Pernambuco, no Sertão ainda há bloqueios

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Pernambuco informou algumas rodovias federais do estado começaram a ser liberadas pelos caminhoneiros. Até o final da tarde, três locais já estavam sem bloqueio no Agreste e mais dois na Mata Norte.

Segundo a PRF, ainda há 12 rodovias interditadas, inclusive no Sertão, como Ouricuri e Parnamirim. A greve dos caminhoneiros entrou no nono dia e durante a tarde, petrolinenses e juazeirenses se uniram para apoiar a manifestação nacional.

Confira a lista de rodovias liberadas em Pernambuco:
BR 104 – KM 67 em Caruaru
BR 232 – KM 130 em Caruaru
BR 408 – KM 83 em Paudalho
BR 423 – KM 97 em Garanhuns

Comunidade do Vale vai às ruas em apoio a greve dos caminhoneiros

O nono dia da greve dos caminhoneiros foi marcado por mais um ato de apoio a greve. Moradores de Juazeiro e Petrolina se uniram em uma manifestação pedindo mudanças no país, na tarde de hoje (29), cobrando não apenas a redução dos impostos no combustível.

Com bandeiras do Brasil e pedindo também Fora Temer, alguns manifestantes se dividam entre o grito de mudanças na Presidência da República e cobranças de intervenção militar. A pauta que uniu o grupo mobilizado pelas redes sociais era o fortalecimento a greve dos caminhoneiros.

Já no final da tarde o grupo de Petrolina saiu pelas ruas do Centro, seguindo para a Ponte Presidente Dutra, onde se encontraria com os manifestantes de Juazeiro, para interditar o fluxo nos dois sentidos da via.

Um grupo de estudantes universitários que estava na concentração no lado pernambucano optou em não acompanhar o manifesto, por não concordar com o pedido de intervenção militar, fato condenável por eles. Alguns ainda tentaram dialogar com alunos secundaristas a respeito da manifestação.

Confira o início da manifestação:

LEIA MAIS

Ministro muda de opinião e descarta aumento de outros impostos para compensar valor do diesel

(Foto: BBC)

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia mudou sua opinião divulgada em uma coletiva na segunda-feira (28). Ele disse que o Governo Federal não mais irá aumentar impostos para compensar a redução no valor do diesel. Hoje (29), Guardia afirmou que a compensação será feita mediante um acréscimo nas alíquotas.

LEIA TAMBÉM:

Governo analisa aumento de impostos para compensar redução no diesel

“Uma coisa é o que diz a lei. A LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) determina que qualquer diminuição de impostos implique necessidade de compensação mediante aumento de alíquota, aumento de impostos ou redução de incentivos fiscais. O que o governo fará para compensar é a redução de incentivos fiscais. Em nenhum momento o governo trabalha com aumento de impostos”, ressaltou o ministro.

Outra mudança de opinião de Guardia foi em relação a reoneração da folha de pagamento das empresas, o que para ele não é suficiente para cobrir a redução dos impostos, não sendo necessárias medidas extras.

Greve dos caminhoneiros: nova manifestação de apoio pode afetar trânsito na Ponte

Após a manifestação realizada na manhã da segunda-feira (28) em apoio a greve dos motoristas e pedidos de intervenção militar, a população de Juazeiro e Petrolina está se mobilizando novamente pelas redes sociais, com o objetivo de um novo ato na tarde de hoje (29).

Marcado para 16h30, a concentração em Petrolina será em frente à Igreja Catedral e em Juazeiro, no Paço Municipal. Os grupos seguirão até a Ponte Presidente Dutra e devem interditar o fluxo de veículos no final da tarde.

LEIA TAMBÉM:

Manifestantes do Movimento vem pra Rua fazem protesto em Petrolina e fecham a ponte presidente Dutra

Ontem os manifestantes seguiram de Petrolina até Juazeiro e bloquearam a Ponte, depois seguiram de volta à Petrolina onde caminharam até o Exército, reivindicando a intervenção dos militares. Durante todo o trajeto o grupo teve apoio da população e não houve incidentes.

A organização do ato dessa tarde afirma no cartaz de divulgação que o movimento é de apoio aos caminhoneiros que estão em greve pelo nono dia consecutivo, protestando contra o preço do diesel.

Prefeitura de Campo Formoso suspende diversos serviços por falta de combustível

Campo Formoso. (Foto: Internet)

A prefeitura da cidade de Campo Formoso (BA) anunciou nesta terça-feira (29) a suspensão de diversos serviços por causa da falta de combustível. De acordo com nota divulgada, ficam suspensas as aulas da rede municipal de ensino, ficando garantida a reposição em datas a serem definidas. Também estão suspensos os atendimentos nos postos de saúde na sede e no interior do município.

As pessoas que precisam fazer tratamento de saúde em outras cidades podem viajar porque o transporte para tratamento fora do domicílio também não tem combustível.

