Número de mortes causadas pela Covid-19 diminuiu em quase 25% em Pernambuco, diz secretário de Saúde

(Fotos: Djair Pedro/SEI)

O secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, disse nesta quinta-feira (22) que o número de mortes causadas pela Covid-19 no Estado diminuiu em 24,5% na comparação das ocorrências de 15 dias. A afirmação aconteceu durante entrevista coletiva ao lado do secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, durante o anúncio de que as cidade de Ouricuri e Afogados da Ingazeira vão passar para a Etapa 10 do Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19, a partir da próxima segunda-feira (26).

De acordo com o secretário, as taxas de mortalidade e letalidade pela doença também estão em tendência decrescente. No caso da taxa de letalidade, que é a proporção entre o número de mortes pela doença e o número total de pacientes com a enfermidade, Pernambuco está, atualmente, com a taxa abaixo de 1. O percentual chegou a 17,3 no final de março.

LEIA MAIS

SES-PE inicia testagem da covid-19 via drive-tru

Testagem é espontânea (Foto: Alexandre Justino)

O Centro de Convenções de Olinda (PE) já está recebendo a população que deseja fazer teste rápido da covid-19 via drive-tru. O serviço foi anunciado ontem (21) e já está a pleno vapor nessa terça-feira (22). As equipes ficarão no local todos os dias, das 8h às 17h.

Podem participar do teste pessoas com sintomas sugestivos da doença – sejam quadros leves ou graves – além daquelas que tiveram contato domiciliar com casos confirmados do novo coronavírus, explica a Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Não é necessário agendamento. “Essa nova frente de atendimento é mais uma forma de auxiliar as pessoas que estão com suspeita da infecção pela Covid-19 e que precisam ser testadas de forma prática e rápida. É muito útil para quem tem dificuldade de locomoção ou fragilidade de saúde“, disse o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Governo de Pernambuco anuncia liberação de mototáxi e lutas marciais e prorroga suspensão das aulas

Covid-19 – Os Secretários Alberes Lopes, Bruno Schwambach, André Longo e Fred Amâncio em coletiva no Palácio do Governo de PE

O Governo de Pernambuco, por decisão do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19, anunciou, nesta quinta-feira (13.08), a liberação de mototáxis e da prática de artes marciais com novos protocolos em todo o Estado a partir da próxima segunda-feira (17). A regulamentação do transporte público de passageiros em motocicleta, entretanto, estará a cargo das prefeituras. Também foi anunciada a prorrogação do decreto que suspende as atividades presenciais da educação básica e ensino superior até o dia 31 de agosto.

Os municípios que liberarem a volta dos mototáxis deverão obedecer aos novos protocolos de segurança, para impedir o aumento do risco de exposição à Covid-19. Entre as medidas está o fornecimento de toucas descartáveis aos passageiros e álcool em gel 70% para higienização das mãos antes de manipular equipamentos de proteção; limpeza com álcool 70% do capacete dos passageiros, dos punhos (manopla), das alças de apoio do garupa e assentos da moto na presença de cada novo passageiro; e uso pessoal do capacete para o motorista.

Também será obrigatória a utilização de máscaras para condutores e passageiros durante o trajeto e a viseira do capacete deve permanecer fechada para evitar que o vento traga sujeira ou partículas que os obriguem a tocar os olhos e outras partes do rosto. Além disso, o condutor deve manter um distanciamento entre mototaxistas de 1 metro e meio (1,5m), nos pontos ou onde as motos pararem.

Com relação à volta da prática de lutas marciais, o secretário de Educação e Esportes, Fred Amancio, relembrou que atividades esportivas de modalidades individuais estavam liberadas ao ar livre desde o dia 6 de julho, mas tinha como exceção as lutas marciais. “Agora, vamos dar mais esse passo e, a partir da próxima segunda-feira, a prática está liberada. As medidas específicas devem ser publicadas nos próximos dias”, afirmou.

