Homem é preso após rasgar rede de proteção usada para bloqueio na Orla de Petrolina

(Foto: Ascom/PMP)

Um homem foi flagrado cortando as redes de proteção usadas para bloquear o acesso de pedestres e ciclistas à Orla de Petrolina. O ato de vandalismo cometido nesta terça-feira (14) foi identificado pela equipe do Corpo de Bombeiros que, de imediato, acionou a Guarda Civil Municipal (GCM). Ele foi conduzido para delegacia da Polícia Civil para adoção das medidas legais cabíveis.

Durante a ocorrência, o homem afirmou para a GCM que as redes estavam atrapalhando seu caminho, visto que estava de bicicleta. As telas de proteção foram instaladas em diversos pontos da Orla no último domingo (12). O objetivo foi conscientizar o público acerca da não utilização do equipamento com finalidade de lazer ou prática de atividades físicas durante a vigência do último decreto municipal, que determina o distanciamento social para reduzir a curva de contaminação pela covid-19.

Depredar patrimônio público é crime e deve ser denunciado pela população. Quem presenciar atos de vandalismo como esse, pode acionar a Guarda Civil Municipal, no 153, ou a Polícia Militar, ligando para o 190.

Covid 19: Total de casos chega a 366 em Petrolina, Prefeitura divulga taxa de ocupação dos leitos na rede pública e privada

A Prefeitura de Petrolina realizou 210 testes rápidos nesta terça-feira (9), dando sequência à intensificação de testagens para detectar a covid-19 na cidade. Desse total, 6 deram positivos: 4 homens com idades entre 24 e 54 anos e 2 mulheres entre 46 e 49 anos. Também foram computados dois testes positivos analisados por laboratório privado. Os pacientes são 1 homem de 66 anos e 1 mulher de 38 – ambos em isolamento domiciliar.

Com esses 8 novos positivados, Petrolina chegou ao total de 366 casos do novo coronavírus. São 262 confirmações por testes rápidos da prefeitura e 104 casos diagnosticados através de exames laboratoriais. A boa notícia é que houve um aumento no número de curas clínicas. Do total de casos confirmados, 127 já estão recuperados. Óbitos somam dez.

SRAG

O boletim com casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) mostra que não houve alterações nas últimas 24 horas. São 88 casos em investigação e 30 já foram descartados. Confirmados somam 9 casos, além de um óbito.

Internamentos

Confira abaixo a taxa de ocupação dos leitos para a covid-19 na rede pública e privada de Petrolina.

Leitos públicos de UTI:

Hospital Universitário – HU (10 leitos exclusivos abertos pela prefeitura)

– 3 pacientes de Petrolina (2 confirmados e 1 descartado);

– 1 paciente de Jeremoabo-BA (em investigação).

*Taxa de ocupação: 40%

Hospital Dom Malan – HDM/Imip (5 leitos)

– Sem pacientes

*Taxa de ocupação: 0%

 Neurocardio: (5 leitos/SUS)

– 1 paciente de Petrolina (covid-19 descartado);

– 2 pacientes da Bahia (1 descartado e 1 em investigação);

– 2 pacientes de Lagoa Grande (1 confirmado e 1 em investigação)

*Taxa de ocupação: 100%

Leitos privados de UTI

UNIMED

– 3 pacientes de Petrolina internados (2 em investigação e 1 confirmado);

– 1 paciente de Juazeiro (confirmado);

Observação: A unidade abre leitos em área isolada de acordo com a necessidade.

Hospital Albert Sabin – Recife:

1 paciente de Petrolina (confirmado)

Leitos intermediários públicos:

Hospital de Campanha Monte Carmelo: (100 leitos)

– 3 pacientes internados (1 paciente aguardando resultado e 2 confirmados)

*Taxa de ocupação: 3%

Unidade de Pronto Atendimento-UPA (10 leitos)

– 2 pacientes de Petrolina (aguardando resultado)

*Taxa de ocupação: 20%

Hospital Dom Malan – HDM: (5 leitos)

– Sem internamentos

*Taxa de ocupação: 0%

Leitos intermediários privados:

Neurocardio

– 1 paciente de Petrolina (aguardando resultado);

– 1 paciente de Sobradinho-BA (aguardando resultado);

– 1 Paulo Afonso-BA (confirmado);

– 1 paciente de Petrolândia-PE (aguardando resultado).

Hospital Geral e Urgência – HGU

1- paciente de Juazeiro (em investigação);

UNIMED

– 2 pacientes de Petrolina (em investigação);

– 1 paciente de Salgueiro-PE (em investigação).

