Convênio entre município e Governo Federal garante recursos para melhorias na estrada do Projeto Maria Tereza

Prefeito fala sobre recursos obtidos (Foto: Blog Waldiney Passos)

A passagem do ministro da Integração Nacional por Petrolina na segunda-feira (3) foi marcada não apenas pela inauguração do Bloco Administrativo da Codevasf, mas também pela assinatura de convênios entre o município e o Governo Federal.

De acordo com o prefeito Miguel Coelho, o recurso obtido juntamente a federação será investido na melhoria das feiras livres e recapeamento de estradas na zona rural. O Projeto Maria Tereza (KM-25) receberá um novo asfalto e para o gestor, o Governo Federal faz o que o Estadual não cumpriu.

LEIA TAMBÉM:

Fernando Bezerra convida Bolsonaro para conhecer Petrolina: “é a capital da irrigação do Nordeste brasileiro”

Solenidade na Codevasf marca inauguração de Bloco Administrativo Osvaldo Coelho

“Tivemos a Prefeitura com o Distrito [Irrigado] Nilo Coelho fazer uma operação tapa-buraco para tentar amenizar, mas a gente sabia que não ia resolver em definitivo e contamos com a sua responsabilidade e hoje quero compartilhar com meus amigos do Maria Tereza que nós estamos recebendo R$ 2,5 milhões para poder refazer a estrada de acesso do Burrinho até a gente poder chegar no núcleo irrigado”, afirmou Miguel.

Os convênios com o ministério também resultarão em verba para adquirir de uma máquina de perfuratriz cuja função será perfurar água e abastecer a região sequeira. Nas feiras livres, o recurso será destinado à reforma e construção de novos boxes na Areia Branca e Cohab Massangano.

Estação de Tratamento

Ainda sobre o Projeto Maria Tereza, Miguel fez um pedido público ao ministro da Integração Nacional, Antônio de Pádua, para que agilize algumas demandas prioritárias da Prefeitura. “Tem um pedido de convênio no valor de R$ 26 milhões para que a gente bote Estação de Tratamento de Água em todo Nilo Coelho e Maria Tereza”, disse o gestor. Na próxima semana o prefeito deve ir à Brasília se encontrar novamente com o ministro Pádua.

Um Comentário

  • Francisco Rios

    5 de dezembro de 2018 at 14:57

    Se não me engano, todas as estradas dos projetos de irrigação são federais, portanto, não cabe essa crítica do prefeito Minino Coelho ao Governo Estadual, uma vez que a obrigação de cuidar é mesmo da União. Tal afirmação em contrário aos fatos demonstra imaturidade ou uma grandiosa falta de caráter.

    Responder

Deixe uma resposta