Potós: confira as orientações do CCZ de Petrolina

Como se prevenir e evitar queimaduras

No começo do mês foram as abelhas. Agora, a bola da vez em Petrolina são os potós. O pequeno inseto tem tirado o sossego de muitos moradores. Justamente por isso o Blog Waldiney Passos preparou uma matéria com o objetivo de tirar dúvidas acerca desse bichinho.

Em primeiro lugar, o potó sempre existiu. “Nesse ano a gente percebeu maior porque o período foi mais abrangente. A gente tem recebido muitas ligações das pessoas buscando informações. Ele provoca uma queimadura, muitas vezes pode acontecer dessa queimadura ser de segundo grau. [No geral] não causa um dano tão grande”, explica a coordenadora do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Petrolina, Graziella Vasconcellos durante entrevista no programa Repercutindo com Daniel Campos, na Rádio Jornal Petrolina.

Assim como na questão das abelhas, a maior presença dos potós se dá por resultado da ação humana. “A gente sabe que o processo de urbanização favorece tudo isso. Cada vez mais a gente está chegando aos locais onde estão os animais“, pontua.

LEIA MAIS

Lóssio confirma reunião com Paulo Câmara e cita possível candidatura de Andrea Lóssio à Prefeitura

Oposição deve se unir nessa eleição

Desde a visita do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) a Petrolina no último sábado (25), o nome de Julio Lóssio (PSD) voltou a ter destaque no grupo da Oposição local. E uma reunião pode definir um possível apoio ao ex-prefeito na corrida eleitoral de 2020.

LEIA TAMBÉM

Paulo Câmara e Julio Lossio desconversam sobre apoio a pré-candidatura do PSD em Petrolina

“Nós temos uma agenda pré-programada para acontecer dessa semana para a outra. Estou só aguardando Lucas me confirmar isso“, disse ao programa Repercutindo com Daniel Campos, na Rádio Jornal Petrolina, nessa quarta-feira (29).

Ex-primeira dama candidata?

Lóssio também deixou claro que, caso sua esposa e candidata a deputada estadual em 2018, Andrea Lóssio estiver disposta a concorrer à Prefeitura, ele abriria mão de se colocar na disputa. “É um nome que se a gente conseguisse convencê-la, eu abriria mão dessa minha possibilidade para que ela pudesse disputar essa eleição. Se ela quisesse, eu não teria nenhuma dificuldade de abrir mão e e apoiá-la de corpo e alma“, afirmou.

Saiba o que fazer em caso de acidentes com aranhas

Aranha chamou atenção após postagem nas redes sociais

A aparição de uma aranha vermelha e preta está assustando os petrolinenses. Tudo começou nos grupos de WhatsApp, onde circulou um áudio relatando uma picada sofrida por um morador de um condomínio no bairro Jatobá. Porém, de acordo com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Petrolina, não há motivo para pânico.

“Pela foto é da família da viúva-negra. Essa é uma aranha de ocorrência no Nordeste, por ter essa coloração, ela não é das aranhas que a gente tem registro de acidentes, ela é de menor importância médica“, afirma a coordenadora do CCZ, Graziella Correia no programa Repercutindo com Daniel Campos, na Rádio Jornal Petrolina.

Fique atento

O Blog Waldiney Passos procurou a Secretaria de Saúde do município, que repassou algumas orientações a fim de acalmar os petrolinenses. A principal delas é estar atento ao tipo de aranha. “Os gêneros de importância em saúde pública no Brasil são a aranha-marrom (Loxosceles), aranha-armadeira ou macaca (Phoneutria) e viúva-negra (Latrodectus)“, explica a pasta.

LEIA MAIS

Mãe contesta fala de Marcos Bacelar e critica órgãos da Justiça de Petrolina

Mãe do garoto questiona juiz

Após a participação do juiz da Vara da Infância e Juventude, Marcos Bacelar, foi a vez de Tânia Coelho, mãe do garoto João Pedro Rodrigues Coelho. No programa Repercutindo com Daniel Campos, na Rádio Jornal Petrolina, a mãe contestou a fala do magistrado.

LEIA TAMBÉM

Marcos Bacelar comenta caso de criança com alergia a leite de vaca e nega ter tornado mãe ré na Justiça

“Ele tem alergia em grave altíssimo, tem exames que sinalizam que ele possa ter nascido com uma síndrome. O plano de saúde juntou médicos para desdiagnosticar a questão da alergia que era grave, ninguém do plano nunca quis diagnosticar o câncer. Todos, juízes, promotores e médicos, sabem que João Pedro tem um câncer. O doutor Marcos falou pra mim que o caso do meu filho só Deus resolveria“, disse Tânia.

