Ampliação de leitos possibilita reabertura do comércio de Juazeiro e Petrolina, segundo prefeitos

Os comércios de Juazeiro (BA) e Petrolina voltam a funcionar nesta segunda-feira (27), após decisão conjunta das duas prefeituras. Um dos fatos que possibilita a retomada da economia é a ampliação dos leitos disponíveis aos pacientes com covid-19.

LEIA TAMBÉM

Comércio de Juazeiro começa a reabrir novamente na próxima segunda-feira (27)

Miguel Coelho anuncia reabertura do comércio de Petrolina para a próxima segunda-feira (27)

Na cidade baiana, 10 novos leitos de UTI serão abertos. “Esta semana entram em funcionamento dez novos leitos de UTI no Hospital Regional, trazendo a ocupação para a casa dos 70%, e outros vinte leitos de unidade de tratamento intensivo estão sendo aguardados para meados de agosto com a inauguração do Unacon“, disse o prefeito Paulo Bomfim (PT).

Situação de Petrolina

No sábado (25) Petrolina ganhou um Hospital de Campanha do Estado, com capacidade de 90 leitos intermediários e 100 de UTI. Eles se somam a novos na rede pública e particular. “Na semana passada a UPAE abriu mais 10 leitos de UTI e a Prefeitura fez nessa semana o credenciamento, a gente está contratando com os hospitais privados, a gente colocou 25, mas já têm habilitado 13 novos leitos de UTI que a Prefeitura vai estar abrindo quando a semana iniciar“, destaca Miguel Coelho (MDB).

Miguel Coelho anuncia reabertura do comércio de Petrolina para a próxima segunda-feira (27)

(Foto: ASCOM)

Em live realizada na manhã deste sábado (25), o prefeito de Petrolina Miguel anunciou que a partir da próxima segunda-feira (27), parte do comércio de Petrolina volta a funcionar. Um dos motivos que levou o prefeito a tomar a decisão de retomar a economia foi a redução no número de internamentos. No início de sua fala, Miguel divulgou que a taxa de internamentos pela Covid-19 na cidade caiu de 75% para 52%.

A partir da próxima segunda-feira está liberado para funcionar o setor de serviços e comércio varejista das 9h às 18h, com capacidade de 1 cliente a cada 10 metros quadrados, seguindo as recomendações de espaçamento entre as pessoas, o uso obrigatório de máscaras e álcool em gel, contidas no plano de retomada da economia da prefeitura. Está vetado o consumo de produtos alimentícios dentro dos estabelecimento comercias.

Feiras livres – autorizada a retomada das feiras com distanciamento entre as bancas e medidas de higienização. O calendário de feiras volta a ter um dia específico para cada bairro.

O parque Josepha Coelho vai funcionar entre as 5h e 22h, com obrigatoriedade de uso de máscaras. Recomendação para não utilizar o espaço para atividades coletivas, como esportes, dança e corridas em grupo.

Orla, Porta do Rio e pistas de caminhadas – serão desbloqueadas para uso do público. A orientação, contudo, é não promover corridas, passeios e demais atividades em grupos, restringindo assim apenas a uso individual ou com um parceiro.

Templos religiosos também voltam a funcionar, mas com 30% de sua capacidade, com intervalos de 3 horas entre as celebrações e evitar contato físico dos fiéis, como aperto de mão, abraços e beijos, com uso obrigatório de máscaras.

Salões de beleza, barbearias e clínicas de estética podem funcionar mas somente por agendamento para evitar aglomerações de clientes.

O River shopping também volta a funcionar a partir deste segunda-feira no horário das 10h às 20h, com limite de 1 cliente a cada 10 metros quadrados. Já a praça de alimentação e restaurantes seguem sem autorização de atender o público, com liberação apenas para entrega em domicílio ou coleta.

O número de ônibus em circulação na cidade vai aumentar, mas o serviço de mototáxi continua suspenso. Também continuam proibidas as apresentações culturais e qualquer outro evento que venha promover aglomerações.

Nesta fases, os bares, restaurantes e lanchonetes continuam fechados atendendo apenas por serviço delivery.

