Sucesso do Plano para Nordeste está condicionado à nova Previdência, afirma Bolsonaro

(Foto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco)

Na primeira parte da sua agenda oficial em Pernambuco nessa sexta-feira (24), Jair Bolsonaro (PSL) fez questão de frisar que o sucesso do Plano de Desenvolvimento para o Nordeste, só terá sucesso com a aprovação da reforma da Previdência.

“Sem a reforma da Previdência, não podemos sonhar nem botar em prática parte do que estamos propondo neste momento”, afirmou aos governadores presentes na reunião do Conselho Deliberativo da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste – Sudene (Condel).

LEIA TAMBÉM:

Embarque de Bolsonaro a Petrolina está programado para 13h

Visita de Bolsonaro a Petrolina deve ser marcada por manifestações pró e contra presidente

Entre os presentes estavam o governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), os ministros Osmar Terra (Cidadania), general Santos Cruz (Secretaria da Presidência), General Heleno (GSI), além dos governadores Rui Costa, Flávio Dino, Romeo Zema, Camilo Santana, João Azevedo, Wellington Dias, Fátima Bezerra, Renan Filho e Belivaldo Chagas.

Câmara foi na contramão da fala de Bolsonaro e pediu um discurso mais conciliador. “É uma oportunidade histórica, senhor presidente, de estarmos juntos, em torno da Sudene, que nasceu com um claro propósito. Uma instituição criada pela força de uma missão: o combate às desigualdades e o equilíbrio regional necessário para um país visto como uma nação justa e pátria de todos”, destacou.

Agora de tarde Bolsonaro vem a Petrolina acompanhado do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB) que também participou da reunião na capital pernambucana. (Com informações da Folha de Pernambuco).

Deixe uma resposta