LEIA MAIS

Gabriel Menezes desmente aproximação com PT e confirma presença no pleito de outubro

Vereador desmente aproximação com PT (Foto: Blog Waldiney Passos)

Por um tempo especulou-se a saída de Gabriel Menezes do PSL, ex-partido de Jair Bolsonaro. Hoje (7) durante uma entrevista no programa Repercutindo com Daniel Campos, na Rádio Jornal Petrolina, o vereador confirmou que continua no partido e foi além: confirmou que estará na disputa pela Prefeitura em outubro.

“Continuo no PSL, nos próximos dias teremos a nomeação da nova Diretoria no âmbito local. O PSL defende candidatura própria e estamos trabalhando no nosso grupo para elegermos três ou quatro vereadores, renovando as cadeiras do Legislativo Municipal a partir de 2021“, afirmou.

Respeito por Cristina, mas sem aliança

Na noite de quinta-feira (6) o edil esteve com a colega da Oposição, Cristina Costa (PT) cumprindo agenda na Casa Plínio Amorim. Isso deu início a um ruído, acerca de uma possível aliança entre PSL e PT, fato desmentido por ele. “Não existe qualquer conversa nesse sentido, o que houve ontem foi o entendimento entre dois bons amigos, colegas de legislatura, onde há um respeito mútuo muito grande. Torço para que Cristina sempre tenha êxito, Petrolina conhece o seu trabalho. A gente democraticamente também vai oferecer o nosso nome no pleito de 2020″, ressaltou.

Eleições 2020

Para quem não se recorda, Gabriel está em seu primeiro mandato na Câmara de Vereadores e é contrário à reeleição. Sendo assim, não estando na disputa por uma vaga no Legislativo, ele seguirá rumo à Prefeitura de Petrolina. Em 2018 ele tentou uma cadeira na Assembleia Legislativa de Pernambuco, sem sucesso.

Taxista é assaltado em Petrolina e presidente da categoria cobra mais segurança

Taxista foi assaltado, mas passa bem (Foto: Reprodução/WhatsApp)

Mais um taxista de Petrolina foi vítima de criminosos. O caso mais recente foi registrado na tarde de quarta-feira (8), quando o motorista foi acionado por dois homens para fazer uma corrida do River Shopping ao bairro Henrique Leite, mas durante o percurso a dupla anunciou o assalto.

Eles estavam armados com uma faca e levaram a chave do carro, celulares, um aparelho GPS, além de dinheiro da vítima. Contudo, com ajuda do localizador do celular, a dupla foi localizada em uma residência no próprio Henrique Leite.

Grupo se mobiliza para ajudar colega

Mobilizados em grupo, os taxistas encontraram a dupla escondida e detiveram os dois homens até a chegada da polícia. Hoje (9) o presidente da Associação dos Taxistas de Petrolina, Janicley Lubarino comentou que o colega de profissão teve sorte.

“A faca era grande, não era uma faquinha pequeninha não. Esse problema dos táxis é de muito tempo, nós estamos recebendo ligações de parentes e amigos preocupados [com a nossa segurança] e a gente quer mais segurança“, disse no programa Repercutindo com Daniel Campos, na Rádio Jornal Petrolina.

Gerente regional da Compesa explica problema em Petrolina; Armup acompanha situação

Petrolinenses estão sem água desde ontem (Foto: Reprodução/Google Maps)

A dor de cabeça enfrentada pelos petrolinenses desde o feriado de Natal deve chegar ao fim na noite dessa quinta-feira (26), quando a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) deve finalizar a troca de um cabo responsável por provocar um curto-circuito na estação da Companhia.

LEIA TAMBÉM:

Abastecimento somente será normalizado ao final da tarde, afirma Compesa

Hoje durante o programa Repercutindo com Daniel Campos, na Rádio Jornal, o gerente regional da Compesa, João Raphael de Queiroz explicou o que provocou o desabastecimento da cidade. “Esse problema aconteceu na madrugada da quarta-feira, no dia do Natal. Houve um curto-circuito, a Compesa compra energia à Celpe em alta tensão, nós transformamos para a tensão que a gente precisa, para alimentar nossos motores. Essa alimentação dentro da nossa unidade entrou em curto-circuito”, disse.

