Sucesso do Plano para Nordeste está condicionado à nova Previdência, afirma Bolsonaro

(Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco)

Na primeira parte da sua agenda oficial em Pernambuco nessa sexta-feira (24), Jair Bolsonaro (PSL) fez questão de frisar que o sucesso do Plano de Desenvolvimento para o Nordeste, só terá sucesso com a aprovação da reforma da Previdência.

“Sem a reforma da Previdência, não podemos sonhar nem botar em prática parte do que estamos propondo neste momento”, afirmou aos governadores presentes na reunião do Conselho Deliberativo da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste – Sudene (Condel).

LEIA TAMBÉM:

Embarque de Bolsonaro a Petrolina está programado para 13h

Visita de Bolsonaro a Petrolina deve ser marcada por manifestações pró e contra presidente

Entre os presentes estavam o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), os ministros Osmar Terra (Cidadania), general Santos Cruz (Secretaria da Presidência), General Heleno (GSI), além dos governadores Rui Costa, Flávio Dino, Romeo Zema, Camilo Santana, João Azevedo, Wellington Dias, Fátima Bezerra, Renan Filho e Belivaldo Chagas.

LEIA MAIS

Embarque de Bolsonaro a Petrolina está programado para 13h

(Foto: Leo Malafaia/Folha de Pernambuco)

Em sua primeira visita oficial ao Nordeste o presidente Jair Bolsonaro (PSL) desembarcou no Recife (PE) por volta das 9h20 de hoje (24). O embarque a Petrolina está programado para 13h, após uma reunião com governadores da única região na qual foi derrotado nas eleições de 2018.

LEIA TAMBÉM:

Visita de Bolsonaro a Petrolina deve ser marcada por manifestações pró e contra presidente

Fernando Bezerra fala sobre vinda de Bolsonaro a Petrolina

De acordo com o Palácio do Planalto, o desembarque de Bolsonaro em Petrolina – a primeira cidade do Sertão a recebê-lo – acontece por volta de 14h. Do Aeroporto Internacional Senador Nilo Coelho o presidente seguirá para o bairro Antônio Cassimiro, onde às 14h30 inaugura o Residencial Morada Nova do Programa Minha Casa, Minha Vida.

LEIA MAIS

Pela primeira vez, avaliação negativa do governo de Bolsonaro supera positiva

(Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)

Pela primeira vez desde que assumiu a Presidência da República a avaliação negativa de Jair Bolsonaro (PSL) superou a positiva. A pesquisa foi divulgada nessa sexta-feira (24), uma semana após a manifestação dos estudantes contra o corte na educação anunciado pelo Governo Federal.

A pesquisa foi realizada pelo XP/Ipespe nos dias 20 e 21 de maio. Os entrevistados que consideravam o governo como bom e ótimo ficou em 34% (estava em 35%), enquanto os que avaliavam a gestão como ruim ou péssima ficou em 36% (estava em 31% antes).

A margem de erro da pesquisa é de 3,2 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram 1000 entrevistas realizadas. Já a avaliação regular foi de 26%, quando anteriormente totalizou 31%. Não souberam ou não opinaram teve 4%.

O Ipespe questionou aos eleitores se a manifestação do último dia 15 foi relevante para o país: 57% disseram que os atos foram importantes, enquanto contra 38% que consideraram irrelevante. A pesquisa foi divulgada há pouco, momentos antes do desembarque de Bolsonaro em Pernambuco. (Com informações do JC Online).