SAÚDE – O secretário estadual de Saúde, André Longo, afirmou que nenhuma das macrorregiões irá avançar no Plano de Convivência com a Covid-19. “O nosso comitê resolveu adotar cautela e, por isso, vamos observar por mais uma semana a evolução dos dados epidemiológicos da doença em Pernambuco”, explicou. Desta forma, a Macrorregião I, que compreende a Região Metropolitana do Recife (RMR) e Zona da Mata, permanece na Etapa 7; as Macrorregiões 2 e 3 continuam na Etapa 6. A Macrorregião 4 está dividida: a 7ª Gerência Regional de Saúde, com sede em Salgueiro, e a 8ª Gerência Regional de Saúde, sediada em Petrolina, continuam na Etapa 5. Já as cidades pertencentes à 9ª Gerência Regional de Saúde permanecerão na Etapa 4, com exceção de Araripina e Ouricuri, municípios que seguem na Etapa 2 até o próximo dia 16 de agosto.

Confira aqui as Gerências Regionais de Saúde: http://portal.saude.pe.gov.br/secretaria-executiva-de-coordenacao-geral/gerencias-regionais-de-saude

Municípios de Pernambuco avançam no Plano de Convivência com a Covid-19

Secretário estadual de saúde, André Longo, E o secretário municipal de saúde, Jailson Correia. (Foto: Heudes Regis/SEI)

Uma recente análise dos números da saúde em Pernambuco, feita pelo Comitê de Enfrentamento à Covid-19, revelou que os índices de contágio da doença permanecem em queda, indicando que o Estado tem capacidade para avançar ainda mais no Plano de Convivência com o novo coronavírus. A partir da próxima segunda-feira (10.08), a Macrorregião 1, que compreende os municípios da Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata (Norte e Sul), avançará para a Etapa 7 do plano. Igrejas e templos também podem aumentar a capacidade de funcionamento. Aquelas que possuem espaço para até 999 fiéis poderão receber 30% da sua capacidade total. Já as instituições com área para mais de mil fiéis poderão funcionar com 20% da capacidade.

Com o avanço na redução dos índices de contágio, nas cidades da Macrorregião 1 os serviços de alimentação e os shoppings centers poderão estender seu funcionamento até as 22h. Já a Macrorregião 2 – que compreende os municípios de Caruaru, Garanhuns e seus entornos, no Agreste – permanecerá na Etapa 6 do plano, mas serão liberadas as atividades das feiras nos polos de confecções, obedecendo a novos protocolos de segurança. No município de Toritama, a feira pode voltar a funcionar no domingo, dia 09.

A Macrorregião 3, no Sertão – que tem Arcoverde, Afogados da Ingazeira e Serra Talhada como principais polos – avançará para a Etapa 6 do Plano de Convivência com a Covid-19. Os serviços de alimentação poderão funcionar das 6h às 20h, com 50% da capacidade de clientes, assim como as academias de ginástica e polos de confecção, ambos com novos protocolos de segurança. O comércio varejista permanecerá aberto, atendendo à exigência de um cliente para cada 10 metros quadrados da loja.

Na Macrorregião 4, também no Sertão, os municípios da 7ª Gerência Regional de Saúde, com sede em Salgueiro, e da 8ª Gerência Regional de Saúde, sediada em Petrolina, avançarão para a Etapa 5 do plano. Será liberado o funcionamento de escritórios com 50% da carga e concessionárias de veículos com 100% da carga. Ficam mantidos os demais serviços essenciais que já vinham funcionando, a exemplo do comércio atacadista, além do sistema de delivery e coleta em lojas de material de construção, serviços de alimentação, feiras e polos de confecções.

FECHAMENTO – A situação da pandemia ainda divide o cenário na Macrorregião 4. As cidades pertencentes à 9ª Gerência Regional de Saúde, com sede em Araripina, permanecerão na Etapa 4. A exceção fica para Araripina e Ouricuri, onde a redução do número de casos da Covid-19 ficou aquém do desejado. A partir desta sexta-feira (07.08), os dois municípios terão que retroceder à Etapa 2 do plano, ficando permitido apenas o funcionamento de serviços essenciais durante os próximos dez dias.

