Municípios do Sertão pernambucano adotam medidas contra o coronavírus

Prefeituras buscam adotar medidas de prevenção (Foto: Cadu Rolim/FotoArena/Estadão Conteúdo)

Em meio ao surgimento de novos casos confirmados e suspeitos de coronavírus no Brasil e em Pernambuco, várias cidades do Sertão têm adotado medidas preventivas ao covid-19. Em Bodocó, a Prefeitura anunciou a suspensão das aulas na rede municipal a partir de hoje (18).

LEIA TAMBÉM

Juazeiro: Prefeitura declara Situação de Emergência por conta do coronavírus e estende suspensão das aulas

Miguel decreta estado de emergência; Petrolina tem nove casos suspeitos de coronavírus e três de H1N1

Afrânio

A partir de hoje estão suspensas as aulas, atividades de grupo de idosos, atendimentos no setor do Bolsa Família, viagens do Tratamento Fora de Domicílio (TFD) e eventos públicos com mais de 50 pessoas. “Não é momento para pânico. Mas tratamos a situação com a devida cautela“, explicou a Prefeitura.

Cabrobó

A Prefeitura de Cabrobó precisou emitir uma nota para justificar a não paralisação das aulas. Segundo a gestão, não era possível adotar medidas enquanto o Governo do Estado não se posicionasse, algo feito ainda no final de semana. Todavia, a partir dessa quarta-feira as aulas estão paralisadas.

Ouricuri

Outra cidade a paralisar as atividades do ano letivo da rede municipal foi Ouricuri. Ontem (17) a Prefeitura emitiu uma nota tranquilizando a população de que a medida é meramente preventiva e que não há até o momento, casos confirmados, apenas um suspeito.

Santa Maria da Boa Vista

Também estão suspensas as aulas a partir de hoje, por 15 dias. Eventos públicos ou privados com mais de 70 pessoas não poderão ser realizados. Visitas a hospitais foram proibidas, bem como ações públicas da Prefeitura como inaugurações.

Salgueiro

Salgueiro declarou Situação de Emergência, bem como Petrolina e Juazeiro (BA). Dessa forma servidores com mais de 60 anos estão liberados para trabalhar de casa, o TFD foi suspenso para exames e as aulas da rede pública também foram suspensas.

Serra Talhada

Serra Talhada foi outro município a decretar Situação de Emergência, suspendendo eventos com mais de 150 pessoas, as aulas na rede pública da cidade e visitações em espaços públicos, como pontos turísticos.

Deixe uma resposta