Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Marília Arraes cumpre agenda no Sertão e reafirma oposição a Paulo Câmara

Marília esteve acompanhada de Cristina Costa (Foto: Reprodução/Instagram)

A deputada federal Marília Arraes (PT) está no Sertão de Pernambuco cumprindo agenda com seus correligionários e apoiadores. Ela visitou Granito ao lado da vereadora de Petrolina, Cristina Costa (PT) e já pensa no pleito de 2020, deixando claro que não apoiará uma nova aliança entre seu partido e o grupo do governador Paulo Câmara (PSB).

“Eu continuo fazendo oposição ao governador e ao PSB, porque eu não vejo uma justificativa política para mudar meu posicionamento”, disse a petista que foi rifada pelo PT Nacional que optou em apoiar Câmara em 2018 a lançar candidatura própria no estado.

A parlamentar negou que tenha planos de sair do PT para se candidatar a prefeita em 2020. Entretanto, Marília não descartou a possibilidade de concorrer ao cargo, mas no futuro.

Não faz parte da minha formação pessoal ficar saindo de um partido por qualquer motivo. A gente está em um momento de espera. Eu acho que 2018 têm que ficar em 2018 e a gente continuar trabalhando nos projetos futuros, sem mágoas e sem rancor, sempre à disposição do nosso Estado. E, claro, tendo a possibilidade para disputar em 2020 ou 2022, eu estou à disposição”, destacou. (Com informações da Folha de Pernambuco)

Cristina Costa critica fake news sobre seu futuro político

Vereadora criticou fake news sobre seu futuro político (Foto: Blog Waldiney Passos)

Cristina Costa (PT) foi curta e grossa em relação aos boatos de que estaria deixando o Partido dos Trabalhadores. Em um discurso forte na Tribuna Livre durante a sessão de terça-feira (16), Costa foi categórica: “se quiser saber para onde eu vou, me pergunta”.

Para a vereadora, as notícias falsas veiculadas na última semana – uma delas afirmando que ela teria se aproximado do grupo do prefeito Miguel Coelho – tiram a credibilidade da imprensa local e deu um recado: “Eu sou muito autêntica e faço política para o bem. Eu não faço política para se dar bem”.

Antes de concluir seu discurso a edil criticou engrossou sua fala sobre a falta de critérios das notícias envolvendo seu nome. “É preciso saber quem está a serviço do bem e do mal, se quiser saber pra onde eu vou, o que eu penso, o que acho, me pergunta”, finalizou.

Requerimento de Cristina é aprovado por unanimidade, mas Situação derruba pedido de Gabriel

Situação derrubou pedido de Gabriel (Foto: Blog Waldiney Passos

Por 18 votos a zero os vereadores de Petrolina aprovaram nessa terça-feira (9) o Requerimento nº 079/2019, apresentado por Cristina Costa (PT) no qual solicitava informações a respeito dos gastos com publicidade da Prefeitura de Petrolina. O pedido entrou em pauta depois de uma cobrança pública feita pela autora na última sessão (4).

No entanto, o Requerimento nº 086/2019, de Gabriel Menezes (PSL) foi reprovado por 14 votos a cinco. O oposicionista buscava esclarecimentos a respeito dos gastos com publicidade no valor de R$ 4.200.000,00 com a empresa Pettra Propaganda e Publicidade.

O pedido de Gabriel foi derrotado, pois na visão da Situação, tratava-se do mesmo assunto do de Cristina. Ronaldo Silva (PSDB) havia pedido destaque e afirmou que Menezes queria fazer politicagem. Os membros da Oposição endossaram a cobrança do colega, mas não tiveram sucesso.

Após cobrança, requerimento de Cristina Costa será colocado em votação na sessão dessa terça-feira

Sessão foi marcada por embates entre bancadas (Foto: Blog Waldiney Passos)

Na sessão de quinta-feira (4) a vereadora Cristina Costa (PT) demonstrou insatisfação com a Mesa Diretora da Casa Plínio Amorim. Segundo a edil, há um certo menosprezo em um requerimento apresentado por ela em 25 de março, com caráter de urgência, que não entrou em discussão.

