Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Sessão desta quinta-feira (18) não terá projetos em pauta na Câmara de Vereadores de Petrolina

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Os vereadores de Petrolina se reúnem para mais uma sessão ordinária de 2018 nesta quinta-feira (18) e diferentemente do encontro de terça, não há Projetos de Lei na pauta. 13 Indicações serão analisadas pelos edis e na Ordem do Dia consta o uso da Tribuna Livre para seis representantes do Poder Legislativo inscritos.

Entre as Indicações apresentadas pelos vereadores está a de número 1154/2018, de Cristina Costa (PT), no qual ela solicita a reforma e ampliação da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Alto da Boa Vista.

Amanhã nenhum Requerimento será apresentado, assim como nenhum projeto dará entrada nas comissões. A sessão começa às 9h e é aberta a toda a população de Petrolina. A Câmara de Vereadores está localizada na Praça Santos Dumont, Centro, em frente ao Fórum.

Chuva de terça-feira deixa famílias desabrigadas na Vila da Fé, em Petrolina

(Foto: Ascom Cristina Costa)

Cem famílias que residem na Vila da Fé, no bairro João de Deus estão desalojadas em consequência da chuva que caiu em Petrolina na noite de terça-feira (16). Para ajudar os moradores da invasão, a vereadora Cristina Costa (PT) visitou o local nessa manhã e chamou atenção da comunidade petrolinense para uma campanha de arrecadação de donativos.

Os produtos de higiene pessoal, alimentos, roupas, colchões e cobertores podem ser doados a partir das 14h na Paróquia São João Batista, no próprio João de Deus. Além das doações, as famílias esperam a presença da Prefeitura de Petrolina para que os moradores sejam cadastrados na habitação popular.

“A providência que tem que ser tomada é o aluguel social. Não tem condições nenhuma deles permanecerem aqui, porque eles vivem cercados de esgotos, fezes, tudo. Nós pedimos de imediato as lonas. É importante a prefeitura se posicionar e tirar essas mais de cem famílias daqui, porque outra chuva que der, vai levar os barracos, e aqui tem gestantes, crianças, deficientes, idosos, vivendo em situação desumana”, disse o presidente da associação comunitária do João de Deus,  Carlos Diniz.

LEIA MAIS

Apesar do pouco tempo na Câmara de Vereadores, Horácio Freire ganha elogios de Cristina Costa

Suplente da vereadora Cristina Costa (PT) por 45 dias, o sargento Horário Freire (PMN) se despediu da Casa Plínio Amorim na semana passada de maneira discreta, mas seu trabalho rendeu elogios da colega que concorreu a uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

Costa elogiou Horácio e afirmou que a parceria com o policial militar continuará firme mesmo após seu retorno à Câmara de Vereadores. “Horácio foi uma pessoa fundamental que soube retribuir um gesto. É uma pessoa que é comprometida com a classe popular, com os trabalhadores e com a minoria. É um policial aposentado agora que tem compromisso com o social. Ele foi uma mão na roda na nossa campanha também”, disse ao Blog.

Suplente na eleição de outubro, a vereadora de Petrolina pode se ausentar da Câmara e assumir uma vaga na Alepe, mas tudo depende de como ficará a aliança do PT com o PSB de Paulo Câmara.

“Vamos [ela e Horácio] continuar juntos, atentos, debatendo e ajudando o próximo. Ficamos na suplência, vamos esperar a decisão do Governo do Estado, do diálogo com Humberto Costa que saiu muito fortalecido”, afirmou a edil.

Aliada de Marília Arraes, Cristina Costa reafirma postura vigilante quanto ao trabalho da colega de partido

Vereadora avalia campanha e ratifica compromisso de Marília Arraes com Sertão (Foto: Blog Waldiney Passos)

Uma das principais apoiadoras de Marília Arraes (PT), a vereadora Cristina Costa (PT) afirmou que agora com a colega de partido eleita deputada federal, é a hora de trazê-la para perto do sertanejo e cobrar ações para a região. Na eleição de outubro Costa apoiou dois nomes vitoriosos e fez uma avaliação dessas alianças.

“Fiz dobradinha com dois candidatos a deputado federal, minha principal foi a vereadora Marília Arraes e também o presidente da CUT licenciado, Carlos Veras. Nossa meta para Marília era cinco mil votos e para Carlos Veras era de mil. Me sinto fortalecida, Marília teve mais de quatro mil votos e Carlos Veras, mais de 800“, analisou a vereadora.