A coleta de lixo está sendo realizada a partir de hoje, em dias alternados nos bairros da sede do município. Já o transporte sanitário foi suspenso por completo.

Segundo a prefeita Rosângela Maria Monteiro, assim que a crise de abastecimento seja solucionada, todos os serviços públicos municipais voltarão a ser prestados integralmente.

Aulas na Facape só serão retomadas na próxima segunda-feira (04)

(Foto: Arquivo)

Devido a crise no abastecimento causada pela greve do caminhoneiros a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (FACAPE), suspendeu as aulas nesta segunda-feira (28) e só serão retomadas na próxima segunda-feira (04). Veja abaixo a nota divulgada pela instituição.

“Neste momento de instabilidade e considerando que o reabastecimento de combustível está acontecendo de forma gradativa, a comissão de gerenciamento de crise da Facape, formada pelos diretores e coordenadores de curso da Instituição, decidem pela suspensão das aulas até o dia 03 de junho de 2018 (domingo). Neste período serão mantidas as atividades administrativas da Faculdade.

A mesma comissão será responsável por articular medidas reparadoras, que não prejudiquem o semestre letivo. Portanto, o retorno das aulas na Facape se dará no dia 04 de junho de 2018 (segunda-feira).”

Crise do combustível afeta atendimento nas unidades de saúde de Juazeiro e postos de saúde do interior ficam fechados nesta terça-feira (29)

(Foto: Divulgação/Ascom)

Os problemas causados pela greve dos caminhoneiros afetou vários serviços de saúde da cidade de Juazeiro (BA). Nesta segunda-feira (28), algumas equipes de saúde não conseguiram chegar aos Postos de Saúde para atendimento por causa de bloqueios em algumas pistas e falta de combustível na cidade para abastecimento.

Dessa forma, não será possível o envio de equipes para atendimento na zona rural e, a partir desta terça-feira (29), os atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde da zona urbana acontecerão por período determinado das 07h às 13h.

LEIA MAIS

Mercado do Produtor de Juazeiro continua sem abastecimento

A maior Central de Abastecimento do Norte/Nordeste e a quinta maior do país em volume, continua recebendo pouca mercadoria. O Mercado do Produtor de Juazeiro recebe cerca de 250 caminhões por dia, mas com a greve dos caminhoneiros, os estacionamentos de carga e descarga estão vazios, como mostram fotos (acima) feitas pelo blog na manhã desta terça-feira (29).

Os poucos produtos que chegam, são trazidos pelos próprios produtores rurais que ainda tem combustível. Um produtor de manga que conversou com nossa equipe, disse que está com 750 caixas de manga para serem doadas porque o produto não tem mais condições de viajar. Se não aparecer alguém para buscar, ele vai jogar tudo fora.

Por causa do pouco movimento, a Autarquia Municipal de Abastecimento (AMA) informou que ficou impossibilitada de realizar a cotação diária dos preços dos produtos comercializados no Mercado.

A cotação de preços ficará temporariamente suspensa até que a comercialização esteja normalizada. Não há como levantar preços para a elaboração da tabela de preços desde a última quinta-feira (24).

Motoristas da cidade de Remanso fazem fila para abastecer nesta terça-feira

(Foto: Alex Gonçalves)

Desde o início da manhã desta terça-feira (29), motoristas da cidade de Remanso (BA) fazem filas no Posto Santo Antônio para abastecer. Dos quatro postos de combustíveis da cidade é o único que ainda tem gasolina. Segundo informações de um funcionário do posto que conversou com nossa equipe, apenas um bomba está abastecendo e o estoque deve acabar até o final do dia de hoje.

Ainda de acordo com o funcionário, cada motorista só pode abastecer até R$ 100,00 e apenas no tanque no carro. Os frentistas estão proibidos de encher vasilhames.

Centrais sindicais anunciam novas manifestações para esta quarta-feira (30)

(Foto: Reprodução/ Internet)

A página da Central Única dos Trabalhadores (CUT) na internet, trás uma convocação para novas manifestações para esta quarta-feira (30) em todo o país, quando o petroleiros também devem parar as atividades por 72 horas. Segundo a CUT, os protestos serão pela redução do preço do diesel, da gasolina e do gás de cozinha, pela mudança na política de preços, em defesa da Petrobras como empresa pública, pela saída de Pedro Parente da presidência da companhia e por eleições livres e democráticas.

A decisão de fazer novas manifestações foi tomada durante reunião nesta segunda-feira (28) na sede da CUT, em São Paulo. Segundo a Central Única dos Trabalhadores, as frentes, que representam mais de 100 entidades, entre elas CUT, MST, MTST, CTB, Intersindical, CMP, UNE e Marcha Mundial das Mulheres, entre outras, divulgaram uma nota chamando a população e explicando as razões da manifestação nesta quarta.

