Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Após levantar bandeira contra reeleição e não se eleger como deputado, Gabriel Menezes deve passar período sem cargo eletivo

Campanha foi lançada pelo vereador em 2017. (Foto: Reprodução)

Após Gabriel Menezes (PSL) se candidatar a uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) nas eleições deste ano e não conseguir sucesso – o parlamentar obteve 14.633 votos –, é provável que o vereador de Petrolina (PE) passe um período longe de cargos eletivos.

Essa possibilidade se deve a uma campanha, lançada em setembro de 2017 por Gabriel, intitulada “não reeleja ninguém”. Na época, o vereador afirmou que o seu objetivo era conscientizar a população para a necessidade da renovação da política.

“Uma faxina geral, precisamos começar. Para ver se o nosso Brasil volta ainda a respirar. Trilhando um caminho novo, tendo à frente o nosso povo e alguém para confira”, disse em verso.

LEIA TAMBÉM

Gabriel Menezes abre mão de reeleição, alfineta vereadores que não têm profissão e propõe fim do voto a quem tem mandato

Gabriel Menezes lança campanha “Não Reeleja Ninguém”

Ao final do vídeo, que havia sido publicado em sua página do Facebook, o parlamentar afirma que esse seria seu primeiro e único mandato de vereador pela cidade.

Como não deve participar do pleito para o Legislativo Municipal em 2020, já que não é a favor da reeleição, é possível que Gabriel aguarde até 2022 para que possa tentar novamente se eleger deputado estadual.

Relembre o que disse o vereador em vídeo

Representantes da Casa Plínio Amorim ficam de fora da Alepe

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Os quatro vereadores de Petrolina que tentaram a sorte nas eleições de 2018 como candidatos a deputado estadual não conseguiram uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Gabriel Menezes (PSL) foi o pleiteante mais votado, com 14.633 votos, ocupando a 82ª colocação em todo Estado.

Cristina Costa (PT) que se licenciou da Câmara de Vereadores de Petrolina para se dedicar à sua campanha terminou o pleito com expressivos 11.707 votos, ocupando a 96ª colocação. “Quero agradecer, fizemos a nossa parte. Sempre conte comigo e continue contando com Cristina Costa”, disse a edil em vídeo publicado nas suas redes sociais na noite de domingo (7).

Cícero Freire (PR) somou 1.634 votos, ficando com a 194ª posição em Pernambuco. Osinaldo Souza (PTB) não teve seus 4.189 votos computados pela Justiça Eleitoral por pendências na documentação exigida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Todos os quatro edis foram eleitos como representantes municipais na eleição de 2016 e terminam seus mandatos em 2020. Cristina deve voltar à Casa Plínio Amorim nos próximos dias, voltando a ocupar sua cadeira que hoje está com Horácio Freire (PMN).

Associação de Surdos de Petrolina apresenta demandas da comunidade na Câmara de Vereadores de Petrolina

Na sessão de terça-feira (25) a Tribuna Livre foi cedida à Associação de Surdos de Petrolina (ASP), onde foram apresentadas as demandas do grupo e também as dificuldades enfrentadas pela comunidade surda no município. A participação da ASP veio na véspera do Dia Nacional do Surdo, comemorado nessa quarta-feira (26).

A presidente da ASP, Maria Helena Soares representou os membros da associação, com apoio da intérprete da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), Maria da Conceição Soares. “Nós estamos preocupados e muito tristes, porque nós enfrentamos muitos problemas em Petrolina no geral. Nas escolas, no passado já tivemos aqui uma proposta aprovada no PNE de escolas bilíngues e já faz três anos dessa aprovação”, destacou a presidente.

Maria Helena também fez um desabafo sobre a falta de acessibilidade no cinema de Petrolina. Na última semana um grupo de surdos foi ao Orient Cinemas, mas não pôde assistir ao filme escolhido porque a película legendada estava disponível somente no último horário da noite.

LEIA MAIS

Após pedido de CPI dos comissionados na Prefeitura, vereadores cobram investigação na Casa Plínio Amorim

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Apesar de o Requerimento nº 065/2018 do vereador Gabriel Menezes (PSL) ter sido rejeitado por 14×4 na sessão de terça-feira (11), a fiscalização diante os cargos comissionados em Petrolina deverá ganhar um novo capítulo. Isso porque Gilmar Santos (PT) e Ruy Wanderley (PSC) endossaram a reivindicação do colega de Casa Plínio Amorim e destacaram a importância de fazer uma apuração na Câmara.