Lóssio não descarta retorno ao MDB

Lóssio pode retornar ao partido pelo qual foi eleito prefeito de Petrolina (Foto: Blog Waldiney Passos)

O futuro político de Julio Lóssio, ex-prefeito de Petrolina e candidato a governador de Pernambuco em 2018 é uma incógnita. Ele foi filiado na Rede Sustentabilidade, mas acabou expulso durante a campanha de outubro passado e agora deve deve retornar ao MDB.

LEIA TAMBÉM:

Após candidatura a governador, Lóssio não descarta pleito de 2020 em Petrolina: “Eu vou estar no jogo”

“Essa questão de partido pra mim é muito pouco relevante. Eu não conheço mais ninguém que votou em partido, você acha que alguém votou no PSL? Não, votou em Bolsonaro. Tenho recebido alguns convites, tenho conversado com algumas pessoas. Só vou começar a avançar nessas conversas a partir de janeiro, fevereiro“, disse.

O MDB em Petrolina pertence ao reduto político do ex-prefeito, cujo presidente da executiva municipal é de Paulo Valgueiro, aliado de Lóssio, o que facilitaria seu ingresso na sigla. “O MDB é nosso em Petrolina, [a diretoria] municipal é de Paulo Valgueiro, a executiva agora foi renovada”, destacou.

Após expulsão de Júlio Lossio, REDE Pernambuco indica voto em Dani Portela do PSOL

REDE decidiu apoiar Dani Portela após expulsão de Lossio. (Foto: Arquivo)

A Executiva Estadual da REDE Pernambuco decidiu apoiar, no primeiro turno, a candidata ao governo Dani Portela do PSOL. O posicionamento acontece após a expulsão do ex-candidato ao governo Júlio Lossio, segundo o próprio partido, pela Executiva Nacional por infidelidade partidária. No entanto, Lossio ainda disputa as eleições, porque entrou com recurso no Tribunal Regional Eleitoral.

LEIA TAMBÉM

Júlio Lossio é expulso por unanimidade da Rede após infidelidade partidária

Em nota, Lossio classifica expulsão da Rede como “manifestação opressiva e antidemocrática”

“A Rede Sustentabilidade/Pernambuco, no primeiro turno da eleição para governador, indica aos seus candidatos, filiados, simpatizantes e eleitores, o voto na candidata Dani Portela (PSOL), face ao seu compromisso com um projeto de desenvolvimento sustentável para Pernambuco e para o Brasil que contempla as minorias e a riqueza da diversidade, bem como sua luta por um mundo politicamente democrático e socialmente justo”, diz parte da resolução da REDE.

Confira a resolução na íntegra

LEIA MAIS

Em nota, Lossio classifica expulsão da Rede como “manifestação opressiva e antidemocrática”

Para o ex-prefeito de Petrolina, a Rede decidiu pela sua expulsão “sem nenhum respeito a essas sagradas garantias constitucionais”.

Expulso da Rede Sustentabilidade na noite desta sexta-feira (21) por infidelidade partidária, o candidato ao governo do Estado, Júlio Lossio, emitiu uma nota por meio de suas redes sociais, na qual classificou a decisão do partido como uma “manifestação opressiva e antidemocrática”.

Lossio foi expulso pela Executiva Nacional do partido por unanimidade após formar aliança com o candidato a deputado federal Coronel Meira (PRP) e Gilson Machado Neto (PSL), ambos apoiadores da candidatura à Presidência da República de Jair Bolsonaro (PSL).

LEIA TAMBÉM

Acusado de infidelidade partidária, Lóssio ganha mais 24h para se defender

Após aliança com apoiador de Bolsonaro, Lóssio pode ser expulso da Rede por infidelidade partidária

Júlio Lossio é expulso por unanimidade da Rede após infidelidade partidária

Para o ex-prefeito de Petrolina, a Rede decidiu pela sua expulsão “sem nenhum respeito a essas sagradas garantias constitucionais”. Ainda de acordo com Lossio, “os partidos políticos não podem pregar a democracia da ‘porta pra fora’ e funcionar com uma ditadura da ‘porta pra dentro’”.

Júlio garantiu que a campanha continuará “até a decisão da Justiça Eleitoral, quem efetivamente tem competência para dar a palavra final sobre o tema e deliberar sobre eventual pedido de cancelamento de registro de candidatura”.

Confira a íntegra da nota

“NOTA DE ESCLARECIMENTO – A CAMPANHA CONTINUA

Apesar de ainda não ter sido notificado da decisão, em relação à publicação feita no site da REDE Sustentabilidade, venho esclarecer:

A legislação garante que um filiado a partido político somente pode ser expulso por processo disciplinar em que sejam garantidos o contraditório, a ampla defesa e o devido processo legal.

