Polícia Civil prende trio suspeito de matar segurança em frente a casa de show de Juazeiro

Segurança de casa de show foi morto a tiros no dia 1º de junho (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil da Bahia deflagrou na manhã dessa sexta-feira (11) a Operação Prime, que visava prender suspeitos de envolvimento no homicídio praticado em frente a casa de show Prime Hall, em Juazeiro, no mês de junho desse ano. Segundo a 17ª Coorpin, três pessoas foram presas.

LEIA TAMBÉM:

Autoridades interditam casa de eventos Prime Hall Show em Juazeiro

Juazeiro registra primeiro homicídio do mês de junho

Homem é assassinado no bairro Malhada da Areia, em Juazeiro

José dos Santos, Rogério Alves e Robson Cruz são apontados pela polícia como autores do crime contra Josivaldo Duarte de Jesus, segurança que foi morto a tiros em frente a casa de show. Além desse homicídio, Rogério teria matado Alex Ribeiro de Lima, no bairro Malhada da Areia em agosto desse ano.

Durante a operação a polícia ainda apreendeu na residência de Rogério um revólver calibre .38, munições intactas, duas motocicletas – uma delas supostamente utilizada nos crimes. Ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma. O trio foi submetido a exames de lesões corporais e passarão por audiência de custódia.

Arcoverde: Polícia Civil cumpre sete mandados de prisão na Operação Independence

(Foto: Divulgação)

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou na manhã dessa sexta-feira (6) a “Operação Independence”, em Arcoverde. A ação é coordenada pela Diretoria Integrada do Interior 2 (DINTER 2) e executada pela 19ª DESEC.

“Independence” investiga um grupo criminoso voltado à prática de crimes violentos letais e intencionais, tentativas de homicídios e executados. Os trabalhos tiveram início em fevereiro desse ano. Hoje foram cumpridos sete mandados de prisão preventiva e mais dois de buscas domiciliares.

30 policiais, entre agentes, delegados e escrivães, deram suporte à Operação. A PC não informou a identidade das vítimas e o que foi apreendido na ação.

Polícia Civil deflagra operação para combater grupo de extermínio em Salgueiro

Policiais de Salgueiro busca desarticular grupo de extermínio (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil de Pernambuco deflagrou na manhã dessa quinta-feira (4) duas operações de combate ao crime no Sertão do Estado. As equipes trabalham em Afogados da Ingazeira e Salgueiro, cumprindo mandados de prisão e busca e apreensão.

Em Salgueiro as equipes estão nas ruas com a Operação Zarathos, coordenada pela 23ª DESEC. Os trabalhos investigativos tiveram início em abril desse ano, com a missão de desarticular organização criminosa voltada para a prática de homicídios através de um grupo de extermínio. Duas pessoas foram presas e outros seis mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos. 30 policiais atuam na ação.

Lavagem de dinheiro

Na cidade de Afogados a polícia trabalha na Operação Res Publicae, coordenada pela 167ª Circunscrição Policial sob o comando do DINTER 2. As investigações tiveram início em 2017, na tentativa de coibir crimes como sonegação fiscal, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, peculato e organização criminosa.

Seis pessoas foram presas e outros 10 mandados de busca e apreensão foram cumpridos. Entre os detidos está o ex-prefeito de Sertânia, Guga Lins. 70 policiais atuam na operação. Mais detalhes das duas operações serão divulgadas durante coletiva de imprensa às 10h, nas respectivas cidades.

Delegados detalham Operação PC 27, que prendeu colombianos em Petrolina

A Polícia Civil dos 26 estados e do Distrito Federal deflagrou na quarta-feira (24) a Operação PC 27. Em Petrolina foram presos três colombianos dentro da “Operação Medelim”. Segundo o delegado Daniel Moreira, titular da 214ª Delegacia de Polícia Civil, os alvos das ações eram colombianos com relação ao crime organizado.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão em residências, além dos três mandados de prisão. “Eles realizavam diversos empréstimos para a população de menor poder aquisitivo, foram apreendidos mais de R$ 8 mil, bem como alguns objetos, como joias. Eles foram autuados em flagrante e encaminhados à audiência de custódia”, disse.