Durante a sessão ela ganhou apoio do líder da Situação, Aero Cruz (PSB) e da sua bancada, com pedidos orais apresentados por Gabriel Menezes (PSL) e Gilmar Santos (PT). E a demanda surgiu efeito: na sessão dessa terça-feira (9) o Requerimento nº 079/2019 entrou na pauta.

Costa solicita “informações acerca da verba destinada a comunicação institucional do Município de Petrolina, uma planilha detalhada de como esta verba é distribuída para os meios de comunicação local (blogs, rádios e TV)”. A expectativa é para a votação, já que a bancada da Situação é maioria e pode derrubar o pedido.

Gabriel apresenta outro pedido

Conforme havia anunciado na semana passada, Gabriel também fez um pedido de informações ao município. O edil pede a participação da coordenadora de Imprensa da Prefeitura, Monyk Arcanjo e do secretário de Governo e Agricultura, Simão Durando Filho para esclarecer os investimentos gastos em publicidade .

Vereadores aprovam projeto que destina assento preferencial a idosos nos pontos de ônibus de Petrolina

Projetos foram aprovados por unanimidade (Foto: Blog Waldiney Passos)

Os dois projetos de Lei colocados em pauta nessa quinta-feira (4) na Câmara de Vereadores de Petrolina foram aprovados por unanimidade. O destaque ficou por conta da matéria de Cristina Costa (PT) apresentou o PL nº 009/2019, no qual solicita destinação preferencial de assentos nos abrigos dos pontos de ônibus da cidade.

O projeto que teve 17 votos favoráveis e nenhum contra, foi elogiado pelos pares, os quais destacaram a relevância da matéria, que agora fortalece a obrigação da prioridade a idosos. Aero Cruz (PSB) sugeriu a colega para incluir também aos autistas, já que esse é o mês de conscientização sobre o autismo.

A Câmara também aprovou por 16 votos e uma abstenção – de Gabriel Menezes (PSL) – a concessão de Título de Cidadã Petrolinense a secretária de Saúde de Petrolina, Magnilde Albuquerque, proposto por Maria Elena de Alencar (PRTB). A homenagem contou com apoio inclusive dos membros da Bancada de Oposição.

Com requerimento “travado”, Costa pede a Mesa Diretora para colocar pedido em votação

Vereadora pede independência da Casa Plínio Amorim (Foto: Blog Waldiney Passos)

Cumprir a autonomia do Legislativo. Esse é o desejo da vereadora Cristina Costa (PT) ao justificar seu Requerimento no qual solicita à Prefeitura de Petrolina informações sobre os valores gastos na publicidade do Poder Executivo. Na sessão dessa quinta-feira (4), ela usou seu tempo de fala para cobrar a Mesa Diretora que coloque o pedido em pauta.

A solicitação da vereadora foi anunciado assim que ela e o colega Ronaldo Souza (PTB) retornaram de Brumadinho (MG). Segundo a edil, é importante saber quanto o município tem gastado com a publicidade vista em outdoors e veículos de comunicação.

“Peço a gentileza que cumpra a autonomia da Mesa e pedir a vossa senhoria que possa tramitar nosso Requerimento”, reivindicou a edil. O requerimento de Costa foi apresentado no setor responsável da Câmara em caráter de urgência no dia 25 de março, mas até agora não foi colocado em pauta.

Projetos do Legislativo entram na pauta da sessão dessa quinta, na Casa Plínio Amorim

Sessão de quinta-feira (27) foi marcada por votação de matérias do Executivo (Foto: Blog Waldiney Passos)

Além da participação do tio das crianças assassinadas em Petrolina, a sessão de hoje (4) na Câmara de Vereadores de Petrolina terá a votação de dois projetos de lei, apresentados pelo Poder Legislativo. As matérias foram propostas pela bancada feminina da Casa.