LEIA MAIS

Júlio Lossio é expulso por unanimidade da Rede após infidelidade partidária

Bolsonaro aparece no lugar de Marina em banner da campanha de Lossio. (Foto: Raquel Elblaus)

Na noite dessa sexta-feira (21), o candidato ao governo de Pernambuco, Júlio Lossio, foi expulso da Rede Sustentabilidade após o ex-prefeito de Petrolina formar aliança com o candidato a deputado federal Coronel Meira (PRP) e Gilson Machado Neto (PSL), ambos apoiadores da candidatura à Presidência da República de Jair Bolsonaro (PSL).

A decisão da Executiva Nacional foi unânime. Dos 25 integrantes, 21 participaram da votação e todos votaram pela expulsão de Lossio. O partido irá pedir à Justiça Eleitoral o cancelamento do registro da sua candidatura.

LEIA TAMBÉM

Acusado de infidelidade partidária, Lóssio ganha mais 24h para se defender

Após aliança com apoiador de Bolsonaro, Lóssio pode ser expulso da Rede por infidelidade partidária

Segundo o JCOnline, Júlio Lossio o afirmou que a sua campanha seguirá normalmente até a decisão da justiça e ressaltou, por meio de nota, que um filiado só poderia ser expulso do partido a partir da instauração de um processo disciplinar “em que sejam garantidos o contraditório, a ampla defesa e o devido processo legal”. Ele classificou a decisão tomada pela Executiva Nacional como “opressiva e antidemocrática” e sem respeito as suas garantias constitucionais.

Problema de falta d’água em bairro de Santana do Sobrado é resolvido

Diretora do SAAE observa caixas d’água comunitárias que serão desativadas.

O prefeito de Casa Nova (BA), Wilker Torres, a diretora do Serviço de Água e Saneamento Ambiental (SAAE), Dagmar Nogueira, e técnicos da instituição, estiveram nas ruas do bairro São Miguel, em Santana do Sobrado (BA) para acompanhar a chegada dos materiais para o início das obras de implantação de uma rede de distribuição de água que irá solucionar definitivamente o problema da falta de água na comunidade.

Os moradores do bairro sofriam com a falta de água e com o abastecimento irregular, dependente de bombas para se ter água nas caixas. De acordo com o projeto elaborado pelo SAAE e aprovado pelo prefeito Wilker Torres, a nova rede será integrada a anéis, possibilitando abastecimento ininterrupto, ramais e ligações que levarão água a todas as casas.

“Estou acompanhando de perto essa obra, inovadora, que vai trazer água para os moradores do bairro São Miguel. É uma reivindicação da comunidade, justa e urgente, que estamos atendendo. É nosso respeito à vontade das comunidades. Nosso objetivo é equiparar, em progresso, oportunidades de escola, saúde e segurança, os moradores de todos os distritos de Casa Nova aos moradores da cidade. Ainda falta muito, mas chegaremos lá”, disse Wilker Torres.

A nova rede, com obras de escavação e implantação sendo iniciadas, utilizará 2.160 metros de canos, de 50mm e 75mm, um anel de interligação e contemplará ligações domiciliares em todas as casas do bairro.

Em ritmo de pré-campanha, Julio Lóssio visita Cabo de Santo Agostinho

(Foto: Divulgação)

Pré-candidato a governador de Pernambuco pela Rede Sustentabilidade (Rede), o ex-prefeito de Petrolina, Julio Lóssio está correndo trecho atrás de apoio para as eleições de outubro. Nessa segunda-feira (7) Lóssio visitou o município de Cabo de Santo Agostinho ao lado do seu filho, Julinho.

Recife também foi incluída na agenda de compromissos do pré-candidato, lá Lóssio deve se encontrar durante a noite com Túlio Gadêlha, militante do PDT e namorado da apresentadora Fátima Bernardes, onde fará uma transmissão ao vivo em suas redes sociais para conversar sobre suas propostas de campanha.

Lóssio anunciou sua pré-candidatura ao Governo do Estado em janeiro desse ano, durante uma cerimônia acompanhada pela presidente do partida, Marina Silva, que possivelmente disputará as eleições de outubro para assumir a Presidência da República.