Ouricuri e Araripina terão lockdown a partir de sexta-feira

Após o avanço dos casos do novo coronavírus (covid-19), dois municípios localizados no polo gesseiro do Estado recuarão no Plano de Convivência com a Covid-19 , estabelecido pelo Governo de Pernambuco. A partir de sexta-feira (7), os municípios de Ouricuri e Araripina, no Sertão do Araripe, adotarão medidas de isolamento mais rígidas para combater a disseminação do vírus, a exemplo do que já foi feito em cidades da Região Metropolitana do Recife e do Agreste pernambucano.

O lockdown se estenderá até o dia 16 de agosto. Os municípios, que estavam na Etapa 4 do plano, voltarão para a Etapa 2, em que apenas os serviços considerados essenciais têm autorização para funcionar.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), a 4ª Macrorregião, da qual faz parte o Sertão do Araripe, tem liderado a requisição de leitos de UTI para o combate à covid-19. De acordo com André Longo, secretário de Saúde de Pernambuco, dos 134 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) registrados na localidade na semana passada, 77 estão na 9ª Gerência Regional de Saúde (Geres), que compreende os dos municípios. “Com relação aos casos na semana passada, foram 134 ocorrências de SRAG, sendo quase 60% na nona Geres, que compreende os municípios do Araripe”, explicou Longo. Juntas, as duas cidades concentram 70% de todos os casos da regional, com 52 confirmações na última semana.

O isolamento social mais rígido já foi adotado em outras cidades do Estado, em outros momentos da pandemia. “Ficar em casa e adotar atitudes de prevenção são as orientações para aquela região. As medidas rígidas de isolamento provaram sua eficiência tanto no Grande Recife quanto no Agreste. Tenho certeza de que em Araripina e Ouricuri o engajamento da sociedade não será diferente”, apostou Longo. O secretário também destacou que existem 82 leitos dedicados à covid-19 nesses dois municípios, sendo 20 de terapia intensiva.

Em nota, a prefeitura de Araripina informou que cumprirá as determinações do Governo do Estado. O comunicado diz que as medidas anunciadas “coincidem com outras adotadas desde sexta-feira passada (31), quando a prefeitura determinou medidas mais restritivas como o toque de recolher após as 21h, a proibição de venda de bebida alcoólica e intensificação na fiscalização dos estabelecimentos.” A nota alerta ainda para a alta taxa de ocupação de leitos intermediários para Srag e dos leitos de UTI instalados no Hospital Santa Maria, mas não detalha os números. Até esta terça-feira (4), Araripina tinha 768 casos confirmados da doença, outros 139 em investigação e 16 óbitos.

A reportagem procurou a Prefeitura de Ouricuri na noite desta terça-feira, mas não obteve resposta até o fechamento desta matéria. De acordo com o último boletim divulgado pelo município, Ouricuri tem 265 casos confirmados , 157 recuperados e 8 óbitos por covid-19.

Próximo de 800 casos, Serra Talhada ganhará Hospital de Campanha ainda nesse mês

Estado quer ampliar rede em Serra Talhada (Foto: Reprodução)

Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, segue com números preocupantes da covid-19. São 791 casos positivos e para aumentar o suporte aos pacientes da região, o Governo do Estado anunciou na terça-feira (7) que em breve será inaugurado o Hospital de Campanha na cidade.

“Um comboio com 12 caminhões chegou em Serra Talhada com 35 respiradores, camas hospitalares, equipamentos de raio-x entre diversos outros materiais médico hospitalares. É mais um passo para que nos próximos dias possamos ter o Hospital Geral Eduardo Campos e o Hospital de Campanha, anexo a esse hospital. Ao todo serão 158 leitos, sendo 30 de UTI que vão garantir a assistência da IIIª Macro-Região, cuja sede encontra-se em Serra Talhada“, destaca o secretário de Saúde do Estado, André Longo.

Ampliar rede

“Estamos em expansão de leitos lá. O investimento que será feito, nos próximos 10 dias, a gente tem a expectativa de colocar operacional parte do Hospital Eduardo Campos, em Serra Talhada. Isso vai dar um novo formato à assistência da covid-19 no Sertão, abrangendo 800 mil pessoas da macro-região“, disse.