“O povo brasileiro está indignado com o alto custo de vida, o valor do gás e do combustível, que já aumentou mais de duzentas vezes em dois anos e exige respostas imediatas.Por isso, apoiamos a luta dos caminhoneiros em greve e dos petroleiros que iniciarão uma greve de advertência de 72h a partir de 0h do dia 30. Nosso apoio se concretiza com solidariedade e luta! Portanto chamamos todas as pessoas a participarem do Dia de Luta em todo o país nesta quarta-feira, dia 30 de Maio”, diz trecho da nota.

Bloqueios continuam em algumas rodovias do norte da Bahia

Os protestos em apoio a greve dos caminhoneiros continuam na região de Juazeiro, norte da Bahia. Na manhã desta terça-feira (29), pelo menos três bloqueios estão acontecendo em estradas da região. Manifestantes bloquearam a pista que passa sobre a barragem de Sobradinho para impedir a passagem de ônibus que transportam trabalhadores rurais das empresas agrícolas.

Na BA 210, entre Juazeiro e Curaçá, o bloqueio é na altura do povoado de São José no projeto de irrigação NH-4, projeto Curaçá. Somente ambulâncias e carros de serviços essenciais podem passar. Os manifestantes chegaram ainda de madrugada e o café foi servido no meio da rodovia, como é possível perceber em uma das fotos acima.

Um outro bloqueio registrado está acontecendo na pista do distrito industrial de Juazeiro. Manifestante tentam interditar a entrada da base da Petrobrás. Segundo informações, viaturas da Rondesp estão no local.

Ônibus de Juazeiro passam a funcionar com novo horário

A greve dos caminhoneiros entrou no oitavo dia e em Juazeiro a Companhia de Segurança, Trânsito e Transporte (CSTT) anunciou uma nova alteração no horário do transporte coletivo na cidade. A partir de hoje (28) os ônibus passarão a circular com o horário utilizado aos domingos e feriados.

Outra mudança é a redução no número de veículos circulando no município. As duas medidas continuarão até a distribuição dos combustíveis ser normalizada. No domingo (27) a equipe do Blog acompanhou a procura nos postos de Juazeiro e hoje praticamente já não há mais álcool, diesel e gasolina disponíveis nas bombas.

Confira a seguir as mudanças anunciadas pela CSTT:

Alteração no Transporte Público de Juazeiro

Univasf suspende atividades acadêmicas e administrativas até quarta-feira (30)

(Foto: Arquivo)

Uma reunião realizada na tarde de hoje (28) terminou com a decisão de suspender as aulas na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) até quarta-feira (30). A medida também inclui as atividades administrativas e foi tomada devido à falta de combustível, ocasionada pela greve dos caminhoneiros.

As atividades serão suspensas a partir das 18h dessa segunda-feira, para todos os campi. No entanto a Univasf assegura que os trabalhos considerados essenciais serão mantidos nesses três dias e somente na sexta-feira (1º) será decidido o rumo da suspensão.

Confira a nota enviada pela Univasf:

LEIA MAIS

Crise do combustível: Prefeitura de Juazeiro decreta estado de emergência

(Foto: Ascom/PMJ)

Assim como as Prefeituras de Petrolina e Casa Nova, Juazeiro decretou na tarde dessa segunda-feira (28) estado de emergência em decorrência da falta de combustível na cidade. O prefeito Paulo Bonfim afirma que a administração pública funcionará com expediente de seis horas, das 7h às 13h, nesta terça-feira (29).

Os serviços de saúde foram mantidos, dessa forma o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde será das 7h às 13h e na zona rural o expediente foi suspenso.

Na rede municipal de ensino, as aulas voltarão a ocorrer normalmente, também na zona rural, tendo em vista que o transporte de estudantes e professores está mantido. Outros serviços essenciais, a exemplo da limpeza urbana e de segurança ocorrerão sem qualquer alteração.

Uauá: grupo de universitários interdita BR-235 m apoio à greve dos caminhoneiros

(Foto: Reprodução/Internet)

Desde às 14h estudantes universitários de Uauá interditaram a BR-235 em Uauá, bloqueando a ligação com Juazeiro. Segundo o grupo, a manifestação é para mostrar apoio aos caminhoneiros que estão em greve desde a última segunda-feira (21).

Em conversa com o Blog Waldiney Passos, os universitários afirmam que a iniciativa partiu de um pequeno grupo e ganhou apoio rapidamente. Com mais de três horas de manifestação eles estimam a participação de 200 pessoas na rodovia federal e não há previsão de o grupo se retirar do local.

Já os universitários de Juazeiro e Petrolina estão organizando para esta terça-feira (29) um grande ato, também em apoio aos grevistas. A concentração acontecerá às 16h30, na Prefeitura de Juazeiro e na Catedral de Petrolina.

1234