Maria Elena de Alencar solicita a concessão de Título de Cidadã Petrolinense a secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque. Já Cristina Costa (PT) quer a regulamentação do assento preferencial nos assentos dos pontos de ônibus municipais.

Além disso há em pauta 32 Indicações e dois Requerimentos no encontro de hoje. A participação do tio das crianças está marcada para 10h.

Com a presença de convidados, vereadores apresentam relatório sobre viagem a Brumadinho

Compesa é uma das convidadas na audiência (Foto: Blog Waldiney Passos)

Conforme anunciado na pauta da sessão de hoje (2), os vereadores Cristina Costa (PT) e Ronaldo Souza (PTB) estão nesse momento apresentando o relatório da viagem feita por eles – representando a Comissão Especial criada no mês passado – a Brumadinho (MG).

Os vereadores passaram uma semana em cidades mineiras como Belo Horizonte e Felixlândia, atingidas pelos rejeitos do Córrego do Feijão após o rompimento da barragem em 25 de janeiro. Uma semana após o retorno a Petrolina, a dupla solicitou uma audiência pública com diversas instituições municipais.

Entre os convidados presentes estão a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), representada pelo gerente-regional de Petrolina, João Raphael de Queiroz e a Faculdade UNINASSAU. Um pequeno número de petrolinenses acompanha a audiência, mas não há representantes de Juazeiro ou do Poder Executivo municipal.

Presidente da Comissão de Direitos Humanos, Gilmar Santos apresenta Moção de Pesar por garotos mortos em Petrolina

Presidente da Comissão cobrou mais políticas públicas aos vulneráveis (Foto: Blog Waldiney Passos)

Depois de visitar a família dos garotos Gustavo e Emanuel, brutalmente assassinados em Petrolina, o vereador Gilmar Santos (PT) apresentou uma Moção de Pesar, na sessão dessa terça-feira (2), em memória aos irmãos. O edil é presidente da Comissão dos Direitos Humanos e disse ser função dos colegas e dele como político, cobrar políticas públicas aos mais vulneráveis.

LEIA TAMBÉM:

Família confirma que corpo encontrado no N9 é de Emanuel Carlos

Criança é espancada e morta a tiros em Petrolina

“Nós apresentamos essa Moção de Pesar pelo brutal assassinato dessas duas crianças, o Gustavo e seu irmão Emanuel. Esses assassinatos aconteceram, um na sexta-feira, com requintes de crueldade. O irmão também foi executado, o corpo dessa criança que estava desaparecida foi encontrado ontem. A importância de nós vereadores temos que estar exigindo não apenas a solução desse crime, mas políticas públicas”, lembrou Gilmar.

Apoio dos colegas de Bancada

Líder da Oposição e membro da Comissão de Direitos Humanos, Paulo Valgueiro (MDB) afirmou ter reservado um espaço na Tribuna Livre na quinta-feira (4) aos familiares dos garotos. Cristina Costa (PT) também foi outra a mencionar o fato, afirmando que o Poder Legislativo tem amparado quem necessita enquanto o município não cumpre com sua parte de proteger os mais carentes e cobrou Justiça.

Membros da Situação, Rodrigo Araújo (PSC) e Gilberto Melo (PR) também endossaram a Moção de Gilmar, prestando solidariedade à família dos irmãos. A Polícia Civil segue investigando os crimes.

Relatório sobre viagem a Brumadinho será apresentado por vereadores na sessão de hoje, em Petrolina

Comissão passou uma semana em cidades mineiras (Foto: Blog Waldiney Passos)

A sessão de logo mais na Câmara de Vereadores de Petrolina dessa terça-feira (2) não tem projetos de lei em pauta, deixando o espaço aos edis que compõem a Comissão Especial criada para visitar Brumadinho (MG) na semana retrasada. Às 9h30 eles apresentarão o relatório das informações obtidas nas cidades mineiras afetadas pelo rompimento da barragem da Vale.