A Prefeitura volta a realizar atendimento ao público na sede administrativa. Cada secretaria terá um regime de funcionamento determinado pelo gestor da pasta, com recomendação de limite para 50% do público habitual e priorização do teleatendimento.

A construção civil está liberada 100%, mas com distanciamento de 1,5 metro entre os trabalhadores.

Trabalhadores vão às ruas de Juazeiro pedir retomada das atividades comerciais

Grupo pede retomada das atividades comerciais (Foto: Rede GN/Reprodução)

A segunda-feira (6) começa com manifestação em Juazeiro (BA). Enquanto o prefeito Paulo Bomfim (PT) concedia entrevista a imprensa local, funcionários do comércio estavam nas ruas da cidade cobrando a reabertura das lojas.

Sem previsão

O fechamento do comércio seguirá até 12 de julho, quando o prefeito poderá ou não revogar o atual decreto municipal. Questionado sobre a flexibilização do setor, Bomfim foi enfático. “Nesse momento nós estamos numa crescente muito rápida e infelizmente eu não vou autorizar reabertura do comércio. A gente vai acompanhando o dia a dia e entendendo esse processo”, disse o prefeito.

Sindicato não concorda com ato, mas quer volta 

Em nota, o Sindicato dos Comerciários de Juazeiro (Sindcom) não apoiou o ato de hoje, no entanto, pede a volta das atividades comerciais. “É necessário outras estratégias para que seja solicitado ao poder municipal a reabertura do comércio e que sejam amenizados os impactos financeiros com o fechamento do mesmo”, destaca a entidade.

Juá Garden Shopping retoma as atividades nesta segunda (15)

(Foto: Ascom/Juá Garden)

Ainda sob medidas de segurança e normas sanitárias para garantir o cuidado e saúde de todos, o Juá Garden Shopping iniciou o processo de retomada de suas atividades na nesta segunda (15). A decisão vai de encontro ao Decreto Municipal nº 404, publicado no dia 28 de maio de 2020.

O empreendimento reabre com horário reduzido para evitar aglomerações e passa a funcionar, das 12h às 20h de segunda à domingo. Por cautela e em conformidade com o decreto, atividades de lazer e entretenimento como Cinema, Espaço Kids, Parquinhos e eventos culturais ainda devem permanecer com suas atividades suspensas.

LEIA MAIS

Santa Mª da Boa Vista segue decreto estadual e autoriza retomada de atividades econômicas

Medidas devem ser respeitadas (Foto: Internet)

Santa Maria da Boa Vista, no Sertão do São Francisco, seguirá o decreto do Governo de Pernambuco e retomará parte das atividades econômicas nessa segunda-feira (15). A decisão foi anunciada pelo prefeito Humberto Mendes através do Decreto n° 066/2020.

Os empresários e empreendedores devem estar atentos às medidas de segurança impostas pelo Estado. Segundo o decreto municipal, o “funcionamento de supermercados, mercados e mercearias, devem continuar atuando com a capacidade máxima de lotação de até 50%, enquanto durar o Estado de Calamidade Pública pela covid-19”.

Punição

O não cumprimento das regras resultará na aplicação de multas e a reincidência acarretará no fechamento do estabelecimento. As aulas na rede pública e privada seguem suspensas até pelo menos 30 de junho.

O que pode abrir?

A terceira etapa do plano de retomada das atividades econômicas do Governo de Pernambuco autoriza a abertura de lojas com até 200 m² do varejo (bairro ou centro), das 9h às 18h; salões de beleza e serviços de estética; concessionárias e locadoras de veículos (com 50% dos funcionários de vendas); e os treinos de futebol.

