Justiça decreta prisão preventiva de homem que confessou ter estuprado criança em Petrolina

Corpo da menina foi encontrado na tarde de ontem, próximo à Rodovia Transnordestina (Foto: Reprodução/WhatsApp)

O homem que confessou ter estuprado e matado Mariana Souza Santos, de apenas 11 anos, teve sua prisão preventiva decretada pela Justiça. A audiência de custódia foi realizada na manhã dessa terça-feira (13) e acatou o pedido da Polícia Civil de Pernambuco.

LEIA TAMBÉM

Homem que confessou ter matado criança em Petrolina passará por audiência de custódia

Barbaridade: Menina de 11 anos é raptada, estuprada e morta em Petrolina no dia da criança

“O resultado já saiu. Havíamos representado pela prisão preventiva e a representação foi acolhida. Ele está sendo encaminhado ao presídio de Petrolina“, disse o delegado Gregório Ribeiro, da Delegacia de Homicídios de Petrolina.

O suspeito é irmão do padrasto de Mariana e tornou-se o principal suspeito pelo desaparecimento da menina, pois foi a última pessoa a estar com ela no domingo (11). Ele foi preso em flagrante pela Polícia Militar, na tarde de ontem (12), no bairro Terras do Sul. À Polícia Civil, ele confessou o crime.

Deixe uma resposta