Petrolina e Juazeiro

Longo também cobrou a expansão de leitos na Bahia, em especial Juazeiro, para desafogar os leitos do Hospital Universitário em Petrolina, que terá o Hospital de Campanha em parceria com a instituição até o final desse mês. “Estamos em constante diálogo com a Bahia, que faça seu dever se casa para expansão de leitos em Juazeiro”, afirmou.

Gestores de academias de Petrolina farão carreata nesta segunda-feira

Numa tentativa de pressionar o Governo de Pernambuco, gestores das academias de Petrolina farão uma carreata na próxima segunda-feira (6), às 10h. Além deles, profissionais de Educação Física também devem marcar presença. O grupo sairá da Orla da cidade.

Ainda não há informações sobre o percurso dos manifestantes. Os gestores alegam estar cumprindo os protocolos sanitários e que a saúde também é importante durante a pandemia do novo coronavírus. A reabertura das academias ainda não tem data definida pelo Governo do Estado.

Contudo, na última quinta-feira (2) o secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo afirmou já existir um diálogo com o setor. “Temos discutido o protocolo com a Secretaria de Educação e Esportes e com o setor de ginástica. Demos um passo em relação ao reinício das atividades esportivas. Estamos caminhando nesse processo de retomada, avaliando os números, reforçando esses protocolos para em breve anunciar o retorno das atividades físicas em espaços fechados”, disse.

Coronavírus: Salgueiro deve endurecer quarentena a partir da próxima semana

Apesar das curas, prefeito ainda se mostra preocupado com crescimento de casos positivos

Salgueiro (PE) está próximo de alcançar a marca de 100 pacientes recuperados do novo coronavírus. Contudo, a Prefeitura já analisa retomar a quarentena mais rígida. Isso porque apenas nessa semana foram registrados 30 novos casos positivos, elevando para 153 o número de pacientes infectados.

Desse total, 98 estão clinicamente curadas. Há ainda 18 pessoas em investigação e nove mortes, desde o início da pandemia da covid-19. Na manhã dessa sexta-feira (3) o prefeito Clebel Cordeiro (MDB) participou de uma live e comentou que apesar da boa notícia, Salgueiro ainda não conseguiu controlar a disseminação do vírus.

“Nessa noite não consegui dormir, hoje de manhã cedo falei com o secretário de Saúde do Estado, André Longo. Quando vi 30 casos, foi o maior desde março até hoje. A maior semana que teve e isso nos preocupou. A culpa não é do comerciante, é do irresponsável que está indo pra rua“, disse.

Decisão conjunta

De acordo com o prefeito, o Governo de Pernambuco deverá, a partir de segunda-feira (6) definirá o rumo da quarentena no município em conjunto com a gestão municipal. “Já conversei com o doutro Longo e o governo do Estado deve tomar medidas a partir de segunda ou terça-feira, porque precisamos tomar medidas em conjunto. Nada mais justo do que tomar em conjunto e que possa ser mais atendida pela Polícia Militar e o comerciante“, conclui.

Pernambuco tem mais de 40 mil pacientes recuperados da Covid-19

O Boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) com o detalhamento epidemiológico da Covid-19, nesta segunda-feira (29.06), traz uma marca expressiva: Pernambuco já passou de mais de 40 mil recuperados da doença. Ao todo, são 40.088 pessoas curadas do novo coronavírus. Desse total, 9.191 são de casos graves – aqueles pacientes que passaram por internamento em unidade hospitalar e já receberam alta – e 30.897 casos leves.
 
“São dados que superam a frieza dos números e nos motivam a continuar trabalhando incansavelmente para abrir novos leitos, salvando mais vidas. Até agora, neste que já é o maior esforço sanitário, logístico e de mobilização de recursos humanos da nossa história, já abrimos mais de 1.700 leitos, sendo 776 de UTI”.
 