LEIA TAMBÉM:

Relatório do Ibama não indica contaminação do São Francisco por rejeitos de Brumadinho

De volta a Petrolina, vereadores fazem balanço sobre viagem a Brumadinho nesta segunda-feira

O relatório será apresentado pelos vereadores Cristina Costa (PT) e Ronaldo Souza (PTB) que participaram da viagem, fizeram coletas de água em diversos pontos e também conversaram com moradores afetados.

“Nós vamos apresentar os dados obtidos, uma viagem importante. Nessa apresentação também vão estar instituições que nós convidamos: Comitê da Bacia, IBAMA, a Câmara de Vereadores de Juazeiro, as instituições de ensino, a Codevasf. Esse é o interesse de Petrolina”, disse Costa.

Entidades assinam nota de repúdio a comentários feitos por Osinaldo Souza contra vereadora Cristina Costa

Entidades consideraram falas de Osório ofensivas e racistas (Foto: Blog Waldiney Passos)

O Blog mostrou na semana passada que as duas últimas sessões de março, na Casa Plínio Amorim, foram marcadas por um desentendimento entre os vereadores Cristina Costa (PT) e Osinaldo Souza (PTB). Nessa segunda-feira (1º) diversas entidades assinaram uma nota de repúdio às falas do edil.

Segundo a Associação Espírita e de Cultos Afro Brasileiros (AECAB), o vereador tem “repetido comportamento machista e preconceituoso”. Na visão da AECAB, Osinaldo teria chamado a amiga de louca, ao ser atingido por um discurso de Costa.

LEIA TAMBÉM:

Últimas sessões de março são marcadas por rusga entre Osinaldo Souza e Cristina Costa

“O vereador não mede palavras. E como representante do povo de Petrolina, se mostra totalmente despreparado, porque é secretário da Comissão de Direitos Humanos, relata a Associação. A nota é assinada por grupos como o Sindicato Trabalhadores em Educação de Petrolina (SINTEPE),  Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra de Petrolina, Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados de Petrolina (STTAR), Frente Brasil Popular, Levante Popular e Rede de Mulheres Negras.

O Blog Waldiney Passos está tentando contato com o vereador Osinaldo, mas até o momento não obtivemos sucesso. Reiteramos que o espaço segue aberto ao direito de defesa do edil.

Confira a seguir a íntegra da nota:

LEIA MAIS

Câmara aprova projeto e Petrolina deve ganhar Estatuto do Pedestre

Projeto busca garantir direitos a pedestres de Petrolina (Foto: Jean Brito)

A Câmara de Vereadores de Petrolina aprovou na terça-feira (26) o Estatuto do Pedestre e caso o prefeito Miguel Coelho (PSB) sancione o projeto de Cristina Costa (PT), a matéria se tornará lei municipal. Discutido na última terça-feira (26), o PL nº 010/2019 busca criar direitos e deveres aos pedestres.

O objetivo da matéria, segundo a autora é desenvolver políticas públicas aos pedestres, garantir a qualidade da infraestrutura e promover a conscientização da sociedade quanto às diferentes soluções possíveis para a mobilidade urbana.

Entre os deveres dos pedestres está utilizar as faixas de pedestres, passarelas e passagens e atravessar de forma segura e responsável. Quanto aos direitos, ficam garantidos a prioridade sobre todos os demais meios de transporte, conforme determina o CTB e a Lei Federal de Mobilidade Urbana e calçadas e iluminação pública de qualidade.

“Você tem ambulantes, pedestres, pessoas que circulam a pé, cadeirantes, saem empurrando seus carrinhos de bebê, o ciclista que empurra sua bicicleta, o trabalhador que desempenha a varrição da cidade. A ideia é regulamentar pra você que anda de carro e moto possa respeitar [os pedestres]”, justificou a vereadora durante a votação do projeto.

