Visita de Bolsonaro a Petrolina deve ser marcada por manifestações pró e contra presidente

(Foto: Internet)

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL) desembarcará em Petrolina no começo da tarde e deve ser recepcionado com manifestações favoráveis e contrárias a sua vinda. Durante a sessão de quinta-feira (23) na Câmara de Vereadores o Blog conversou com manifestantes os quais acompanhavam a votação do Título de Cidadão Petrolinese a Bolsonaro, que explicaram como será a agenda de hoje (24).

Apoiadores devem fazer recepção no Aeroporto

Segundo Everaldo de Almeida, que acompanhava a votação do Título, haverá uma recepção ao presidente ainda no Aeroporto de Petrolina. “Os grupos estão organizando um encontro no Aeroporto ao meio dia, ainda não sei a agenda oficialmente dele, mas a princípio essa recepção está mantida para o Aeroporto”, destacou.

Opositores também programam ato 

Representante do DA de Artes Visuais da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Bruno de Melo explicou que movimentos sociais e estudantis estão mobilizados para um protesto contrário ao presidente. “A gente está se organizando para fazer essa recepção às avessas, para que ele nunca mais volte e pise mais”, afirmou.

Título de Cidadão Petrolinense

Sobre o projeto de Decreto Legislativo o qual propunha a entrega do Título de Cidadão Petrolinense a Bolsonaro, os dois entrevistados divergiram. Segundo Bruno a matéria é inconstitucional já que a lei municipal é clara: “Não tem nenhuma justificativa, uma pessoa para receber esse título ela precisa ter serviço prestado [à cidade]”, ressaltou o estudante.

Já Everaldo não vê motivo para polêmica em torno do Título. “Não vejo problema, Petrolina não elege presidente. Quem elege presidente é o Brasil todo, não vejo lógica de protestar que um presidente não receba um Título”, finalizou.

Agenda oficial ao lado de Paulo Câmara

Bolsonaro desembarca nessa sexta primeiramente no Recife e também deve ser recepcionado com protestos. Às 10h ele terá uma reunião com governadores do Nordeste e pela tarde cumpre agenda aqui na cidade, no bairro Antônio Cassimiro. Essa é a primeira visita oficial do presidente à região e Petrolina é a primeira do Sertão a recebê-lo.

A novidade é que o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB) também estará na cidade. Ele virá no mesmo avião que Bolsonaro para a cerimônia de inauguração às 14h30 do Residencial Morada Nova.

Deixe uma resposta