LEIA TAMBÉM:

De volta à Câmara, Cristina Costa espera uma “guerra da paz” entre apoiadores de Bolsonaro e Haddad

“Sai uma vitoriosa”, afirma vereadora Cristina Costa após campanha para deputada estadual

Na visão da edil ela sai do pleito fortalecida, mesmo que não tenha conseguido uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), já que também contribuiu para a reeleição de um antigo aliado: Humberto Costa (PT).

LEIA MAIS

De volta à Câmara, Cristina Costa espera uma “guerra da paz” entre apoiadores de Bolsonaro e Haddad

Edil visitou Blog e disse esperar debate propositivo com opositores (Foto: Blog Waldiney Passos)

Licenciada para disputar as eleições de outubro, a vereadora Cristina Costa (PT) deve fazer seu retorno à Casa Plínio Amorim nesta quinta-feira (11) em meio ao segundo turno para presidente. Entrevistada pelo Blog nessa semana, a edil foi questionada sobre o que esperar dos colegas durante essa “guerra” entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) e prezou pelo respeito mútuo.

LEIA TAMBÉM:

“Sai uma vitoriosa”, afirma vereadora Cristina Costa após campanha para deputada estadual

“Eu espero que a gente possa, nesse clima de guerra, fazer uma guerra da paz. Que a gente possa debater as propostas, vamos respeitar quem apoia Bolsonaro, o processo democrático é isso. Eu encontrei muita gente que votava em mim, mas não votava no presidente Haddad, encontrei muita gente que votava em Bolsonaro, mas não votava nos candidatos apoiado por Jair Bolsonaro”, disse a vereadora.

LEIA MAIS

“Sai uma vitoriosa”, afirma vereadora Cristina Costa após campanha para deputada estadual

Vereadora avalia campanha e ratifica compromisso de Marília Arraes com Sertão (Foto: Blog Waldiney Passos)

Cristina Costa (PT) obteve 11.707 votos na eleição de domingo (7) para deputada estadual. Mesmo ficando de fora da Assembleia Legislativa de Pernambuco, a edil se disse feliz pelo desempenho nas urnas e nesta quinta-feira (11) retorna à Casa Plínio Amorim, de onde se licenciou por 45 dias.

Às vésperas de sua volta à Câmara de Vereadores, Cristina fez uma avaliação da campanha para a Alepe, agradeceu pelo apoio recebido e se disse fortalecida por ter caminhado ao lado de Marília Arraes (PT) e Carlos Veras (PT) nesse pleito.

“Foi uma campanha difícil, mas propositiva enfrentando todo o descrédito dos eleitores que não confiam nos políticos, generalizam todo político como corrupto e só pensam em si. Pra mim foi uma campanha que eu tive oportunidade de debater olho no olho, ouvir as críticas, fazer autoavaliação e principalmente mostrar o outro lado, mostrar ao eleitor que na política existem pessoas sérias, pessoas honestas e a receptividade foi muito boa”, afirmou.

LEIA MAIS

Horácio Freire se despede da Câmara de Vereadores e faz um alerta sobre Bolsonaro

Sargento Horácio deixa Casa Plínio Amorim para retorno de Cristina Costa (Blog: Waldiney Passos)

Suplente da vereadora Cristina Costa (PT) que se licenciou para disputar as eleições de outubro, Horário Freire (PMN) fez seu discurso de despedida na Câmara de Vereadores de Petrolina nessa terça-feira (9). Apesar do pouco tempo de mandato – apenas 45 dias – ele disse que sai da Casa Plínio Amorim com muito aprendizado.

Antes de encerrar sua rápida fala de despedida, Horário fez uma avaliação das eleições do final de semana e pede mais serenidade aos eleitores no segundo turno. “Um candidato a presidente totalmente desequilibrado que é o senhor Jair Bolsonaro. Ele não tem condições nenhuma de governar um país como o nosso” disse o edil, que foi eleito na coligação do PMN e PT.

“Por ter conhecido de perto, vejo que ele não tem condições e equilíbrio para pacificar esse país. Espero que a sociedade faça essa reflexão”, afirmou. Horácio que é policial militar encerrou sua fala pedindo paz e respeito. O retorno de Cristina Costa deve acontecer ainda nessa semana, reassumindo sua cadeira na Câmara.

Cristina Costa agradece votação expressiva

Cristina Costa (PT) (Foto: Vanessa Gonzaga)

Não foi dessa vez que a vereadora Cristina Costa (PT), candidata a deputada estadual conseguiu uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), ela teve 11.707 votos nas eleições 2018 e ficou entre os 100 primeiros candidatos, ocupando a vaga de número 96.

