“Somente Deus pode explicar por que eu sobrevivi ao acidente”, diz Alan Ruschel em primeira coletiva após acidente aéreo

(Foto: Reprodução/SporTV)

O jogador da Chapecoense Alan Ruschel, que teve alta na sexta-feira (16), 17 dias após tragédia, concedeu uma entrevista coletiva na manhã deste sábado (17) na Arena Condá, em Chapecó.

Muito emocionado, principalmente no início da coletiva, Ruschel falou sobre seu desejo em voltar a jogar em breve “Farei de tudo para voltar a jogar. Com muita paciência, farei de tudo para dar muita alegria para esse pessoal aqui”.

Durante a entrevista, o lateral falou sobre o momento do acidente “Lembro de a gente chegando em Santa Cruz de la Sierra, embarcando. Não lembro do voo. Não lembro do acidente. Lembro depois da minha esposa Marina falando comigo lá no hospital”.

Durante o voo a pedido do Diretor de futebol da Chapecoense Eduardo Preuss, o Cadu Gaúcho, que morreu no acidente, Ruschel trocou de lugar. “Eu estava sentando mais pra trás e o Cadu pediu pra eu sentar mais na frente pros jornalistas sentarem no fundo”.

(Foto: Leonardo Zampier/Arquivo Pessoal)

Entre os sobreviventes Alan Ruschel, foi o primeiro a ganhar alta médica e voltou para casa na sexta-feira (16). O goleiro Jackson Follmann, foi transferido para Chapecó na manhã de hoje (17) para o mesmo hospital que estão os outros dois sobreviventes, o jornalista Rafael Henzel e o zagueiro Neto. Henzel tem previsão de alta para segunda-feira (19) e Neto usa antibióticos para tratar uma lesão no tornozelo esquerdo e faz fisioterapia respiratória. Não há data provável de alta.

Com informações do G1 Santa Catarina

Deixe uma resposta