Decreto de Paulo Câmara divulgado nesta sexta-feira (12) autoriza abertura de parte do comércio

(Foto: Heudes Regis/SEI)

O Governador de Pernambuco, Paulo Câmara, baixou novo Decreto nesta sexta-feira (12) alterando o Decreto nº 49.055, de 31 de maio, que sistematiza as regras relativas às medidas temporárias para enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

O documento informa que a partir da próxima segunda-feira (15), a atividade de comércio varejista poderá ser retomada, com controle do fluxo de clientes, em estabelecimentos comerciais de até 200 metros quadrados, à exceção dos situados em shopping centers ou similares, observando-se as determinações constantes em Portaria Conjunta da Secretaria de Saúde e Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

A regra porém não se aplica a 85 cidades do Agreste e Zona da Mata de Pernambuco que não terão reabertura de comércio de rua e atividades como salões de beleza e estética na próxima segunda-feira (15). Veja a íntegra do Decreto de retomada econômica clicando aqui.

A partir do dia 15 de junho poderá ser retomado também o funcionamento dos estabelecimentos de salão de beleza, barbearia, cabeleireiros e similares, localizados no Estado de Pernambuco, desde que mantenham vigorando as regras estabelecidas pelo decreto.

Os clubes também poderão retomar os treinos de futebol profissional, sem abertura ao público e tomando medidas de precaução.

Em live, Miguel Coelho anuncia que segunda fase da reabertura do comércio será adiada

Durante Live realizada neste sábado (13), o prefeito de Petrolina Miguel Coelho anunciou que não vai “pular” para a segunda fase de reabertura do comércio, que seria na próxima segunda-feira (15). Semana que vem seria a vez de bares e restaurantes abrirem as portas para atender seus clientes, mas esses estabelecimentos terão que esperar mais um pouco. Por enquanto está permitido apenas o atendimento no sistema delivery.

Apesar da justiça ter negado o pedido de liminar por parte do Ministério Público para que o plano de retomada da economia fosse suspenso, o gestor informou que vai esperar mais uma semana para avaliar melhor os números da Covid-19 no município.

Quem reabriu na fase 1 continua como estava operando. Administração pública, comércio, serviços, construção civil, parques e orla fluvia, Templos religiosos e velórios com 50% de sua capacidade. Transporte público coletivo continua operando com 75%, agropecuária, indústria, táxi, mototáxi e motoristas por aplicativos com 100% de sua capacidade.

Miguel informou que a Secretaria de Saúde vai continuar intensificando os testes na população que apresentar sintomas e principalmente nas categorias, como motoristas de táxi, mototaxistas, motoristas de aplicativos e outras.

Ele disse também que com 405 casos e 11 óbitos, Petrolina é uma das cidades com menor taxa de letalidade de Pernambuco. Por conta do cenário epidemiológico mais controlado, a Prefeitura iniciou as etapas de reabertura gradual e responsável da economia.

Já Juazeiro mantém o plano elaborado pela prefeitura e a fase 2 de reabertura do comércio começa na próxima segunda-feira (15) quando serão reabertas galerias, Shopping Águas Center e Juá Garden Shopping, sem o funcionamento dos cinemas.

Prefeitura de Petrolina afirma que aguardará TJPE após MPPE recomendar suspensão do plano de retomada das atividades econômicas

Prefeitura disse que Estado não cumpriu acordo (Foto: ASCOM/PMP)

Depois de o prefeito Miguel Coelho (MDB) se manifestar sobre a decisão do Ministério Público de Pernambuco de (MPPE) – que pede a suspensão da retomada das atividades comerciais – a Prefeitura de Petrolina encaminhou uma nota à imprensa afirmando que aguardará o posicionamento do Tribunal de Justiça do Estado (TJPE).

LEIA TAMBÉM

MPPE solicita suspensão das medidas de retomada da economia em Petrolina, Miguel afirma que todas as ações foram acordadas com o governador

De acordo com a Prefeitura, o que houve foi o não cumprimento do acordo entre o município e o Estado. “Lamentavelmente, o Estado não respeitou o acordo feito com o município, de permitir a flexibilização regional diante de um cenário mais controlado no Sertão do que em outros municípios pernambucanos. Sendo assim, a posição da prefeitura é aguardar os encaminhamentos judiciais”, diz a nota.