Pré-candidato ao Governo do Estado, Lóssio afirma que segurança pública será principal tema das eleições em Pernambuco

(Foto: Arquivo)

O ex-prefeito de Petrolina, Julio Lóssio confirmou sua pré-candidatura ao Governo de Pernambuco pela REDE, contrariando o que a maioria esperava. Em entrevista à Rádio Jornal Petrolina, ele explicou a decisão. “Não me sinto vocacionado para o Legislativo, muita gente achava que eu podia disputar uma vaga de deputado, mas eu não me sinto vocacionado para isso”, ressaltou.

LEIA TAMBÉM: 

“Está dependendo dela”, afirma Júlio Lossio sobre pré-candidatura de Andreia a deputada estadual

Júlio Lossio afirma estar tranquilo quanto à votação de suas contas na Câmara Municipal de Petrolina

Candidato por uma sigla pequena – essa é a primeira eleição do partido – Lóssio disse que a segurança pública será o principal tema na campanha eleitoral a Governador. “Pernambuco fechou o ano passado com mais de 5.400 homicídios. Isso mostra a quebra do Pacto pela Vida, ele se desestruturou e nós pensamos que devem ter ações a curto, médio e longo prazo”, destacou o ex-prefeito.

LEIA MAIS

“Está dependendo dela”, afirma Júlio Lossio sobre pré-candidatura de Andreia a deputada estadual

Ex-primeira dama pode concorrer a vaga na Alepe (Foto: Reprodução/Internet)

Contrariando o que muitos imaginavam, Júlio Lóssio anunciou sua pré-candidatura ao Governo de Pernambuco pela Rede Sustentabilidade (REDE). O filho do ex-gestor municipal, Júlio Lóssio Filho despontava como um nome para as eleições de 2018, mas segundo o pai, quem deve concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) é Andreia Lossio.

Segundo Júlio Lóssio, a REDE convidou Andreia primeiramente para uma candidatura a deputada federal, mas a ex-primeira dama está analisando a proposta para a Alepe.

A nossa porta-voz feminina fez o convite a Andreia para que ela pudesse disputar um mandato na Câmara Federal, mas Andreia não tem aptidão para viver em Brasília, acha muito longe e nós estamos discutindo a possibilidade dela ser candidata a deputada estadual. Ela pode ser candidata estadual, está dependendo dela agora“, disse o ex-prefeito em entrevista ao programa Super Manhã, da Rádio Jornal Petrolina.

Mesmo sem a esposa anunciar sua decisão, Júlio Lóssio já adiantou o apoio que ela terá dentro da sigla. “Nós estamos agora só dependendo o ‘OK’ dela, para que a gente possa dar nosso apoio e ela terá o apoio inteiro, total“, afirmou.

De acordo com o ex-prefeito, a REDE pode sair com dois candidatos estaduais, que podem ser da cidade: Andreia Lóssio e Gabriel Menezes, hoje filiado ao PSL e atual vereador de Petrolina.

Após filiação a REDE, Julio Lóssio corre trecho em Pernambuco

(Foto: Reprodução/Julio Lóssio)

Pré-candidato ao Governo do Estado, o ex-prefeito de Petrolina, Julio Lóssio visitou algumas cidades de Pernambuco, em busca de apoio político. No final de semana Lóssio aproveitou a estadia no Recife e conheceu o trabalho da Comunidade Católica Boa Nova.

No sábado (24), o ex-prefeito visitou a cidade de Cabo de Santo Agostinho, onde participou de um debate promovido pela REDE, sobre o Racismo Institucionalizado.

O ato de filiação de Lóssio a REDE aconteceu na quinta-feira (22), com a presença da líder do partido e presidenciável, Marina Silva. O ex-prefeito retornou a Petrolina no começo dessa semana.

Julio Lóssio recepciona Marina Silva antes da cerimônia de filiação a REDE

O ex-prefeito de Petrolina, Julio Lóssio já está no Recife, onde nessa quinta-feira (22), concretiza sua filiação a Rede Sustentabilidade (REDE). Antes da cerimônia, Lóssio foi até o Aeroporto Internacional do Recife, recepcionar a pré-candidata à Presidência da República e líder do partido, Marina Silva.

Lóssio já havia anunciado na terça-feira (20) que Marina compareceria ao ato de filiação do pré-candidato ao Governo do Estado. Por meio de suas redes sociais, Lóssio publicou imagens do encontro com a ex-senadora.

“Recepcionando nossa pré-candidata a Presidente da República, Marina Silva, juntamente com o amigo e coordenador da Rede Sustentabilidade em Pernambuco, Roberto Leandro. Aguardamos todos vocês, logo mais às 18h30, para nossa filiação à REDE18 e confirmação da nossa pré-candidatura ao Governo do Estado! Vamos juntos!” escreveu o ex-prefeito de Petrolina nas redes sociais.