O boletim de hoje também aponta que, após 3 meses com taxa de ocupação acima de 80% e atingir pico de 300 pacientes suspeitos aguardando, temporariamente, vaga de terapia intensiva no mês de maio, os leitos de UTI voltados para casos suspeitos e confirmados da Covid-19  em Pernambuco atingiram a ocupação média de 77% – taxa que não era alcançada desde o dia 05 de abril. Desde o início de junho, as solicitações ativas para vagas de UTI de pacientes com a doença têm disponibilização imediata de leito, já que a oferta é maior que a demanda. Ao todo, neste momento, de acordo com dados da Central de Regulação de Leitos, que é responsável pelo encaminhamento de pacientes aos estabelecimentos de saúde vinculados ao SUS, há mais de 200 leitos de UTI vagos na rede e a lista de espera está zerada. 
 
“Esses números confirmam a tendência de estabilização da Covid-19 em Pernambuco, mas também deixam claro que ainda não é o momento de relaxarmos e comemorarmos, além de não podermos nos precipitar. Algumas regiões, como o Agreste, ainda apresentam dados discrepantes e, se houver descuidado, nada impede uma segunda onda de contaminação. Por isso, os pernambucanos têm um papel determinante e precisamos manter distanciamento social, assim como as medidas de higiene, uso de máscara e o maior isolamento social possível”, destacou André Longo.

Pernambuco tem 366 novos casos confirmados de coronavírus

Pernambuco teve mais 58 mortes confirmadas (Foto: Internet)

Pernambuco contabilizou mais 366 casos do novo coronavírus nas últimas 24 horas. Com isso, o total de pacientes infectados no Estado chegou a 5.724 nessa terça-feira (28). Foram registrados mais 58 óbitos, elevando para 508 as vítimas fatais.

Desses 366 novos casos, 196 se enquadram como graves e 170 têm quadro considerado leve. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) não forneceu mais informações sobre esses pacientes. Sabe-se apenas que essas pessoas são profissionais da saúde, segurança e pessoas que atuam na rede privada.

O número de recuperações também não foi informado. Os detalhes serão divulgados no boletim ao final do dia. Na noite de segunda-feira (27) o secretário de Saúde, André Longo havia alertado a população para 15 primeiros dias muito difíceis no Estado, por conta do pico da doença.

Pernambuco registra 218 novos casos de covid em 24 horas

Foram mais 26 mortes em 24 horas (Foto: Internet)

Pernambuco teve 218 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas. De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) no final da manhã dessa terça-feira (21), o Estado soma agora 2.908 casos confirmados de coronavírus.

O número de mortes também subiu, foram 26 de ontem para hoje, totalizando 206 vítimas fatais. Com a proximidade de somar 3 mil casos, o Governo de Pernambuco voltou a pedir respeito ao isolamento social, tendo em vista que o Estado já tem 99% dos leitos de UTI ocupados.

A SES ainda não informou o número atualizado dos pacientes recuperados. Os dados completos do boletim dessa terça-feira serão divulgados pela SES ao final do dia, em uma coletiva de imprensa na capital Recife.

Coronavírus: Pernambuco anuncia 1º caso de cura em mulher que foi infectada

Anúncio foi feito, nesta sexta-feira (20), pelo Secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo

Sobe para 31 o número de casos confirmados do novo coronavírus em Pernambuco, segundo o novo balanço divulgado, nesta sexta-feira (20), pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). Durante coletiva de imprensa, o secretário André Longo anunciou o primeiro caso, em Pernambuco, de cura em mulher que foi infectada pelo novo coronavírus. No Brasil, são 904 casos e 11 mortos.

Ao anunciar o caso, o secretário usou o termo cura clínica. Logo em seguida, em entrevista à titular desta coluna, o médico infectologista Demetrius Montenegro, chefe do setor de Infectologia do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), explicou que cura clínica e cura têm o mesmo significado. “A paciente ficou curada. Como se trata de uma doença viral, passou o ciclo do vírus. Ela ficou curada das complicações, foi tratada da pneumonia, sem precisar de medicação específica para covid-19. A paciente não tem mais sintomas da doença”, explicou Demetrius.