LEIA TAMBÉM:

Requerimento sobre CPI dos Cargos Comissionados apresentado por Gabriel Menezes é rejeitado na Casa Plínio Amorim

Colega de oposição, Gilmar elogiou a iniciativa de Gabriel e pediu uma análise na Câmara de Vereadores para dar exemplo à gestão municipal. “Eu quero aprofundar esse debate, a gente precisa fazer alguma coisa com a Câmara Municipal. A gente tem que começar por aqui, o debate tem que ser aqui nessa Casa, fazer a mesma investigação nessa Casa”, destacou o edil.

LEIA MAIS

Requerimento sobre CPI dos Cargos Comissionados apresentado por Gabriel Menezes é rejeitado na Casa Plínio Amorim

Vereador solicitou informações sobre funcionários fantasmas dos últimos 20 anos (Foto: Blog Waldiney Passos)

Um dos pedidos apresentados na sessão dessa terça-feira (11) foi o Requerimento nº 065/2018 do vereador Gabriel Menezes (PSL), cuja cobrança é a criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar as nomeações de cargos comissionados na Prefeitura de Petrolina.

A solicitação do edil da oposição inclui nomeações durante os governos de Guilherme Coelho, Fernando Bezerra Coelho, Odacy Amorim, Júlio Lóssio e a atual gestão, de Miguel Coelho. No Requerimento, Gabriel busca investigar nomeações fantasmas e também saber o valor gasto com esses funcionários.

“Eu tava aguardando o momento certo. Não vou pedir as assinaturas como prevê o Regimento, estou propondo enfim e corajosamente, essa Comissão para investigar a farra dos cargos comissionados nos últimos 20 anos”, disse o vereador. Ainda segundo Gabriel, o pedido deu entrada em abril, mas ficou engavetado a seu pedido.

LEIA MAIS

Candidato a deputado estadual, Gabriel Menezes critica “coronelismo disfarçado” em Petrolina

Gabriel criticou grupos políticos da cidade (Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Gabriel Menezes (PSL) foi um dos edis a usar a Tribuna Live na sessão de quinta-feira (30) para falar da candidatura a deputado estadual. Ex-aliado de Júlio Lóssio, Gabriel mais uma vez se posicionou contra os grupos políticos da cidade.

“Quero dizer da felicidade de ter o meu nome registrado, oficializado como um dos candidatos a deputado estadual pelo Partido Social Liberal e puder apresentar o meu nome ao povo de Petrolina e do Sertão de Pernambuco e de não ter me curvado às vontade de nenhum dos medalhões da política local, porque quem tem que dizer se Gabriel Menezes é candidato não é prefeito, ex-prefeito ou senador não. Primeiramente é a permissão divina e depois é Gabriel Menezes querer ou não”, disse o vereador.

LEIA TAMBÉM:

Em discurso sobre democracia, Gabriel Menezes pede respeito a “vontade alheia”

Gabriel destacou o “coronelismo disfarçado” e criticou as candidaturas de esposas e filhos de políticos, no que ele chama de uma estratégia para concentrar o poder na mão das pessoas de sempre. “O poder nessa cidade ele não pode ser dividido. Está mais do que claro que vão trabalhar apenas para representar seus próprios interesses”, afirmou.

No começo do ano o nome de Gabriel foi um dos sondados para compor a campanha de Júlio Lóssio (Rede) ao Governo de Pernambuco. O ex-prefeito, entretanto, optou por lançar sua esposa, Andréa Lóssio (Rede) como pleiteante a uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

Em discurso sobre democracia, Gabriel Menezes pede respeito a “vontade alheia”

Vereador discursou sobre democracia (Foto: Blog Waldiney Passos)

Candidato a deputado estadual pelo PSL, partido do também presidenciável Jair Bolsonaro, o vereador Gabriel Menezes fez uso da Tribuna Livre na sessão de quinta-feira (30) para criticar o clima de intolerância entre os eleitores do seu candidato e dos seguidores de Luiz Inácio Lula da Silva.

LEIA TAMBÉM:

Osinaldo Souza usa Tribuna Livre para cobrar mais geração de emprego em Petrolina

Sem projetos na pauta, vereadores aprovam Indicações e Requerimentos colocados em votação na Casa Plínio Amorim

Gabriel é líder do partido na Casa Plínio Amorim e destacou o comportamento de algumas pessoas nas redes sociais. “Se você vai votar em Bolsonaro, o voto é seu. Se você pretende votar em Lula ou em qualquer outro candidato, o voto também é seu. Então exerça seu papel de cidadão, mas respeite a vontade alheia”, afirmou.