Confira a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Fechamento do comércio não está descartado em Juazeiro: “Há essa possibilidade”, diz Paulo Bomfim

Juazeiro tem 71% dos leitos ocupados (Foto: Blog Waldiney Passos)

Há uma semana Juazeiro retomava algumas atividades econômicas durante a pandemia do novo coronavírus. Nessa segunda-feira (8) a Prefeitura promoveu uma coletiva de imprensa para fazer um balanço das ações e não descarta determinar o novo fechamento do comércio.

Isso porque Juazeiro tem 71% dos leitos ocupados. Na coletiva na qual anunciou o plano de retomada, Paulo Bomfim havia dito que caso a ocupação atingisse 70% os índices seriam analisados pelo Comitê de Combate ao Coronavírus.

“Há essa possibilidade, nós hoje vamos mais uma vez reunir o Comitê de Combate ao Coronavírus e vamos dialogar sobre essa situação. Naturalmente o número de quantidade de leitos nós conseguimos evoluir, aumentando. Há essa possibilidade e nós vamos avaliar”, destacou Bomfim.

Aumento de casos

O boletim de domingo (7) apontava 131 casos positivos, seis óbitos, 49 curas e 125 pacientes aguardando resultado de exames. Apesar da alta nos números da semana passada, o prefeito negou que o salto tenha relação com o comércio. “Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Estamos aumentando 55 casos em uma semana, 52 casos foram desses testagens que nós fizemos com profissionais que já estavam nas ruas trabalhando“, explicou.

Os profissionais citados pelo prefeito são os trabalhadores da saúde, segurança pública, profissionais de postura e da imprensa que estão sendo submetidos a testes rápidos por parte do município.

Superintendente do River Shopping afirma que foto mostrando aglomeração de pessoas não condiz com a realidade

Segundo direção do River, foto foi tirada no momento do início do expediente

Uma foto mostrando a aglomeração de pessoas no River Shopping de Petrolina na terça-feira (2) deu o que falar nas redes sociais. Mas segundo a direção da unidade, o flagrante não condiz com a realidade. Em entrevista ao programa Super Manhã com Waldiney Passos nessa quarta-feira (3), o superintendente do River Shopping esclareceu o que aconteceu.

“A foto foi tirada às 12h01, foi o momento que as pessoas já tinham passado pela medição da temperatura e seria o momento dessas pessoas dispersarem. Deu a conotação de que as pessoas estavam se aglomerando“, justificou Welton Carvalho.

Pelo plano municipal, o shopping poderá abrir apenas das 12h às 20h. O flagrante de ontem, no entanto, fará com que a unidade reveja o controle. “Tivemos só 40% do fluxo que estamos acostumados a receber. A partir de hoje estamos dividindo as pessoas nas portarias”, pontuou.

O Blog também recebeu uma nota do River Shopping, com fotos mostrando o controle das pessoas no local. Confira a seguir:

LEIA MAIS

Moção de Aplauso divide opinião dos vereadores de Petrolina

Comércio inicia Fase 1 da retomada (Foto: Cortesia)

Os vereadores de Petrolina se reuniram virtualmente na manhã de terça-feira (2) para a primeira sessão ordinária virtual do Poder Legislativo. Sem projetos na votação de ontem, as atenções se voltaram aos Requerimentos da Oposição e da Situação.

LEIA TAMBÉM

Petrolina: vereadores da Oposição têm requerimentos derrubados na retomada das sessões

Alex de Jesus (Republicanos) propôs uma Moção de Aplauso – através de um Requerimento verbal – ao prefeito Miguel Coelho (MDB) por determinar a reabertura do comércio durante a pandemia do novo coronavírus. O pedido, no entanto, mais uma vez dividiu os edis.

LEIA MAIS

Comércio não essencial permanecerá fechado em Serra Talhada

Serra Talhada chega a 109 casos confirmados (Foto: Reprodução)

Com mais de 100 casos confirmados de covid-19, a Prefeitura de Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco, anunciou que manterá o comércio não essencial fechado nessa segunda-feira (1°). Um grupo de trabalho será montado para discutir os próximos passos na retomada da atividade comercial.