O caso de cura é de uma mulher de 66 anos, que foi infectada pelo novo coronavírus na Europa e está em condições de alta. A paciente, que, ao lado do marido, foi a primeira diagnosticada com a covid-19 em Pernambuco, teve cura constatada nesta sexta-feira (20). Ela estava internada no Real Hospital Português (RHP).

Segundo Demetrius Montenegro, depois de 14 dias, “a pessoa não transmite mais a doença, não tem viremia, sai da quarentena, do isolamento”. O infectologista acrescenta que a paciente curada não precisou passar por exames para pesquisar a presença do vírus ao final do tratamento. “Isso não faz parte do protocolo da Organização Mundial de Saúde”, acrescentou.

Outros nove pacientes permanecem internados, todos estáveis.

O marido dela, de 71 anos, e outros oito pacientes infectados pelo covid-19, permanecem internados, todos estáveis. Os demais casos confirmados estão em isolamento domiciliar. Nas últimas 24 horas, o número de casos confirmados da Covid-19 em Pernambuco subiu de 28 para 31. Dois deles são residentes no Recife e um em Jaboatão dos Guararapes.

MEDIDAS RESTRITIVAS

Com o objetivo de reduzir ao máximo o avanço do novo coronavírus, o governador Paulo Câmara anunciou, na manhã desta sexta-feira (20), novas medidas restritivas. Por meio de decreto, o Governo determina, a partir do próximo domingo (22), o fechamento do comércio e dos serviços em todo o Estado, além da paralisação das obras da construção civil. O transporte intermunicipal também será proibido, mas nesse caso, só a partir da próxima segunda-feira (23).

O governador ressaltou ainda que não estão incluídos na lista do novo decreto serviços relacionados à alimentação, como supermercados, padarias, mercadinhos, casas de ração animal, farmácias e depósitos de água mineral e gás, além de obras de serviços essenciais (como hospitais e abastecimento de água, gás, energia e internet). Obras contratadas pelo serviço público de todos os entes federativos também estão mantidas.

O governador também encaminhou, nesta sexta-feira (20), à Assembleia Legislativa de Pernambuco, três expedientes: o primeiro institui o fundo estadual para recebimento de doações para enfrentar a epidemia de coronavírus; outro informa a adoção de rito sumário para aquisição de equipamentos, insumos, prestação de serviços e contratação de profissionais de saúde; e, por fim, a decretação de estado de calamidade pública no Estado.

Sobre as requisições administrativas de imóveis e produtos, o Governo do Estado esclarece que todas as ações estão sendo acompanhadas pela Secretaria da Fazenda, e que os pagamentos referentes a essas requisições serão prioridade.

Outro ponto importante é que, neste mês de março, Pernambuco está pagando o segundo grupo do 13º do Bolsa Família. Serão 395.930 famílias que receberão até R$ 150 a mais em suas contas. Em fevereiro, o primeiro grupo de 381.789 beneficiados já recebeu a parcela extra. Em abril, o terceiro grupo, com 380 mil pessoas, será beneficiado.

Mais de 1500 novos profissionais da saúde reforçam rede estadual em Pernambuco

(Foto: Heudes Regis/SEI)

1.510 novos residentes foram recepcionados pelo governador Paulo Câmara (PSB) na segunda-feira (2), em uma solenidade realizada no Centro de Convenções de Pernambuco. Os profissionais atuarão na rede estadual de Pernambuco, fortalecendo o atendimento ao público.

Durante a cerimônia, Câmara destacou que o Estado investiu mais de 60% na formação dos profissionais da rede. “Pernambuco tem essa característica de ser a referência médica de todo o Nordeste, e hoje nós estamos iniciando uma nova formação, que vamos fazer de forma adequada, garantindo o lado humano do atendimento. Vamos formar bem as pessoas para que elas estejam preparadas para o futuro desafiador de se fazer saúde pública“, destacou.

Presente no evento, o secretário de Saúde, André Longo também celebrou a chegada dos novos profissionais. “Muitos aqui estão chegando à residência médica pela primeira vez. Outros estão complementando sua especialização. É importante dizer que Pernambuco é um dos grandes polos formadores de recursos humanos na área médica do Brasil”, disse.