LEIA MAIS

Votação do projeto que regulamenta transporte via aplicativo divide opinião dos vereadores

Ronaldo Silva, relator da matéria questionou alguns pontos do projeto (Foto: Blog Waldiney Passos)

O modo como o Projeto de Lei do Executivo nº 40/2018 foi colocado em votação na sessão dessa terça-feira (28) gerou discussão entre Gabriel Menezes (PSL) e Osório Siqueira (PSB). Isso porque Osório, presidente da Câmara de Vereadores quis votar a matéria antes das emendas, mas Gabriel discordou.

“Sugiro que possamos discutir as emendas para depois discutir o projeto” disse o oposicionista. Osório discordou e rebateu que “será votado primeiro o projeto para depois analisar as emendas”, as quais são no total 19. A matéria trata da regulamentação de transporte via aplicativos, em especial, o Uber.

Ronaldo Silva (PSDB), relator do projeto falou após os dois colegas e esclareceu alguns pontos da matéria, citando a lei federal que determina a cada município a responsabilidade de regularizar esse tipo de transporte.

LEIA MAIS

Gabriel Menezes afirma que não se licenciará para disputar eleições e critica “fake news” 

Vereador se pronunciou hoje na Casa Plínio Amorim (Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Gabriel Menezes (PSL) colocou um ponto final no mistério sobre seu licenciamento da Casa Plínio Amorim. Na sessão dessa quinta-feira (23), o edil afirmou que não se afastará do seu mandato e criticou alguns membros da imprensa local.

“Enfim eu quero dizer que não mais me afastarei para a minha campanha, já estou em campanha. Não vou dar margem às fake news”, comentou o oposicionista. A fala de Gabriel foi direcionada a alguns veículos de comunicação que, segundo ele, não fazem um bom jornalismo e vivem de plantar a discórdia.

Menezes, que também é comunicador, rebateu as inverdades veiculadas na mídia. “Eu não sou refém desse tipo de gente, não vou chamar nem de profissional. Nós temos uma imprensa séria em Petrolina, meios de comunicação onde a população pode depositar sua total confiança. Mas infelizmente a tecnologia trouxe muitos avanços e também trouxe tanta tolice publicada”, criticou.

Sobre uma possível aliança com o grupo de Fernando Bezerra Coelho (MDB), Gabriel foi enfático: “Eu não tenho, não quero e faço questão de manter distância do grupo do senador Fernando Bezerra, do grupo do ex-prefeito Júlio Lóssio ou qualquer outro medalhão da política local”, finalizou.

Candidatos a deputado estadual e federal de Petrolina intensificam agenda no final de semana

A corrida até o mês de outubro vem se intensificando em Petrolina e municípios do Sertão pernambucano. No final de semana os pleiteantes a vagas na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e Câmara dos Deputados se reuniram buscando alianças políticas.

Candidato a deputado estadual, Antônio Coelho (DEM) se reuniu com lideranças do bairro Areia Branca. Seu irmão, o deputado federal Fernando Filho (DEM) também participou do encontro, que foi organizado pela vereadora Maria Elena (PRTB).

Já Andreia Lóssio, outra estreante na política começou sua campanha por Izacolândia. A ex-primeira dama esteve acompanhada do vereador Domingos de Cristália (PSL), fiel escudeiro de Júlio Lóssio.

Outro a correr trecho pelo interior foi o candidato a deputado federal pelo PSOL, Rosalvo Antônio. Ele se encontrou com eleitores de Barra Bonita, na divisa entre Santa Filomena e Dormentes.

Petrolina tem ainda nomes como os vereadores Gabriel Menezes (PSL) e Cristina Costa (PT), além de Lucinha Mota (PSOL) colocados na disputa como deputado estadual.

Gabriel Menezes cobra município para fazer recuperação na Estrada do Carroçal

Vereador Gabriel Menezes. (Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Gabriel Menezes (PSL) tinha apresentado a Indicação nº 906/2018 na sessão de terça-feira (14) solicitando à Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário a recuperação da estrada Carroçal, que liga os Núcleos 04 e 05 do Projeto Senador Nilo Coelho.

Apesar de ter retirado seu pedido da pauta para reformular a solicitação, o vereador que se afastará para disputar a eleição de outubro como deputado estadual comentou a necessidade de melhorias.

“Estive lá constatando a degradação, a situação de abandono. Uma estrada que dá acesso a tantas fazendas, tantos empregos. Inclusive o transporte inadequado dos trabalhadores. A situação são os prejuízos que os produtores estão levando”, destacou o edil.

Gabriel justificou a retirada do pedido para cobrar de maneira mais incisiva o município para que essas melhorias sejam feitas. “A gente não pode ficar calado diante de uma situação de tanto abandono”, finalizou.