LEIA MAIS

Coronel Leite descarta disputar eleições em 2020: “Não sou pré-candidato”

Coronel Leite é presidente do PSL em Petrolina (Foto: Blog Waldiney Passos)

Hoje no comando do PSL de Petrolina, o coronel Heitor Leite descartou interesse em disputar as eleições municipais em 2020. Para o ex-secretário no governo de Julio Lóssio e atual aliado de Miguel Coelho, não seria justo ele como liderança da sigla tomar a vaga de alguém que tem direito legítimo de estar no pleito.

“Não sou pré-candidato, não coloquei minha pré-candidatura. Acho que na condição de responsável pelo partido tenho que conciliar e buscar nomes. Se eu tomar essa posição hoje, possa ser mau interpretada como presidente do partido querer ser candidato”, afirmou.

Durante entrevista ao radialista Daniel Campos no programa Repercutindo, na Rádio Jornal Petrolina nessa quarta-feira (16) ele ainda disse que a possibilidade de estar na corrida de 2020 não estava nos seus planos. “Não estivesse eu nessa condição, talvez pudesse dizer se sou candidato ou não“, acrescentou.

Para ele, tudo indica que o pleito de 2020 a disputa para assumir a Prefeitura de Petrolina deve ser resolvida apenas no segundo turno. “Temos as indicações de que caminharemos para segundo turno, tudo pode acontecer. Pode ser que aconteça uma candidatura nova que possa captar eleitores e vencer“, concluiu.

Humberto Costa comenta recusa de Lula sobre semiaberto e afirma: “O tempo inteiro houve um tratamento diferenciado”

(Foto: Arquivo)

Alegando que são falsas as acusações contra ele, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que não aceitará as condições do Ministério Público Federal (MPF) e recusou ir para o regime semiaberto. Uma das principais lideranças do PT, o senador pernambucano Humberto Costa concorda com Lula.

Costa participou por telefone do programa Repercutindo, com Daniel Campos na Rádio Jornal Petrolina e afirmou que o processo contra Lula foi marcado “o tempo inteiro houve um tratamento diferenciado”, fazendo menção aos vazamentos os quais apontam que a Operação Lava-Jato foi tendenciosa contra o petista.

LEIA TAMBÉM:

Bolsonaro comenta progressão para semiaberto de Lula: “Quer ficar, fica”

Força-tarefa da Operação Lava Jato pede regime semiaberto para Lula

“Havia uma decisão da Lava-Jato de tentar de todos os meios perseguir e prender o presidente Lula. Houve um processo de perseguição política, mascarado com essas ações judiciais”, explicou o senador.

Assim como fez nas ocasiões anteriores, Costa apoiou Lula e se disse esperançoso sobre uma anulação da sentença contra o ex-presidente. “A cada dia que se passa, mostra claramente que houve uma ação parcial articulada entre o Ministério Público e o ex-juiz Sérgio Moro e motiva, em qualquer processo, a nulidade. Tenho a expectativa positiva de que o Supremo vai resgatar o papel da Justiça no Brasil, vai regular o processo todo contra Lula e ele poderá ser julgado de uma maneira correta, justa e dentro do que a Constituição prevê”, finalizou.

Presidente estadual do PSL não descarta candidatura majoritária em Petrolina: “No tempo certo a gente vai dizer”

Nome de Gabriel Menezes não foi descartado pelo partido em 2020  (Foto: Blog Waldiney Passos)

Partido do presidente da República, Jair Bolsonaro, o PSL quer ter força também nos municípios. Foi o que afirmou o presidente da sigla em Pernambuco, Marcos Amaral. De acordo com o mandatário no Estado, a meta imposta para 2020 é ter o maior número possível de candidaturas.

“A intenção do PSL é hoje ter o maior número possível de candidaturas majoritárias que puder ter. Não é o município, é ter o maior número de candidaturas. Está decidido pelo presidente nacional do partido“, disse em entrevista ao programa Repercutindo, com Daniel Campos na Rádio Jornal Petrolina de terça-feira (2).

A postura de ter várias candidaturas no pleito municipal do próximo ano, segundo Amaral, vem como consequência da força do PSL na eleição de 2018. Contudo, aqui em Pernambuco serão analisados o contexto de cada cidade, em especial, Petrolina.

LEIA MAIS