LEIA TAMBÉM:

Colombianos são presos em Petrolina na Operação Medellim

O trio atuava não apenas em Petrolina, mas em municípios baianos vizinhos a cidade. Outros mandados de prisão foram cumpridos em Ipubi, Salgueiro, Floresta, Serra Talhada e Arcoverde, ligadas ao DINTER II. Em todo estado 88 pessoas foram presas e 10 menores apreendidos.

A Operação PC27 tinha como meta prender foragidos pelos crimes de roubo, homicídios, estupro e participação no crime organizado. “A missão era efetuar a prisão de indivíduos foragidos. No Sertão Pernambucano, no que tange ao DINTER II foram cumpridos 15 mandados de prisão, 12 de busca e apreensão, além de seis autuações em flagrante”, finalizou o delegado e diretor do DINTER II, Jairo Marinho.

Polícia Civil de Juazeiro deflagra Operação Dandara e prende oito por violência contra a mulher

(Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil de Juazeiro (BA) deflagrou nessa sexta-feira (30) uma operação para prender acusados de violência contra a mulher. Denominada “Dandara” a ação tinha como foco o cumprimento de 13 mandados de prisão, após a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) entrar com as representações no Ministério Público da Bahia.

Segundo a PC, os mandados tinham como alvo homens os quais descumpriram medidas protetivas contra as vítimas. Dos 13 mandados, oito foram cumpridos. Todos os presos foram submetidos a exames de corpo de delito e encaminhados à Audiência de Custódia.

A operação contou com apoio da Coordenadoria Regional da Polícia Civil em Juazeiro, Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes, da 1ª Delegacia Territorial, Delegacia de Homicídios e Delegacia Territorial de Uauá (BA). O nome da ação homenageia a esposa de Zumbi dos Palmares. Dandara foi uma liderança feminina negra que lutou contra o sistema escravocrata.

“Operação Recalcitrantes”: Polícia Civil de Petrolina deflagra operação de combate ao tráfico

(Foto: Polícia Civil/Divulgação)

A Polícia Civil de Petrolina deflagrou na manhã dessa quarta-feira (31) a Operação Recalcitrantes, para coibir crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico.

Segundo a PC, as investigações tiveram início em agosto desse ano e durante a manhã foram cumpridos três mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão domiciliar.

50 agentes foram mobilizados na operação que está sendo coordenada pela DINTER 2, com as investigações executadas pelos delegados Magno Neves da Delegacia de Homicídios e Dark Blacker, do DENARC.

Uma coletiva de imprensa foi marcada para 10h onde a Polícia Civil divulgará novas informações sobre presos e materiais apreendidos hoje.

“Operação Dampers” aperta o cerco contra o tráfico de drogas em Sobradinho

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Durante essa sexta-feira policiais civis participaram da Operação “Dampers”, em Sobradinho. A ação atuou no combate a delitos relacionados ao tráfico de drogas, Crimes Violentos Letais Intencionais (CLVI) e Contra o Patrimônio (CVP).

De acordo com 17ª Coorpin, participaram da operação 40 policiais, sete delegados e 33 investigadores. Foram realizadas buscas e apreensões de drogas e armas de fogo e as equipes também deram andamento a mandados de prisão em aberto.

10 imóveis foram vistoriados no cumprimento dos mandados expedidos de busca e apreensão. A operação também buscou dar cumprimento a mandados de prisão e mais duas pessoas foram pegas em flagrante, totalizando sete prisões.

Em um balanço divulgado pela 17ª Coorpin foram apreendidos uma arma de fogo, munição, R$ 960,00 em dinheiro vivo, quatro aparelhos celulares, uma balança, uma câmera fotográfica, uma agenda contendo diversas anotações alusivas ao comércio ilegal de drogas.

A Operação Dampers foi realizada em conjunto com a Coordenadoria Regional, Delegacia de Entorpecentes, Delegacia de Homicídios, 1ª DT de Juazeiro, DEAM e das Polícias Civis de Casa Nova, Sento Sé e Uauá.