Pernambuco: paciente com suspeita de coronavírus segue isolada

(Foto: ATTA KENARE/AFP)

As autoridades da saúde pública em Pernambuco estão em alerta com o coronavírus. Uma paciente vinda da Itália desembarcou na terça-feira (25) no Aeroporto do Recife com suspeita da doença e segue sendo monitorada. Ela apresenta sintomas simples, porém o caso será confirmado ou descartado após exames.

LEIA TAMBÉM

Brasileiro em SP testa positivo para coronavírus; Pernambuco tem caso suspeito

Secretário Estadual de Saúde, André Longo afirmou que o Estado foi alertado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e desde então seguiu o protocolo. “Fomos comunicados através da Anvisa dessa situação envolvendo uma passageira oriunda do norte da Itália que apresentava sintomas de febre, dor de garganta e cansaço. O Plano de Contingência que foi montado pelo Estado de Pernambuco funcionou a contento. A paciente foi adequadamente transportada e isolada, está fazendo os exames necessários”, disse.

Quadro similar a H1N1

Médico infectologista e chefe do setor de Infectologia do Hospital Universitário Oswaldo Cruz, Demetrius Montenegro disse que a paciente tem quadro similar ao da H1N1. “Clinicamente ela está bem. A gente não pode afastar uma possibilidade de H1N1, até a gente ter uma confirmação de ser H1N1 ou coronavírus. Ela apresentou esse quadro, são sintomas simples e qualquer tipo de vírus pode causar sintomas como esse. Porém, ela veio de uma área considerada risco de contenção, por conta disso a gente considerou como caso suspeito. Até sair esse resultado ela vai ficar internada sob vigilância“, afirmou.

LEIA MAIS

Saúde divulga balanço dos casos de sarampo em Pernambuco

Secretário estadual de Saúde, André Longo

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) informa que, até o último dia 30.08, foram notificados 395 casos suspeitos de sarampo em Pernambuco. Desse total, 86 já foram descartados, 296 estão em investigação e 13 foram confirmados após análise laboratorial realizada pela Fiocruz RJ. Dos casos confirmados, 3 são moradores do Recife, 3 de Caruaru, 1 de Frei Miguelinho, 1 de Santa Cruz do Capibaribe e 5 de Taquaritinga do Norte. Entre os casos de Taquaritinga, foi confirmado o óbito de uma criança de 7 meses.

O Programa Estadual de Imunização reforça que o Estado está abastecido da vacina tríplice viral, que, além do sarampo, protege contra rubéola e caxumba e é uma das maneiras mais eficazes de evitar o adoecimento. Desde janeiro, já foram distribuídas mais de 574 mil doses do imunizante para os municípios, sendo 153 mil de doses extras entre julho e agosto. O Programa destaca, ainda, que, desde a segunda quinzena de agosto, ficou instituída, em todo o país, a vacinação de crianças entre 6 meses e 11 meses. Todos os meninos e meninas dessa faixa etária, que totalizam 68 mil em Pernambuco, devem tomar uma dose da tríplice viral. Importante lembrar, ainda, que essa será considerada a “dose zero”, sendo necessário seguir com o esquema básico de vacinação normalmente a partir dos 12 meses, com mais uma dose e um reforço aos 15 meses.

“Os municípios têm relatado aumento na procura da vacina tríplice viral, principalmente pelo público adulto. Contudo, não podemos esquecer a importância de vacinar crianças, população com mais risco de agravamento do quadro. Elas precisam ter duas doses da vacina para estar devidamente protegidas. Além disso, os meninos e meninas entre 6 meses e 11 meses também devem tomar a dose zero, que foi instituída no Brasil desde o mês de agosto”, reforça o secretário estadual de Saúde, André Longo. O gestor pontua, ainda, que a SES-PE e o Programa Estadual de Imunização estão vigilantes para auxiliar os municípios nas ações de prevenção e controle dos casos, além da investigação dos suspeitos.

12