Candidato a prefeito, Marcos Heridjânio almeja ampliar frota do transporte público de Petrolina

Candidato defendeu seu nome e apresentou propostas (Foto: Blog Waldiney Passos)

A última entrevista do Blog Waldiney Passos com os candidatos a prefeito de Petrolina aconteceu na manhã dessa quinta-feira (22). Marcos Heridjânio (PSOL) foi sabatinado durante 30 minutos e defendeu seu nome como mudança do jogo político baseado “em famílias”.

Deve-se ressaltar que, por conta do pedido de indeferimento de sua candidatura, o candidato Deomiro Santos (PV) não será entrevistado. Após a decisão da Justiça Eleitoral, se o recurso apresentado por ele foi aceito, o Blog marcará uma nova data para sabatiná-lo.

Marcos se comprometeu a combater os privilégios – no Poder Executivo e Legislativo – e também se intitulou como o único candidato do povo. Ao apresentar seu programa de governo, defendeu mudanças no transporte coletivo para beneficiar o trabalhador.

Gestão dos recursos e mudanças na frota

Um das ideias diz respeito à gestão dos recursos. “Vamos criar um fundo do transporte público, para onde vai o dinheiro da Zona Azul, de multas e os R$ 4 milhões que foram para o dono dessa empresa“, explicou. Em relação ao serviço propriamente dito, o candidato deseja ampliar a frota.

Para ele, 80 ônibus não são suficientes para atender a demanda municipal. Ele se comprometeu a ampliar para 200 veículos e todos contarão com ar condicionado. Marcos também criticou a aplicação de multas de trânsito ao trabalhador humilde.

Em seguida, afirmou que os agentes de trânsito serão sensíveis aos mais pobres. “Uma multa de R$ 1 mil pro rico não é nada, para o trabalhador é a comida do filho dele pro mês. Nós vamos pagar muito bem os guardas de trânsito, mas eles terão essa sensibilidade social. Vamos ter essa sensibilidade”, destacou.

Deixe uma resposta