“Hoje terenos uma reunião com os vereadores e na terça-fera (2) com os empresários. Seguimos a orientação do estado. Apenas as óticas irão funcionar. Tudo é muio complexo e estamos nos preparando para fechar o nosso modelo, para que todos tempo de ir adequando a sua atividade as exigências que faremos”, disse Luciano Duque (PT) ao Farol de Notícias.

Pelo decreto do Estado, apenas os serviços essenciais estão mantidos. Escolas, universidades, faculdades, praias, academias e espaços de lazer seguem fechadas. Até sábado (30) Serra Talhada já havia contabilizado 115 casos positivos, três óbitos e 19 pacientes em investigação.

Miguel nega “rebeldia” e afirma que reabertura do comércio em Petrolina foi autorizada pelo Governo do Estado

Comércio inicia Fase 1 da retomada (Foto: Cortesia)

Junho começa com a reabertura gradual do comércio em Petrolina. Mas alguns petrolinenses ainda estavam em dúvida sobre o plano municipal, já que ainda na sexta-feira passada o Governo do Estado negou ter autorizado a retomada das atividades comerciais.

LEIA TAMBÉM

Movimentação no Mercado Turístico de Petrolina ainda é pequena nessa segunda-feira

Apesar de decreto do Governo do Estado reabertura das atividades econômicas está mantida em Petrolina

URGENTE: Decreto mantém restrições em praias e parques de Pernambuco; escolas seguem fechadas

Para colocar os “pingos nos is” o prefeito Miguel Coelho (MDB) foi entrevistado no Bom Dia Pernambuco hoje (1º) e esclareceu os fatos. “Todas as nossas decisões têm sido combinado com o Governo do Estado. Na última quinta-feira conversei com o governador Paulo Câmara, mostrei os números da saúde, mostrei o nosso Plano de Reabertura, não só a ele, mas a equipe dele que está a frente do Gabinete de Crise”, disse.

LEIA MAIS

Movimentação no Mercado Turístico de Petrolina ainda é pequena nessa segunda-feira

Nem todos os boxes estão abertos hoje no Mercado Turístico (Foto: Cortesia)

Setor alimentício segue fechado

O primeiro dia de junho começa com a retomada gradual do comércio em Petrolina. Mas nem todos os empresários optaram por abrir as portas nessa segunda-feira (1°).

No Mercado Turístico, no Centro da cidade, há muitos boxes fechados. O Blog apurou que há clima de insegurança por conta da covid-19 e por isso, alguns optaram por não abrir.

Nas entradas do Mercado há fiscalização dos agentes da Prefeitura. Seguindo o decreto, os boxes de lanches e refeições permanecem fechados. Bares e restaurantes somente retornarão na etapa 5 do Plano de Reabertura. A movimentação no Centro segue tranquila.

Petrolina: com funcionamento liberado, templos religiosos devem seguir orientações a partir de junho

Decreto de sexta-feira (29) autoriza reabertura dos templos e igrejas (Foto: Jonas Santos/Ascom PMP)

A partir desta segunda-feira (1°) Petrolina tenta retomar a normalidade mesmo em meio à pandemia do coronavírus. Apesar de autorizar as atividades comerciais, a Prefeitura mantém algumas restrições para evitar a disseminação do vírus pela cidade.

LEIA TAMBÉM

Comerciantes de Petrolina devem ficar atentos ao número de pessoas no interior da loja após reabertura

Prefeito de Petrolina anuncia reabertura gradativa do comércio

Pelo decreto de sexta-feira (29), os templos e igrejas de Petrolina podem voltar a realizar celebrações religiosas, mas com assentos bloqueados ou distanciados; os fiéis devem ficar a 2 metros uns dos outros; está proibida a formação de grupos e rodas de conversas e o tradicional “dar as mãos”.

Também deve ser fornecido álcool em gel para assepsia dos fiéis e o uso de máscaras permanece obrigatório.  Outra determinação é a suspensão dos feriados de Corpus Christi (11 de junho) e São João (24 de junho). O plano de retomada das atividades comerciais deve ser concluído apenas em agosto.

12