Mesmo sem fazer parte do grupo de eleitos, Cristina Costa agradeceu a votação expressiva que recebeu. Por meio de nota, a vereadora falou da experiência, e de como ainda é possível fazer política de forma honesta.

“Obrigada a todos e todas.  Foram 644 candidatos à Assembleia Legislativa de Pernambuco. E mesmo sem fazer parte de grupo político, sem a influência dos poderosos e sem usar a máquina administrativa como tantos outros, ficamos entre os 100 primeiros candidatos.  Nossa colocação foi a de número 96, representado 0,26% dos votos válidos. Uma prova forte de que ainda podemos fazer política de conscientização, do olho no olho, das propostas limpas, dos ideais que contemplam trabalhadores e trabalhadoras, que representam homens e mulheres de luta”, afirmou.

Representantes da Casa Plínio Amorim ficam de fora da Alepe

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Os quatro vereadores de Petrolina que tentaram a sorte nas eleições de 2018 como candidatos a deputado estadual não conseguiram uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Gabriel Menezes (PSL) foi o pleiteante mais votado, com 14.633 votos, ocupando a 82ª colocação em todo Estado.

Cristina Costa (PT) que se licenciou da Câmara de Vereadores de Petrolina para se dedicar à sua campanha terminou o pleito com expressivos 11.707 votos, ocupando a 96ª colocação. “Quero agradecer, fizemos a nossa parte. Sempre conte comigo e continue contando com Cristina Costa”, disse a edil em vídeo publicado nas suas redes sociais na noite de domingo (7).

Cícero Freire (PR) somou 1.634 votos, ficando com a 194ª posição em Pernambuco. Osinaldo Souza (PTB) não teve seus 4.189 votos computados pela Justiça Eleitoral por pendências na documentação exigida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Todos os quatro edis foram eleitos como representantes municipais na eleição de 2016 e terminam seus mandatos em 2020. Cristina deve voltar à Casa Plínio Amorim nos próximos dias, voltando a ocupar sua cadeira que hoje está com Horácio Freire (PMN).

Candidatos a deputado de Petrolina cumprem agenda política no final de semana

Não foram só os candidatos ao Governo de Pernambuco que tiveram uma agenda cheia no final de semana. Os pleiteantes à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) e Câmara dos Deputados intensificaram suas campanhas, visitando o interior e municípios vizinhos.

Buscando sua reeleição como deputado estadual, Lucas Ramos (PSB) esteve no município de Lagoa Grande, onde conseguiu o apoio dos ex-prefeitos Jorge e Rose Garziera. Pleiteante a uma vaga na Alepe, Cristina Costa (PT) se encontrou com lideranças da Tapera e Roçado.

Outra que almeja a Alepe é Andréa Lóssio (Rede), recebida em Petrolina ao lado do seu esposo e candidato ao Governo de Pernambuco. Lucinha Mota (PSOL) visitou a Feira do José e Maria, Areia Branca, as cidades de Orocó e Cabrobó, para apresentar suas propostas relacionadas a segurança pública.

LEIA MAIS

Candidatos de Petrolina buscam apoio no interior e outros municípios de Pernambuco

Licenciada da Câmara de Vereadores, Cristina Costa (PT) aproveitou a quarta-feira (22) para visitar o Assentamento Mandacaru e se reunir com lideranças. A petista se lançou como candidata a deputada estadual e ainda participou de um ato em apoio aos militantes em greve de fome pela liberdade de Luiz Inácio Lula da Silva.

Outra pleiteante a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) é Lucinha Mota (PSOL), cuja agenda nessa quinta-feira (23) está focada na zona rural de Petrolina, com visitas e reuniões. Amanhã (24) ela participa de uma entrevista e vista os bairros Rio Corrente e Cohab VI.

LEIA MAIS

Candidata a deputada estadual, Cristina Costa afirma que Congresso Nacional não representa interesse dos brasileiros

Vereadora se licenciou da Casa Plínio Amorim na terça-feira (Foto: Ascom)

Licenciada da Câmara de Vereadores, Cristina Costa (PT) se lança em um desafio maior: ser candidata a deputada estadual na busca por emplacar uma dobradinha com Marília Arraes (PT), nome escolhido pelo partido para federal. Depois de discursar se despedindo dos colegas, Costa conversou com o Blog e falou sobre sua campanha.