Vice-presidente da Associação de Taxistas chama atenção para segurança de passageiros por falta de fiscalização de clandestinos

Taxistas já haviam se manifestado na frente da Prefeitura, cobrando votação da matéria (Foto: Blog Waldiney Passos)

Durante a sessão de terça-feira (14) na Casa Plínio Amorim, um grupo de taxistas levou as demandas da categoria até os edis. Naquele dia eles realizaram uma manifestação no Centro de Convenções, cobrando da Prefeitura de Petrolina uma atitude firme contra os motoristas clandestinos.

LEIA TAMBÉM:

Manifestação dos taxistas vai à Casa Plínio Amorim e recebe apoio dos vereadores

O vice-presidente da Associação de Taxistas de Petrolina (Astape), José Nildo conversou com o Blog e afirmou que a categoria é contra os clandestinos e não contra motoristas de aplicativos. Segundo Nildo, a Prefeitura vê a atuação dos irregulares e nada faz.

“O órgão até agora, a única coisa que ele diz é que não pode punir. Você liga para ele, ele te atende e de repente acontece algo fora do normal. Eles sabem que são clandestinos, mas você não sabe que ele é”, destaca o vice-presidente da Astape.

LEIA MAIS

Gabriel Menezes confirma nome para disputa na ALEPE

Vereador Gabriel Menezes – PSL. (Foto: Blog Waldiney Passos)

O vereador Gabriel Menezes (PSL) confirmou, durante convenção estadual do seu partido, seu nome para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (ALEPE). O evento aconteceu nesse final de semana em Recife, capital pernambucana.

Gabriel já havia feito um discurso em tom de despedida nas últimas sessões do primeiro semestre deste ano na Câmara Municipal de Petrolina. Na oportunidade, agradeceu aos companheiros de oposição.

Sobre a candidatura a deputado estadual, Gabriel disse querer fazer de Petrolina um lugar melhor. “Nos ombros, a enorme gratidão ao povo de Petrolina e a vontade de fazer da nossa cidade um lugar cada vez melhor. Avançaremos com coragem, retidão, respeito às pessoas e, sobretudo, muita fé em DEUS”, disse.

Aero Cruz afirma que chegada de Alvorlande fortalece situação na Casa Plínio Amorim

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Com os trabalhos do Legislativo encerrados nessa terça-feira (26), a expectativa é que em agosto a Câmara de Vereadores de Petrolina tenha o retorno de Alvorlande Cruz (PSL). Hoje no grupo de Miguel Coelho, o edil ocupará a vaga de Gabriel Menezes (PSL), que é da oposição.

Questionado ao fim da sessão pelo Blog Waldiney Passos, o líder da Situação, Aero Cruz (PSB) disse que a chegada do irmão dá mais forças ao grupo político do prefeito. “Com certeza fortalece, Alvorlande aqui dentro dessa Câmara é um Neymar na seleção. Ele conhece muito, sabe tudo e conhece o Regimento Interno como poucos”, disse.

Aero não escondeu a alegria de trabalhar na legislatura ao lado do seu irmão e afirma que o objetivo é unir forças e trabalhar para aprovar as matérias. “A gente fica muito feliz pela primeira vez dois irmãos, dois Cruz aqui na Casa e a gente vai procurar trabalhar, vai unir as forças para aprovar as matérias da melhor forma possível os projetos”, destacou.

Alvorlande diz estar pronto para assumir vaga de Gabriel Menezes

Alvorlande Cruz – PSL. (Foto: Blog Waldiney Passos)

Durante a sessão ordinária dessa quinta-feira (21) na Casa Plínio Amorim, o vereador Gabriel Menezes (PSL) discursou em tom de despedida agradecendo o apoio e parceria dos colegas da oposição e disse não saber se Alvorlande Cruz, que é seu suplente, iria assumir ou não a vaga que ele deixará para se dedicar à campanha para deputado estadual, uma vez que o mesmo ocupa um cargo de confiança do prefeito Miguel Coelho.

Em conversa com o blog Waldiney Passos, após o discurso de Gabriel, Alvorlande Cruz (PSL) disse que está pronto para assumir a cadeira que o vereador Gabriel Menezes deixará vaga na Casa Plínio Amorim. “Eu ainda não conversei nem com Gabriel e nem com o prefeito, mas vou conversar com os dois. Como eu sou aliado de Miguel, tenho que conversar com ele para saber como é que vai ficar. Mas estou preparado. Até porque quando a gente se pré-dispõe a ser alguma coisa tem que está preparado”, garantiu Alvorlande que é secretário executivo extraordinário do prefeito Miguel Coelho.

Gabriel Menezes vai se licenciar da Câmara Municipal entre os meses de agosto a outubro para fazer campanha para deputado estadual e acompanhar o nascimento de seu filho.

1234