A filiação de Lóssio acontece no Recife Praia Hotel, logo mais às 18h30.

Ao lado de Marina Silva, Julio Lóssio confirma pré-candidatura ao Governo de Pernambuco

Lóssio anunciou pré-candidatura por sua conta pessoal no Instagram (Foto: Reprodução)

O ex-prefeito de Petrolina, Julio Lóssio confirmou na tarde de hoje (25) sua pré-candidatura ao Governo de Pernambuco pela Rede Sustentabilidade (REDE). Ao lado da presidenciável em 2018 e ex-senadora Marina Silva, Julio fez o anúncio por meio das suas redes sociais e revelou estar animado para sua nova caminhada, na busca por “construir um alternativas para o Brasil e o estado”.

Confira a íntegra da mensagem postada por Lóssio em sua conta oficial no Instagram:

Pessoal, tenho uma notícia muito boa pra compartilhar com vocês!! Hoje estive com Marina Silva e confirmamos a nossa pré-candidatura ao Governo de Pernambuco pela REDE. Estou muito animado para essa caminhada e quero contar com todos vocês nessa grande luta que teremos pela frente! Estaremos, juntos com Marina, buscando construir uma alternativa para o Brasil e para Pernambuco! Vamos Juntos! O BRASIL E PERNAMBUCO PODEM MAIS! 

Júlio Lossio faz encontro com membros da Rede

A Rede Sustentabilidade realizará um debate sobre educação e Sustentabilidade com o ex-prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio. O evento ocorrerá nesta quinta-feira (18), às 19 horas, no auditório do Empresarial ETC, no bairro dos Aflitos, no Recife. Esta será a primeira atividade que o ex-prefeito terá com a militância da REDE, desde que iniciou conversações com o partido para uma provável filiação, com o objetivo de se candidatar ao Governo de Pernambuco nas eleições deste ano.

De acordo com Clécio Araújo, porta voz estadual da REDE em Pernambuco, o debate será uma oportunidade para a militância e o público em geral conhecer as ideias e propostas do pré-candidato, que criou o movimento denominado “Pernambuco Pode Mais” e tem percorrido diversos municípios do estado, debatendo com a população problemas e soluções relacionados à segurança, educação, saúde, emprego e outros temas de interesse social.

Júlio Lóssio é médico oftalmologista e está licenciado do PMDB. Foi prefeito de Petrolina, por duas vezes, mas foi derrotado pelo grupo do senador Fernando Bezerra Coelho na última eleição municipal, não conseguindo eleger seu sucessor. “A REDE decidiu sair do Governo Paulo Câmara e lançar chapa própria ao Governo do Estado e ao Senado Federal, para fortalecer a pré-candidatura de Marina Silva à Presidência da República e para debater com a sociedade a construção de um projeto de desenvolvimento sustentável, para Pernambuco e para o Brasil.

E Julio Lossio?

 

O pesadelo vivido pelo ex-prefeito de Petrolina Julio Lossio desde que perdeu a eleição para o atual prefeito Miguel Coelho, já que não conseguiu eleger o seu sucessor, Edinaldo Lima, parece mesmo não ter fim. Após o golpe sofrido em 2016, Lossio está tendo que engolir agora mais uma vitória do grupo liderado pelo senador Fernando Bezerra Coelho, que deve assumir mesmo o comando do PMDB  em Pernambuco.

Ao ex-gestor só restaram duas opções: ou se render à liderança de FBC ou pular fora da legenda, perece que a segunda opção foi a escolhida na tentativa de minimizar o vexame.

Informações dão conta que o destino de Lossio agora seria a Rede Sustentabilidade, mas, apesar de colocar o seu nome para se candidatar ao Governo de Pernambuco nas eleições deste ano pela legenda, sua filiação não está sendo bem avaliada pela direção do partido em Petrolina. Comenta-se nos bastidores que os integrantes da legenda estão insatisfeitos, pois o partido foi um dos que apoiaram Miguel Coelho em 2016 e, portanto, participa do governo municipal.

E mais, quando a Câmara Municipal voltar do recesso, os vereadores devem votar as contas do ex-prefeito referente ao ano de 2010, que já teve parecer da Comissão de Finanças e Orçamento da Casa Legislativa pela reprovação. O relator Aero Cruz (PSB) e o secretário Osinaldo Souza (PTB), que compõem a comissão, votaram a favor da reprovação das contas do ex-gestor.

Se as contas foram realmente rejeitadas pelo legislativo, Julio Lossio ficará inelegível por 8 anos, caindo por terra então o seu sonho de voltar a exercer um mandato eletivo neste período.

12