“Estamos nos organizando. Oficialmente a gente já pode fazer campanha, mas a gente vem organizando todo o processo. Foi uma decisão que a gente relutou e quando veio tomar a decisão, depois do imbróglio todo dessa discussão do Partido dos Trabalhadores, a gente está reunindo, discutindo os apoios”, destaca.

LEIA TAMBÉM:

“Me lanço a um novo desafio porque sou uma mulher de coragem”, afirma Cristina Costa em discurso de despedida

Na segunda-feira (20) a vereadora licenciada esteve com Marília cumprindo agenda na cidade e afirma estar aberta ao diálogo, buscando fortalecer seu apoio político. “Estamos visitando aonde estão nos chamando para debater o nosso projeto, para debater a realidade não só de Petrolina, mas no Estado de Pernambuco. A gente está aberto ao diálogo“, comenta.

LEIA MAIS

Em ritmo de campanha, candidatas de Petrolina cumprem agenda na cidade

Petrolina tem nomes conhecidos para as eleições de outubro a nível estadual e federal, mas a força feminina vem chamando atenção nessa campanha. Escolhidas por seus partidos para serem candidatas a deputada estadual, Cristina Costa (PT), Andréa Lóssio (Rede) e Lucinha Mota (PSOL) cumpriram agenda política na cidade na segunda-feira (20).

Ex-primeira dama, Andréa se encontrou com comerciantes e recebeu apoio para sua candidatura rumo à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Lóssio já tinha iniciado sua agenda no interior, em Izacolândia e busca fortalecer seu nome no seu reduto eleitoral.

Outra estreante na política é Lucinha Mota, mãe de Beatriz Angélica Mota. Candidata a deputada estadual, Lucinha visitou a Feira do José e Maria e reforçou a bandeira da justiça. Ouvindo palavras de apoio, a socialista voltou a cobrar celeridade dos órgãos para punir o assassino da menina Beatriz.

Já licenciada da Câmara de Vereadores de Petrolina, Cristina Costa esteve na Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), acompanhada da também candidata a deputada federal, Marília Arraes (PT). Em seguida, a dupla se reuniu com representantes dos povos de terreiros.

Petrolina tem ainda nomes como Antônio Coelho (DEM), Lucas Ramos (PSB), Rosalvo Antônio (PSOL) e Fernando Filho (DEM) disputando as eleições para a Alepe ou Câmara dos Deputados. Júlio Lóssio, esposo de Andréa foi escolhido pela Rede para ser o candidato ao Governo do Estado e está no Recife cumprindo agenda nessa tarde (21).

Horácio Freire discursa para colegas e reafirma compromisso com segurança pública

Horácio tomou posse na sexta-feira (17) (Foto: Wesley Lopes/Ascom Câmara)

Quatro dias após ser empossado como vereador, o sargento Horácio Freire (PMN) fez seu primeiro discurso na Casa Plínio Amorim na sessão dessa terça-feira (21). Suplente na coligação do PT/PMN/PMB/PCdoB, seu mandato tem duração de 45 dias.

LEIA TAMBÉM:

“Me lanço a um novo desafio porque sou uma mulher de coragem”, afirma Cristina Costa em discurso de despedida

Apesar do pouco tempo, Horácio se comprometeu a fazer um bom trabalho substituindo Cristina Costa (PT), que disputará uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). O sargento da Polícia Militar de Pernambuco (PM-PE) iniciou seu discurso citando os desafios vividos pelos PMs e se comprometeu a lutar pelos interesses da população, em especial, a segurança pública.

LEIA MAIS

“Me lanço a um novo desafio porque sou uma mulher de coragem”, afirma Cristina Costa em discurso de despedida

Vereadora se licenciará para disputar eleições (Foto: Wesley Lopes/Ascom Câmara)

A sessão dessa terça-feira (21) na Casa Plínio Amorim foi marcada pelo discurso de despedida da vereadora Cristina Costa (PT), que se afastará da Câmara para disputar as eleições de outubro. Candidata a deputada estadual, pela lei a edil não precisava se licenciar, mas optou por isso.

Conforme já havia comentando antes, a decisão foi tomada para cumprir uma promessa feita ao seu suplente, o sargento Horácio Freire (PMN). Utilizando a Tribuna Livre, a petista afirmou que o novo desafio foi uma decisão coletiva do Partido dos Trabalhadores.

“Cristina Costa não tem mandato por ter. O mandato não é meu, é do meu partido. É do projeto social que defende os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. Me lanço a um novo desafio porque sou uma mulher de coragem”, afirmou a vereadora.

LEIA MAIS
123