Justiça mantém prisão preventiva de envolvido na tentativa de latrocínio contra motorista de aplicativo

Carro foi encontrado completamente destruído.

Laércio Lima Oliveira, de 30 anos, envolvido na tentativa de latrocínio contra um motorista de aplicativo na noite de quarta-feira (15), no bairro Quidé, passou por audiência de custódia na manhã de hoje (17) no Fórum de Juazeiro (BA).

LEIA TAMBÉM

Suspeito de atentar contra motorista de aplicativo passa por audiência de custódia nessa sexta-feira

Uber se posiciona e lamenta violência contra motorista em Juazeiro

O juiz optou por manter a prisão preventiva de Laércio. Ele foi preso em flagrante um dia após o atentado e está no Conjunto Penal de Juazeiro, onde permanecerá recluso até o julgamento do processo. Segundo a Justiça da Bahia, a detenção de ontem foi classificada como crime contra o patrimônio.

As outras pessoas envolvidas no crime continuam foragidas. Desde o começo da manhã companheiros de profissão e amigos de Joel Victor estavam na frente do Fórum, para acompanhar a audiência e cobrar agilidade no processo. O jovem segue internado, mas tem quadro de saúde considerado estável.

Suspeito de atentar contra motorista de aplicativo passa por audiência de custódia nessa sexta-feira

Fórum Luís Vianna Filho, Juazeiro (BA)

Os motoristas de aplicativo de Juazeiro (BA) e Petrolina estão mobilizados na manhã dessa sexta-feira (17), para acompanhar a audiência de custódia de um dos suspeitos de atentar contra Joel Victor de Sousa, de 21 anos, na noite da última quarta-feira, no bairro Quidé.

LEIA TAMBÉM

Uber se posiciona e lamenta violência contra motorista em Juazeiro

Suspeito de tentar contra a vida de motorista de aplicativo em Juazeiro é preso

Após colega ser esfaqueado, motoristas de aplicativo fazem manifestação em Petrolina

A audiência estava marcada para 8h de hoje, mas segundo Jeferson Santos, representante dos motoristas, a previsão é que a análise na justiça aconteça por volta de 8h30 e a categoria estará presente para cobrar rigidez na punição ao criminoso.

Joel Victor está internado em Juazeiro e apesar da gravidade dos golpes sofridos, tem quadro estável. Em um vídeo ele relatou que entrou em luta corporal e assim conseguiu evitar o latrocínio.

Petrolina: presos por tentativa de fraude no concurso da Guarda são liberados após audiência de custódia

Celulares e gabarito foram apreendidos no domingo (Foto: Blog Waldiney Passos)

Os cincos presos na tentativa de fraude do concurso da Guarda Civil Municipal de Petrolina foram liberados após a audiência de custódia, realizada na manhã de ontem (1°). A informação foi confirmada pelo delegado responsável pela Operação Test Failed, da Polícia Civil de Pernambuco.

LEIA TAMBÉM:

Polícia Civil detalha operação que prendeu cinco pessoas durante concurso em Petrolina

Cinco pessoas são presas após fraude no concurso da Guarda Municipal de Petrolina

De acordo com o delegado Gregório Ribeiro, todos foram liberados mediante o pagamento de fianças. “O professor mediante o pagamento de três salários mínimos e o restante, incluindo o policial militar, mediante o pagamento de um salário mínimo”, explicou ao Blog.

LEIA MAIS

Homem que invadiu casa de vizinha e estuprou adolescente tem prisão preventiva decretada

O suspeito de estuprar uma adolescente de 16 anos durante o feriado de carnaval em Juazeiro (BA) teve a prisão preventiva decretada, após audiência de custódia realizada na tarde de quinta-feira (7). Daniel Eugênio dos Santos foi encaminhado ao Conjunto Penal da cidade, onde aguardará julgamento.

LEIA TAMBÉM:

Adolescente é estuprada na frente da mãe em Juazeiro

Ele invadiu a casa da vizinha, estuprou a adolescente por cerca de oito horas, forçou a mãe da vítima a assistir a violência e ainda agrediu a jovem. O crime aconteceu no final de semana, mas Daniel que tem 25 anos se entregou à polícia apenas na quarta-feira (6).

Audiências de custódia terão revisão em Pernambuco

O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, em entrevista ao programa Audiência. (Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem)

Nos próximos dias representantes da Secretaria de Defesa Social (SDS), Tribunal de Justiça de Pernambuco (MPPE), Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e Defensoria Pública do Estado decidirão novos rumos para a logística das audiências de custódia em Pernambuco.

O objetivo do Estado é destravar o maior gargalo do sistema: a falta de plantões do Judiciário em várias cidades do interior, que obriga a Polícia a percorrer grandes distâncias com presos em flagrantes para municípios que contem com juízes de plantão.

“Em muitos casos, cidades que já têm um efetivo pequeno o perdem para que seja feito esse transporte até locais onde existe plantão do judiciário. No caso do Sertão do Estado, onde as distâncias entre os municípios são muito grandes, trata-se de uma complicação maior”, comentou o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua.

O secretário explica que o grupo de trabalho vai tratar das regiões do Estado de forma isolada. “São realidades diferentes. No Grande Recife, por exemplo, existe uma grande facilidade de plantões do judiciário, então as audiências têm uma maior eficiência”, afirma.

Com informações do JC