Últimas sessões de março são marcadas por rusga entre Osinaldo Souza e Cristina Costa

Vereador usou espaço na Tribuna Livre para tratar de temas pessoais (Foto: Blog Waldiney Passos)

O mês de março na Câmara de Vereadores de Petrolina foi encerrado com a sessão de quinta-feira (28) com um comentário de Osinaldo Souza (PTB), considerado por alguns como sexista. O edil há algumas sessões vem se estranhando com Cristina Costa (PT) e na ocasião usou seu tempo de fala para  desdenhar da colega.

“Ela falou que eu não sou o homem que não faço o tipo dela. Você não sabe o elogio que ela me fez naquele dia, eu fiquei extremamente lisonjeado por não ser o homem que faz o tipo da vereadora Cristina Costa. Mais uma vez em sua lucidez ela fala algo de tamanha relevância”, disse Osinaldo.

Resposta de Costa

Após ser citada pelo par, Cristina respondeu apenas rogando a “Deus [que] ilumine o vereador Osinaldo, [pois] a produtividade [na Câmara] é muito importante. Estou aqui para defender a luta, honro o voto que o povo de Petrolina meu deu”.

LEIA MAIS

Bancada de Oposição se abstém de votar Moção de Aplauso a Miguel Coelho

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Uma Moção de Aplauso apresentada pela vereadora Maria Elena de Alencar (PRTB) gerou uma pequena polêmica na sessão dessa quinta-feira (28) na Câmara de Petrolina. Ela apresentou uma Moção de Aplauso ao prefeito Miguel Coelho (PSB) como “Amigo da Mulher”.

Contudo, a bancada de Oposição se absteve de votar o Requerimento nº 074/2019. Líder da bancada, Paulo Valgueiro (MDB) justificou sua abstenção e dos colegas por não achar justo laurear a prefeitura quando o próprio Plenário negou hoje uma Moção de Repúdio ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) por aplaudir o Regime Militar.

“Vou me abster porque eu considero a pessoa a qual está sendo encaminhado a Moção indigna. Quando a gente assume um cargo público a gente está podendo ser aplaudido e também prejudica. A gente está fazendo uma moção de repúdio contra um presidente que é a favor da ditadura, mas quer homenagear um prefeito que quer calar a gente”, afirmou.

LEIA MAIS

Membros da Comissão Especial rebatem críticas sobre viagem a Brumadinho

Vereadores fizeram balanço de viagem a Brumadinho (Foto: Blog Waldiney Passos)

Magoados. Foi assim que os vereadores integrantes da Comissão Especial montada para visitar Brumadinho (MG) se sentiram ao ler e ouvir críticas ao trabalho feito pelos membros da Casa Plínio Amorim, a única do Nordeste a buscar uma troca de informações entre as regiões atingidas pela lama de rejeitos da Mina do Córrego do Feijão, rompida em 25 de janeiro.

Durante a coletiva da segunda-feira (25), Ronaldo Cancão (PTB) se disse ferido ao ler comentários, questionando a ida do grupo a Minas Gerais. “Nunca usei dinheiro público para viajar. Isso me machucou. Fomos cumprir uma missão, cumpri a missão dentro de um trabalho cansativo”, disse Cancão.

LEIA TAMBÉM:

Apesar de criticada, ação pioneira da Comissão Parlamentar de Petrolina apresenta resultados positivos na luta em defesa do Rio São Francisco

Comissão de vereadores de Petrolina tem acesso ao relatório de monitoramento dos rejeitos da barragem da Vale

Companheira de Cancão na viagem, Cristina Costa (PT) não ficou contente ao saber que a ida dos vereadores foi tratada como “férias”, mas preferiu manter um tom apaziguador. “Nós vamos precisar muito da imprensa na defesa do São Francisco. Não dá pra ver as coisas por telefone, tem que ser de perto”, disse.

LEIA MAIS
123